4

Encontrei uma falha ou não estou sabendo lidar com hashes. Tenho duas bytes arrays aleatórias, uma gerada por um algoritmo e outra original. Estou tentando fazer o algoritmo ficar EXATAMENTE igual à original. Visualmente consegui, com os mesmos bytes, o mesmo tamanho nas mesmas posições.

Mas ao verificar os hashes usando SHA-256, dá diferença entre os hashes para as byte arrays idênticas.

resultado

A é o hash da byte-array original

é o hash da byte-array gerada

Ax são os bytes contidos na byte-array original

Ay são os bytes contidos na byte-array gerada pelo algoritmo

Observem que, Ax e Ay são praticamente idênticas. Mas seus hashes são diferentes. O que está acontecendo?

Método usado para calcular os hashes:

public static string ToHex(byte[] bytes, bool upperCase) {

    using (var k = new HMACSHA256()) {
        bytes = k.ComputeHash(bytes);
    }

    StringBuilder result = new StringBuilder(bytes.Length * 2);

    for (int i = 0; i < bytes.Length; i++)
        result.Append(bytes[i].ToString(upperCase ? "X2" : "x2"));

    return result.ToString();
}

Atualmente estou usando o .NET Standard 2.0.

  • Obs: Isso também acontece com outros hashes como o MD5. – CypherPotato 13/01/18 às 4:28
5

A documentação do construtor que usou diz que a chave secreta necessária para calcular o hash é gerada aleatoriamente. E em cada execução um novo objeto é criado. Então em execuções diferentes o resultado será diferente. É o mesmo problema que as pessoas cometem com Random, só que o oposto, elas geram sempre a mesma semente, neste caso está sempre gerando uma diferente porque o objeto muda.

Se quer sempre o mesmo resultado deve fazer todos os cálculos com o mesmo objeto (o que pode não ser possível em alguns cenários, incluindo execuções diferentes) ou usar um construtor com uma chave fixa.

Nunca use uma classe sem ler toda documentação dela. Em alguns casos é bom ler até sobre outros tipos do namespace todo.

  • Não sabia que hashs tinham uma chave aleatória. Essa é nova. – CypherPotato 13/01/18 às 17:30
  • 1
    @CypherPotato este tipo tem sim, afinal ela exige que sempre tenha uma chave para gerá-la, se você não fornece uma, a classe gera uma para você de forma aleatória. – Maniero 15/01/18 às 13:47
4

O que ocorre é porque está usando HMAC. O HMAC é um MAC, não uma HASH em si, ela também é chamada de "Keyed Hash". Alguns algoritmos de hashes recentes, como Blake2, possui o recurso de Keyed Hash dentro dela (podendo ser usada tanto pra MAC quanto para um KDF).

Todo MAC precisa de uma chave, sem ela não não há como garantir integridade e confidencialidade. Como dito pelo @Maniero a função usada gera uma chave para o HMAC, se ela não for defina.

Você pode usar diretamente o SHA256, a função de hash em si, com o SHA256

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.