1

Eu possuo uma aplicação que realiza a conexão com a base de dados via NHibernate, com isso algumas operações são realizadas como Save, Update e Delete. Porém ao realizar esses procedimentos é incrível como o acúmulo de memória é feito não realizando de forma automática a dispensa de memória com o GC não utilizada pelo CLR.

Por exemplo: Uma consulta que retorna em média 1.000 rows acumula em média 100mb de memória, isso é normal ?

A implementação do código de conexão com a base está feita da seguinte forma:

  public ISession OpenConnection<T>(SelectDb dbConfigKey, DatabaseType dbType)
    {
        ISessionFactory sessionFactory = null;

        try
        {
            switch (dbType)
            {
                #region Conexão com a base de dados SQL Server 2000
                case DatabaseType.SQLServer2000:
                    sessionFactory = Fluently.Configure()
                    .Database(MsSqlConfiguration.MsSql2000
                      .ConnectionString(dbConfigKey.ToDescriptionDatabase())
                                  .ShowSql()
                    )
                   .Mappings(m =>
                              m.FluentMappings
                                  .AddFromAssemblyOf<T>())
                    .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                    .Create(false, false))
                    .BuildSessionFactory();
                    break;
                #endregion

                #region Conexão com a base de dados SQL Server 2008
                case DatabaseType.SQLServer2008:
                    sessionFactory = Fluently.Configure()
                    .Database(MsSqlConfiguration.MsSql2008
                      .ConnectionString(dbConfigKey.ToDescriptionDatabase())
                                  .ShowSql()
                    )
                   .Mappings(m =>
                              m.FluentMappings
                                  .AddFromAssemblyOf<T>())
                    .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                    .Create(false, false))
                    .BuildSessionFactory();
                    break;
                #endregion

                #region Conexão com a base de dados PostgreSQL
                case DatabaseType.PostgreSQL:
                    sessionFactory = Fluently.Configure()
                    .Database(PostgreSQLConfiguration.Standard
                      .ConnectionString(dbConfigKey.ToDescriptionDatabase())
                                  .ShowSql()
                    )
                   .Mappings(m =>
                              m.FluentMappings
                                  .AddFromAssemblyOf<T>())
                    .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                    .Create(false, false))
                    .BuildSessionFactory();
                    break;
                #endregion

                #region Conexão com a base de dados MYSQL
                case DatabaseType.MYSQL:
                    sessionFactory = Fluently.Configure()
                    .Database(MySQLConfiguration.Standard
                      .ConnectionString(dbConfigKey.ToDescriptionDatabase())
                                  .ShowSql()
                    )
                   .Mappings(m =>
                              m.FluentMappings
                                  .AddFromAssemblyOf<T>())
                    .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                    .Create(false, false))
                    .BuildSessionFactory();
                    break;
                #endregion

                #region Conexão com a base de dados Oracle9
                case DatabaseType.Oracle9:
                    sessionFactory = Fluently.Configure()
                    .Database(OracleClientConfiguration.Oracle9
                      .ConnectionString(dbConfigKey.ToDescriptionDatabase())
                                  .ShowSql()
                    )
                   .Mappings(m =>
                              m.FluentMappings
                                  .AddFromAssemblyOf<T>())
                    .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                    .Create(false, false))
                    .BuildSessionFactory();
                    break;
                #endregion

                #region Conexão com a base de dados Oracle10
                case DatabaseType.Oracle10:
                    sessionFactory = Fluently.Configure()
                    .Database(OracleClientConfiguration.Oracle10
                      .ConnectionString(dbConfigKey.ToDescriptionDatabase())
                                  .ShowSql()
                    )
                   .Mappings(m =>
                              m.FluentMappings
                                  .AddFromAssemblyOf<T>())
                    .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                    .Create(false, false))
                    .BuildSessionFactory();
                    break;
                #endregion


            }


        }
        catch (Exception)
        {
            sessionFactory.Close();
            sessionFactory.Dispose();
        }
        return sessionFactory.OpenSession();
    }

onde public ISession OpenConnection(SelectDb dbConfigKey, DatabaseType dbType) recebe uma classe e passa por parâmetro a configuração da base de dados e o tipo de conexão.

Alguma dica para utilização de Nhibernate para esse tipo de finalidade ?

1

A CLR não faz a limpeza automatica nesse caso, por isso o Dipose e o Close.

Frameworks de conexão com banco de dados "empacota" todo um trabalho complicado de alocar memória no server, fazer uma conexão com o banco, etc. Esse trabalho todo é feito por fora do .Net Runtime, por isso que é considerado como um recurso não gerenciado.

Por isso, o Garbage Collector não tem conhecimento desse recurso não gerenciado e não consegue fazer a limpeza de maneira eficiente deles (pensando que exista uma forma de limpar esse recurso dentro de um finalizador do objeto que empacota ele). Devido a isso é bem provável que você tenha problemas com memory leak.

O .Dispose() e o .Close() deveria ficar dentro do bloco finally, já que você não esta fechando a conexão com o banco em casos que não ocorra uma exceção.

try {
...
}
catch (Exception)
{
...
}
finally {
    //Faz o tratamento caso o seu switch cair em default por algum motivo.
    if (sessionFactory != null) {
        sessionFactory.Close();
        sessionFactory.Dispose();
    }
}

Sobre problemas relacionados a performance do NHibernante, fico devendo já que eu nunca trabalhei com ele.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.