2

Estou iniciando em GUI em Java e queria entender como funciona a captura de eventos em um botão, como por exemplo no código abaixo:

SimpleGui1.java

import javax.swing.*;
import java.awt.event.*;

public class SimpleGui1 implements ActionListener {

    JButton button;

    public static void main( String[] args ) {

        SimpleGui1 gui = new SimpleGui1();
        gui.go();

    } // fim do método main

    public void go() {

        JFrame frame = new JFrame();
        button = new JButton( "click me" );

        button.addActionListener( this );

        frame.getContentPane().add( button );
        frame.setDefaultCloseOperation( JFrame.EXIT_ON_CLOSE );
        frame.setSize( 300, 300 );
        frame.setVisible( true );

    } // fim do método go

    public void actionPerformed(ActionEvent event) { // Aqui está minha dúvida
                                                     // Em que momento é chamado o
        button.setText( "I've been clicked!" );      // método?

    } // fim do método actionPerformed

} // fim da classe SimpleGui1

Como funciona esta comunicação entre a origem do evento (botão) e o ouvinte do evento?

Interface ActionListener na documentação:

public abstract interface java.awt.event.ActionListener extends java.util.EventListener {

  // Method descriptor #8 (Ljava/awt/event/ActionEvent;)V
  public abstract void actionPerformed(java.awt.event.ActionEvent arg0);
}

Obrigado!

2

Existe um bom tutorial da Oracle sobre como instanciar e registrar Listeners, lidar com eventos, etc (link). Do ponto de vista conceitual eventos, produtores e listeners existem para separar a origem de um estímulo e os pontos da aplicação interessados em lidar com ele.

Em suma:

  1. A hierarquia de componentes que implementam a funcionalidade do JButton (incluindo componentes nativos, o que não vem ao caso) recebem do Sistema Operacional uma notificação de click. Existe todo um trabalho acontecendo na JVM para saber que aquele click aconteceu dentro dos limites do JButton, em um momento que ele esteja ativo e visível e para o usuário, bem como para determinar se o JButton realmente deverá responder pelo evento dentro da hierarquia de componentes aninhados.
  2. Todo JComponent possuí uma EventListenerList contendo as classes interessadas em "escutar" por determinados tipos de eventos. Quando você chama button.addActionListener, o seu ActionListener é registrado nessa lista:

    public void addActionListener(ActionListener l) {
       listenerList.add(ActionListener.class, l);
    }
    
  3. Um evento (que herda de java.util.EventObject; no caso um ActionEvent) é criado contendo as informações relevantes do estímulo (a origem, tipo de evento, quando ocorreu, etc, etc, etc). Para o JButton isso costuma ocorrer ou no método setPressed na classe DefaultButtonModel ou no método fireActionPerformed da classe AbstractButton (caso você use um modelo preguiçoso, algo que novamente não vem ao caso):

    ActionEvent e = null;
    // ...
    e = new ActionEvent(AbstractButton.this,
                        ActionEvent.ACTION_PERFORMED,
                        actionCommand,
                        event.getWhen(),
                        event.getModifiers());   
    

    O interessante da implementação atual é que o próprio AbstractButton se registra para escutar eventos do modelo, simplesmente propagando os eventos gerados pelo modelo para os listeners registrados com ele (veja o código da classe interna AbractButton.Handler para entender o funcionamento dessa parte).

  4. Cabe ao componente executar os payloads dos Listeners registrados. No caso do JButton isso também ocorre no método fireActionPerformed:

    protected void fireActionPerformed(ActionEvent event) {
         // Guaranteed to return a non-null array
         Object[] listeners = listenerList.getListenerList();
         ActionEvent e = null;
         // Process the listeners last to first, notifying
         // those that are interested in this event
         for (int i = listeners.length-2; i>=0; i-=2) {
             if (listeners[i]==ActionListener.class) {
                 // Lazily create the event:
                 if (e == null) {
                     String actionCommand = event.getActionCommand();
                     if(actionCommand == null) {
                         actionCommand = getActionCommand();
                     }
                     e = // Código do item 3
                 }
                 ((ActionListener)listeners[i+1]).actionPerformed(e);
            }
        }
    }
    
  5. Finalmente, nesse momento o polimorfismo entre em ação. Um dos ActionListeners registrados para o JButton será uma instância da classe SimpleGui1 (que implementa a interface ActionListener e se registrou junto ao JButton no passo 2). Quando o método actionPerformed é chamado no passo 4, o payload que você criou é invocado, mudando o texto do botão.

    public void actionPerformed(ActionEvent event) { 
        button.setText("I've been clicked!");    
    }
    

Logo, para responder sua dúvida, o método actionPerformed é executado na linha ((ActionListener)listeners[i+1]).actionPerformed(e); do método fireActionPerformed da classe AbstractButton.

Caso você esteja se perguntando o motivo de nenhum desses detalhes "obscuros" sobre como um ActionListener é invocado estarem no tutorial oficial da Sun Oracle, o motivo é encapsulamento. Esses são detalhes de implementação (que podem mudar). O que usuários das APIs precisam saber é que payloads devem ser escritos dentro dos métodos especificados pelos Listeners, e que esses Listeners devem ser registrados junto aos componentes que produzem os eventos consumidos pelos Listeners.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.