6

A maioria dos linters de diferentes linguagens de programação, como o RuboCop (Ruby) e o JSLint (JavaScript) recomendam uma linha em branco do final de todos os arquivos de código. Como exemplo, o RuboCop:

RuboCop::Cop::Style::FinalNewLine
Esse cop reforça a presença de uma linha final em branco em cada arquivo de código-fonte. (adaptado de RubyDoc)

Além dos linters, até o Git, ao rodar o git diff, indica quando não há uma linha em branco no final dos arquivos de código:

No newline at end of file

Para ilustrar, o resultado é:

1 def say_hi
2   puts 'hi'
3 end
4
5 say_hi
6

É só uma convenção? Existe diferença em colocar uma linha em branco no final do meu código e não colocar?

1 Resposta 1

4

De acordo com as normas POSIX definidas pelo IEEE, uma linha pode ser definida da seguinte forma:

Uma sequência de 0 ou mais caracteres desde que não seja o caractere de nova linha terminando com um caractere de nova linha

isso não é considerado uma linha

isso é considerado uma linha\n

Ao trabalhar com ferramentas padrões do Unix por exemplo, caso não exista essa quebra de linha no final, alguns problemas podem aparecer.

Um exemplo é a concatenação de arquivos usando o comando cat:

$ more a.txt
texto1$ more b.txt
texto2
$ more c.txt
texto 3
$cat *.txt
texto1texto2
texto3

Em sistemas não compátiveis com o padrão POSIX os arquivos geralmente não são terminados com uma nova linha.

Uma outra utilidade desse padrão definido pelo IEEE é que ao utilizar o atalho para ir ao final do arquivo no VSCode, caso a última linha seja grande o curso se posicionará no último caractere desse linha, caso exista uma linha em branco no final do arquivo o cursor irá se posicionar na mesma, podendo ainda visualizar as outras linhas existentes sem ter que utilizar a barra de rolagem horizontal para voltar ao início da linha.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.