2

Preciso verificar se uma sequencia corresponde a um timestamp válido.
Usar is_numeric, ctype_digit, só vai validar se é numérico... Quero saber se o timestamp corresponde a uma data.

  • Já tentou usar regex? – ptkato 27/07/14 às 3:27
  • Dá no mesmo, só vai validar se é numero... – Papa Charlie 27/07/14 às 3:30
  • Não, você pode checar se está no formato de um timestamp válido com regex. Posta qual o timestamp você quer para que o pessoal possa te ajudar. – ptkato 27/07/14 às 3:36
  • isso é um TS válido 1406431728, isso é um TS inválido 9999999999 - quero saber se o TS corresponde a uma data – Papa Charlie 27/07/14 às 3:42
  • 1
    Qual é o critério para determinar se um timestamp é válido? A classe DateTime do PHP consegue gerar uma data com 9999999999. Porém, não consegue devolver o timestamp dessa data... – bfavaretto 27/07/14 às 4:35

2 Respostas 2

3

A resposta a seguir visa complementar a resposta do @gmsantos.


Usando a classe DateTime do PHP como sugerido pelo @gmsantos você atinge seu objetivo.

Porém, para uma validação, você tem de:

  • Usar um bloco try...catch(), caso esteja programando com sua versão Orientada a Objetos
  • Condicioná-lo com o booleano FALSE -OU- com o operador instanceof procurando por um objeto DateTime, caso usando sua versão procedural date_create():

Orientado a Objetos

try {

    $dt = new DateTime( 1926036000 );

} catch( Exception $e ) {

    //die( $e -> getMessage() );

    die( 'Invalid date or timestamp' );
}

Isso porque quando o construtor da classe DateTime falha ele dispara uma Exception que pode ou precisa (depende do caso) ser capturada.

Veja também que deixei duas formas para se abortar a operação. Uma com o a mensagem de erro lançada peloa DateTime e outra personalizada.

O motivo é porque a mensagem da exceção lançada pela DateTime não é lá muito útil em produção:

DateTime::__construct(): Failed to parse time string (1926036000) at position 7 (0): Unexpected character

Procedural

var_dump( date_create( 1926036000 ) instanceof DateTime ); // false

var_dump( date_create() instanceof DateTime ); // true

Para validar verificar por FALSE pode ser mais interessante por dispensar uma atribuição à uma variável. Se depois da validação o objeto resultante for utilizado, prefira instanceof.

Apesar de não demonstrado, quando digo comparar por FALSE me refiro a comparar o dado à esquerda com o operador !== ( $x !== FALSE ), haja vista o PHP reconhecer vários valores como FALSE, incluindo o zero que pode ser o retorno do fragmento abaixo:

mktime( 21, 0, 0, 12, 31, 1969 ); // int 0

Mesmo que não faça sentido :P

[UPDATE]

Conforme demonstrado pelo @gmsantos nos comentários deste e de outro tópico eu cometi pequeno gigante erro.

O erro se refere quanto a eu estar setando o timestamp diretamente no construtor da DateTime o que não é o certo. Estranhamente, para alguns timestamps "funciona", isto é, o objeto é construído mas com resultado diferente do esperado, e para outros não, disparando-se a Exception.

O correto é utilizar mesmo o método DateTime::setTimestamp() depois de criado o objeto:

$dt = new DateTime;
$dt -> setTimestamp( 2147472001 );

var_dump( $dt );
  • Curti o exemplo, é bem na linha como uso. Vou rodar os testes – Papa Charlie 27/07/14 às 21:38
  • Suas funções sempre darão erro. Nem o constructor do DateTime tão pouco date_create aceitam Timestamp Unix como parêmetro: php.net/manual/en/datetime.formats.php. – gmsantos 27/07/14 às 21:41
  • verdade, vi a página e o unico exemplo pé usando @TS – Papa Charlie 27/07/14 às 21:52
  • DateTime::__construct(): Failed to parse time string (946684800) – Papa Charlie 27/07/14 às 21:54
  • Complementei a resposta. Para alguns timestamps o objeto é criado, mas com valor incompatível com aquilo que o inteiro deveria representar. Para outros, a Exception é lançada logo de cara. – Bruno Augusto 27/07/14 às 22:03
4

TL;DR

Utilize a classe DateTime do PHP e as datas representadas em um formato diferente do timestamp em UNIX para não ter problemas com datas.


Um timestamp em UNIX é o número de segundos que se passaram desde a data 1970-01-01 00:00:00 em UTC.

Seu limite está no máximo valor que uma variável inteira 32-bits pode suportar (–2147483648 até 2147483647), gerando um range de datas entre 1901-12-13 20:45:54 até 2038-01-19 03:14:07.

Ou seja, hoje basta verificar se o número é inteiro e está dentro desse range.

Mas 2038 está logo ai, teremos um novo "Bug do Milênio" ?

Se utilizarmos o armazenamento de datas em timestamps do Unix, sim, teremos problemas com as aplicações.

Uma solução para esse problema é o uso de inteiros 64-bits, que possibilitarão a postergação desse problema para o ano 292277026596.

Hoje o suporte do PHP em 64 bits é experimental (Pelo menos em sistemas Windows) e ainda não suporta inteiros 64-bits

Em PHP, a melhor alternativa é utilizar a classe DateTime, onde não existe esse bug do ano 2038.

  • Interessante, não sabia que a DateTime não sofria desse problema de limite. – Bruno Augusto 27/07/14 às 14:38
  • @BrunoAugusto não sofre se o input que cria a data não estiver definido como timestamp. – gmsantos 27/07/14 às 19:11
  • Não tenho certeza se entendi seu comentário – Bruno Augusto 27/07/14 às 21:02
  • 2147472001 - timestamp.. 2038-01-18 22:00:01 - format Y-m-d H-i-s – gmsantos 27/07/14 às 21:34
  • 1
    @BrunoAugusto - 3v4l.org/7nIOS – gmsantos 27/07/14 às 21:46

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.