0

Se eu tiver um post a minha single.php irá exibir esse meu post completo no site. Correto?

Mas se eu tiver também uma página de view de empreendimentos, imóveis, carros, etc... Onde cada uma dessas views tem estilos diferentes, como posso fazer para distinguir isso no wordpress? Por exemplo: A single trataria apenas os posts. Para os empreendimentos por exemplo, seria uma outra view com o mesmo comportamento da single.php, porém não é a single.php!

Conseguiram entender?

4

Quando você trabalha com vários tipos de posts e quer ter um estilo para cada, você pode optar por utilizar os Custom Post Type. Com isso você poderá criar posts de vários tipos, com vários outros elementos através de metaboxes. Isso de dará um controle maior sobre o post em si.

Apesar de poder customizar esses posts, eles ainda se comportarão como qualquer outro post do WordPress.

A vantagem é que você consegue gerir melhor esses posts personalizados no front-end. Ele também vai te permitir criar páginas "especiais", com características únicas para determinados tipos de post.

Criando Post Type

Para criar um post type personalizado, você poderá utilizar o seguindo código:

function create_post_type_car() {
  register_post_type( 'post_car', [
      'labels' => [
        'name' => "Cars",
        'singular_name' => "Car"
      ],
      'public' => true,
      'has_archive' => true,
    ]
  );
}
add_action( 'init', 'create_post_type_car' );

Mais informações sobre a função register_post_type, você encontrará na documentação.


Exibindo Post Type

Criar um post_type é bem simples, mas exibidos é mais simples ainda. Para isso basta cria um arquivo, na raiz do seu tema, chamado single-post-car.php. O WordPress automaticamente identificará e "linkará" o post à essa página.

Isso é possível graças a Hierarquia de Templates do WordPress.

Hierarquia dos Arquivos

No banco de dados, mais especificamente na tabela wp_posts, o CMS adicionará todas as informações de arquivos (attachments) enviados e posts cadastrados.

Quando o WP captura essas informações ele segue uma serie de ações antes de exibi-las, uma dessas ações envolve buscar alguns arquivos na raiz do seu tema e, de acordo com o mimetype (arquivos) ou post type (postagens), procurar determinado arquivo para servir como view.

Nessa busca (no caso de postagens) o WordPress retornará o slug (ou simplesmente Url Amigavel) juntamente com outras informações da postagem.

Com essas informações, o WP buscará o arquivo single-$posttype-$slug, caso não encontre, ele continuará buscando os arquivos necessários até que encontre ou chegue no arquivo "pai", o index.php

A ordem para Custom Post Types é: single-$posttype-$slug.php -> single-$posttype.php -> single.php -> singular.php -> index.php


Filtrando Post Type

Você também poderá filtrar determinados tipos de posts (Para fazer um menu lateral, por exemplo). Para isso você só precisa utilizar a classe WP_Query. Ex:

$posts = new WP_Query([
    "post_type" => "post_car"
]);

if ($posts->have_posts()) {
    while($posts->have_posts()) {
        $posts->the_post();

        the_title();

        /* Code Here */
    }
}

Trabalhando com páginas estáticas no WordPress

Caso você possua apenas páginas estáticas (Sim, elas também "descende" de single.php), não é possível utilizar as informações acima como base. Para este tipo de página, o WordPress tem uma outra forma de trabalhar.

Estas páginas normalmente são utilizadas para formulários de contato, sobre nós, calendário de eventos etc.

Para cria-las é muito simples, basta criar um arquivo php, exemplo aboutus.php e utilizar o código abaixo para servir como view.

Código:

<?php

/* Template Name: AboutUs */

/* Todo o restante do código aqui. Html, css, js; PHP etc */

?>

Esse código fará com que apareça uma opção ao adicionar uma nova página estática.

Opção adicionada ao criar um arquivo.php com o comentário "Template Name"

Dessa forma você poderá trabalhar com várias página de templates, com arquivos diferentes, informações diferentes, estilos diferentes, lógicas de negócio diferentes etc.

  • Obrigado parceiro. Foi de enorme ajuda. Att, Maurício. – Maurício Biléssimo 11/01/18 às 19:04

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.