1
void primeiro(int a) {
  a *= 2;
  printf("%d", a);
}

void segundo(int *u) {
 int x = 1;
  x = x + *u;
  primeiro(x);
  *u = x++;
}
int main() {
  int x = 5;
  segundo(&x);
  printf(":%d\n", x);
}
2

O código começa por definir a variável x como inteiro com o valor 5 e chama a função segundo com o endereço de memoria da variável x:

int main() { 
    int x = 5;
    segundo(&x);

Nesta função segundo é criada outra variável x com o valor 1:

void segundo(int *u) {
    int x = 1;

A essa variável é adicionado o valor apontado pelo ponteiro u. Este ponteiro foi o que foi passado no main e por isso aponta para o x do main, que tem o valor 5:

x = x + *u;

Irá assim guardar 6 na variável x da função segundo. Agora chama-se a função primeiro passando esta variável x:

primeiro(x);

Na função primeiro multiplicamos o valor recebido por 2, que será 6*2 e mostramos com printf:

void primeiro(int a) {
    a *= 2;
    printf("%d", a);
}

Esta variável a é uma copia do x que foi passado da função anterior, logo a multiplicação não altera esse valor.

Terminada esta função retomamos na função segundo a seguir à instrução primeiro(x); que já foi executada, restando apenas fazer a instrução:

*u = x++;

Que indica que o valor apontado por u passa a ser x (que já era) e que x apos esta instrução aumenta. Mas este x é uma variável local e por isso este pós incremento não tem efeito real uma vez que não existem mais instruções nesta função.

Depois de serem executadas as duas funções é escrito o printf no main com o valor de x que será 6:

int main() {
    ...
    printf(":%d\n", x);

A saída na consola de toda a execução do programa é:

12:6
0
void primeiro(int a) { // Função sem retorno, com parâmetro do tipo inteiro.
  a *= 2; // a recebe um valor inteiro e multiplica por 2.
  printf("%d", a); // Exibe o resultado na tela, formatado como decimal "%d".
}

void segundo(int *u) { // Função sem retorno, com ponteiro como parâmetro.
 int x = 1; // Variável x recebe o valor inteiro 1.
  x = x + *u; // x recebe o valor de x + o valor do ponteiro, passado por referência.
  primeiro(x); // Chama a função primeiro() e passa o resultado de x.
  *u = x++; // O ponteiro recebe um incremento inteiro. O valor atual + 1.
}
int main() { // Função principal
  int x = 5; // Variável x recebe o valor inteiro 5.
  segundo(&x); // Passa o valor da variável x para a função segundo() por referência.
  printf(":%d\n", x); // Exibe o valor da variável x com as alterações feitas pela função segundo().
}

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.