2

Possuo a seguinte base:

cidade      a                 b         c
AGRONOMICA  CRESO             NA        NA
AGRONOMICA  NA                SICOOB    NA
ALFREDO     CREDIVERTENTES    NA        NA
ALMIRANTE   SICOPER           NA        NA
ALMIRANTE   NA                SICRED    NA
ALTO        SICOPER           NA        NA
ALTO        NA                SICOOB    NA
ALTO        NA                NA        SICRED

A ideia é agregar a base para que ela fique assim:

cidade      a                 b         c
AGRONOMICA  CRESO             SICOOB    NA
ALFREDO     CREDIVERTENTES    NA        NA
ALMIRANTE   SICOPER           SICRED    NA    
ALTO        SICOPER           SICOOB    SICRED

O aggregate exige que os valores sejam numéricos. Como fazer isso com essas variáveis nominais?

4
  • 1
    Por que o ALMIRANTE não aparece no resultado desejado? Commented 8/01/2018 às 20:35
  • Era pra ter aparecido. Foi erro na hora de colocar a resposta
    – T. Veiga
    Commented 9/01/2018 às 11:23
  • Porque é que no resultado a linha ALFREDO tem a coluna b igual a SICRED se na tabela de input é NA? Commented 9/01/2018 às 13:45
  • Outro erro. Foi consertado
    – T. Veiga
    Commented 9/01/2018 às 15:35

3 Respostas 3

3

Creio que este código responde à pergunta, mas é preciso ter atenção ao seguinte: no resultado pretendido, que está na pergunta, a linha ALFREDO tem a coluna b igual a SICRED quando na tabela de entrada é NA. Então, este código mantém o valor NA no resultado.

res <- lapply(split(dados, dados$cidade), zoo::na.locf)
res <- lapply(res, zoo::na.locf, fromLast = TRUE)
res <- do.call(rbind, res)
res <- res[!duplicated(res), ]
row.names(res) <- NULL
res
#      cidade              a      b      c
#1 AGRONOMICA          CRESO SICOOB   <NA>
#2    ALFREDO CREDIVERTENTES   <NA>   <NA>
#3  ALMIRANTE        SICOPER SICRED   <NA>
#4       ALTO        SICOPER SICOOB SICRED

Explicação.
Passo a passo, o código acima funciona do seguinte modo.

  1. Em primeiro lugar usa o split para dividir a data.frame de entrada por cidade.
  2. A seguir, aplica a função na.locf do pacote zoo a cada sub-df para levar o anterior valor que não seja NA para a frente.
  3. Agora faz o mesmo, mas levando o valor não NA posterior para trás.
  4. Depois junta as sub-df's com do.call/rbind.
  5. E escolhe só as linhas não duplicadas.
  6. O resultado tem nomes de linha, para os numerar consecutivamente basta atribuir-lhes o valor NULL.

DADOS.

dados <-
structure(list(cidade = c("AGRONOMICA", "AGRONOMICA", "ALFREDO", 
"ALMIRANTE", "ALMIRANTE", "ALTO", "ALTO", "ALTO"), a = c("CRESO", 
NA, "CREDIVERTENTES", "SICOPER", NA, "SICOPER", NA, NA), b = c(NA, 
"SICOOB", NA, NA, "SICRED", NA, "SICOOB", NA), c = c(NA, NA, 
NA, NA, NA, NA, NA, "SICRED")), .Names = c("cidade", "a", "b", 
"c"), class = "data.frame", row.names = c(NA, -8L))
0

O pacote purrrlyr torna a excelente solução do @Rui mais simples:

library(dplyr)
library(purrrlyr)
library(zoo)

dados %>% 
  group_by(cidade) %>% 
  dmap(na.locf) %>% 
  distinct(cidade,.keep_all=T)
0

Sem precisar de nada além do dplyr:

dados %>%
  group_by(cidade) %>%
  summarise_all(function(x) {
    res <- x[!is.na(x)]
    ifelse(length(res) == 0, NA_character_, res)
  })

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .