0

Criei uma tabela que recebe algumas informações do visitante, ID, UseAgent, Address e proxy.

Estou fazendo um gráfico tipo aqueles torta (pie chart) e gostaria de mostrar a quantidade de visitas de Y navegadores e X de outros.

Ex: os 3 navegadores mais ultilizados e o quarto numero seria "outros".

Pensei em vários metódos para fazer isso, já que existe um campo chamado UseAgent que recebe $_SERVER['HTTP_USER_AGENT'] pensei pesquisar com o WHERE LIKE, mas para isso eu preciso fazer uma lista de strings, existe outra maneira mais fácil, sem modificar a DB ?

1

Se eu fosse fazer um LOG de estatísticas, iria usar uma TBL temporária para guardar as informações cruas - ID, UseAgent, Address, Referrer... cada um em um campo

BasicLog:
ID | UseAgent | Referrer

São dados bem brutos e você não precisa deles on-time.
O próximo passo seria converter em estatística. Eu criaria uma TBL com as demais informações que podem ser obtidas( browser, versão, SO, IP, referrer, data-hora...)

Stats:
browser | versão | SO | IP | referrer | time | page


Basicamente você vai rodar um script para pegar as informações em BasicLog, extrair as informações, salvar em Stats e pode limpar os de BasicLog.
Assim você pode ter todas as informações individualizadas prontas para gerar um gráfico com todas informações dos acessos, páginas mais acessadas...

  • eu estava fazendo do jeito que você mencionou, mas a minha classe não estava tão boa assim, então criei uma nova mas que agora armazena o UseAgent. – user2321982 1/08/14 às 16:47
1

Em meio as muitas pesquisas que fiz quando programava ativamente, cheguei a elaborar essa classe para obtenção de informações diversas sobre o browser do usuário.

O uso, assumindo que a classe tenha sido incluída, é simples:

$browser = new Browser;

print '<pre>'; print_r( $browser -> getInfo() );

E o retorno:

Browser Object
(
    [agent] => Mozilla/5.0 (Windows NT 5.1) AppleWebKit/537.36 (KHTML, like Gecko) Chrome/36.0.1985.125 Safari/537.36
    [browser] => Chrome
    [version] => 36.0.1985.125
    [platform] => Windows
    [isMobile] => 
    [isRobot] => 
    [IP] => 
)

Dessa forma você não precisa armazenar o user-agent, depois consultá-lo e analisar suas as informações pra armazenar de novo, consultar esses dados analisados e só então montar o gráfico.

Existem algumas considerações a serem feitas:

  • Esse componente fazia parte de uma coisa maior e, por isso, existem dependências. No entanto, é perfeitamente possível remover tais dependências simplesmente por remover a declaração do namespace (e o use logo abaixo) e alterar extends Objectpor extends stdClass.

  • No output acima temos algumas entradas vazias.

    • isMobile Quando a Requisição se originou de um dispositivo mobile está entrada é setada como TRUE.

    • isRobot Quando a Requisição foi feita por um webcrawler (Googlebot e cia.) esta entrada é setada como TRUE.

    Não é que elas não estejam funcionando, ocorre que estou usando um print_r() e, para ele, FALSE, que são os valores das entradas nesse momento, não aparecem.

  • Ainda no output temos a entrada referente ao IP do usuário. Igualmente ao problema citado acima, print_r() não mostra NULL.

    E essa entrada só não está aparecendo pois a rotina que detecta o IP do usuário, se apoia em getenv() e eu estou, no momento, rodando em CLI, onde informações de ambiente devem ser setadas manualmente.

  • 1
    Permita-me discordar do momento em que deve ser executado? Estatísticas são informações de acompanhamento não devem interferir no sistema, logo, não acho que devam ser processadas imediatamente. – Papa Charlie 1/08/14 às 20:39
  • Realmente é um ponto válido, mas venhamos e convenhamos que nem todo site é como o Google né? Não sei quando que as estatísticas de um determinado relatório do Analytics são de fato computados, se diária ou semanalmente, mas para nós, mortais, nem sempre é assim que a banda toca e é até viável antecipar esse tio de dado. – Bruno Augusto 1/08/14 às 20:50
  • Sem dúvida para sites pequenos pode não importar muito. Acredito que os sites de monitoramento trabalhem desta forma, até pelo delay, em parte pelas ferramentas de análise como um todo. Vejo estatísticas como análise humana, webcrawler não computariam páginas visitadas e fraudes devem ser observadas, sendo assim serão mais regras e exceções que vão ser processadas - por isso eu separo o momento de produzi-las. A sua classe poderia trabalhar com um Request separado, ai poderia usar as duas classes em conjunto – Papa Charlie 1/08/14 às 21:03
  • Se você fuçar nesse repositório vai ver que dois níveis acima tem uma classe Request separada, hehe. – Bruno Augusto 1/08/14 às 23:44
  • Não tinha visto :) Isso torna a classe boa para servir como uma LIB. Eu vou dar uma consultada com calma – Papa Charlie 2/08/14 às 1:49

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.