8

Por exemplo 10 e 12, concatenado ficaria 1012, isso sem ser string, teria que ser do tipo inteiro, pode se fazer isso?

  • Claro que sim. Por string é uma solução mais preguiçosa, funciona bem – Jefferson Quesado 8/02/18 às 15:14
11

Tem, mas o algoritmo que funcione em todos os casos seria complexo, quase sempre compensa mais usar a string para fazer a concatenação.

Então se está esperando uma instrução ou uma função pronta na linguagem que entregue o resultado, não tem.

A base matemática que deve usar para construir o algoritmo é multiplicar o primeiro número por 10 elevado ao número de dígitos dele, no exemplo 10 tem 2 dígitos, portanto deve multiplicar por 100, aí é só somar com o segundo.

Em qualquer base numérica cada dígito à esquerda tem um peso maior em progressão geométrica de acordo com sua. Então sempre que quiser colocar dígitos à esquerda deve elevar a base (no caso 10 já que lidamos com decimal) com a posição do dígito então 1234 + 123 + 12 Você navega assim:

1 x 108 + 2 x 107 + 3 x 106 + 4 x 105 + 1 x 104 + 2 x 103 + 3 x 102 + 1 x 101 + 2 x 100

1 x 100.000.000 + 2 x 10.000.000 + 3 x 1.000.000 + 4 x 100.000 + 1 x 10.000 + 2 x 1.000 + 3 x 100 + 1 x 10 + 1 x 2

100.000.000 + 20.000.000 + 3.000.000 + 400.000 + 10.000 + 2.000 + 300 + 10 + 2

123.412.312

Obviamente que tem que fazer o processo inverso para decompor o número em algarismos.

Se tiver alguma dúvida específica de programação enquanto estiver fazendo ele poderá fazer uma dúvida específica.

4

Para uma solução geral, veja a resposta do @Maniero. Se precisa realmente disso corriqueiramente, compensa uma função específica sua.

para saída em int, veja no final da resposta

Gerando uma string:

Se for para coisa rápida, como um debug, ou apenas uma formatação de saída, o C tem uma alternativa que é a família do printf e seu par sprintf para armazenamento.

Exemplo

Jogando no stdout:

printf("%02d%02d\n", v1, v2);

Veja funcionando no IDEONE.


Para gravar em um buffer:

sprintf( destino, "%02d%02d", v1, v2);


Basicamente estas funções recebem uma string que será interpolada, e os parâmetros a interpolar. No nosso caso:

┌──── % marca a posição onde entrará um valor interpolado
│┌─── significa "preencher com zero a esquerda
││┌── indica que o preenchimento deve ter 2 casas
│││┌─ indica que o valor interpolado será tratado como decimal
%02d

Aqui tem mais informações interessantes:

Quais as diferenças entre printf, fprintf, sprintf, snprintf, printf_s e fprintf_s?

Gerando um int:

Se precisa de valores numéricos, a concatenação é matemática:

concatenado = valor1 * 100 + valor2;

Ou, limitando a duas casas descartando overflow:

concatenado = ( valor1 % 100 ) * 100 + ( valor2 % 100 )

(que é o que já está na resposta do @Maniero, apenas apliquei ao seu caso).

2

Caras, apanhei pra caramba mas achei uma solução legalzinha. Eu precisava concatenar três bytes que formam um número hexa de 6 digitos e é usado pra identificar um dispositivo.

Olha a solução. Desloquei 16 bits a esquerda no primeiro número, 8 no segundo e somei com o terceiro.

unsigned char v1 = 0x0B; // 11 unsigned char v2 = 0xF8; // 248 unsigned char v3 = 0xE9; // 233

unsigned int r = (v1 << 16) + (v2 << 8) + (v3);

printf("Valor: %x\n", r);

Presta atenção ao unsigned dos "char" pois o sinalizado o primeiro bit é 1 pra positivo, o que altera o resultdo. Caso queira fazer sinalizado, é melhor usar campos de bits separando o sinalizador.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.