13

Recentemente tenho realizado códigos em meus projetos aonde preciso adicionar itens em um array, logo não sei se devo usar funções nativas da linguagem para isso, como por exemplo:

array_push($meu_array, 50);

ou se simplesmente atribuo o valor, como por exemplo:

$meu_array[] = 50;

Queria saber qual a diferença entre eles? se existe algum que é mais performático ou mais aconselhável fazer, seria interessante também saber se existe algum parâmetro que devo levar em consideração quando uma situação semelhante acontecer

  • 1
    Já que marcou a tag javascript vale lembrar que para tal linguagem as coisas são um pouco diferentes, array_push é necessário para criar os índices automáticos e a atribuição direta sob array vazio gerará erro. – Felipe Duarte 5/01/18 às 17:04
17

Ambos não são equivalentes, array_push adiciona um item, e o $meu_array[0] = 50; editaria um item existente ou criaria um índice no zero.

O equivalente de array_push é o [] sem o índice, assim:

$meu_array[] = 50;

No entanto array_push tem uma diferença

O que diferencia array_push do [] é que com ele você pode adicionar múltiplos itens, assim:

array_push($meu_array, 50, 60, 100, 9, 'a');

Quer seria equivalente ao:

$meu_array[] = 50;
$meu_array[] = 60;
$meu_array[] = 100;
$meu_array[] = 9;
$meu_array[] = 'a';

Então neste caso poderia ser mais interessante usar array_push

Desempenho entre [] e array_push

Supostamente o uso de [] é um pouco melhor (é algo relativo), mas é provável que seja micro-otimização, ou seja a diferença é insignificante, ainda sim para escrever acho mais simples usar o [] do que array_push e além de simples você escreve menos:

$meu_array[] = 50;
array_push($meu_array, 50);

Para comparar a performance você pode usar a biblioteca phplegends/tests, requer composer, o ideal para o teste é fazer ele em um array grande, então somente para teste $minha_array = range(0, 10000); isso deve bastar.

ficaria assim:

<?php
use PHPLegends\Tests\Bench;
use PHPLegends\Tests\BenchObject;

require 'vendor/autoload.php'; //Composer autoload

$minha_array1 = range(0, 10000);
$minha_array2 = range(0, 10000);

$bench = new Bench;
$bench->defaultCicles(9999); //9999 execuções

$test1 = $bench->addTest(function () use (&$minha_array1) {
    $minha_array1[] = 50;
});

$test2 = $bench->addTest(function () use (&$minha_array2) {
    array_push($minha_array2, 50);
});

$bench->run();

echo 'Test #1 (time): ', $test1->time(), PHP_EOL;
echo 'Test #2 (time): ', $test2->time(), PHP_EOL;

Resultado no PHP5.4:

Test #1 (time): 0.041198015213013
Test #2 (time): 0.051141023635864

Resultado no PHP7.2:

Test #1 (time): 0.0042929649353027
Test #2 (time): 0.0053369998931885

A diferença no PHP7.2 parece insignificante, em outra versões do PHP o resultado pode ser bem diferente, como no PHP5.4, ou até mesmo variar entre sistemas operacionais, como Windows e Linux

De qualquer forma isso é micro-otimização e geralmente não precisamos nos preocupar, exceto se realmente você for fazer milhares de execuções, mas para todos outros casos use o que lhe agradar mais.

Agora múltiplas adições:

...
$test1 = $bench->addTest(function () use (&$minha_array1) {
    $minha_array1[] = 50;
    $minha_array1[] = 60;
    $minha_array1[] = 100;
    $minha_array1[] = 9;
    $minha_array1[] = 'a';
});

$test2 = $bench->addTest(function () use (&$minha_array2) {
    array_push($minha_array2, 50, 60, 100, 9, 'a');
});
...

Resultado no PHP5.4:

Test #1 (time): 0.053055047988892
Test #2 (time): 0.056273937225342

Resultado no PHP7.2:

Test #1 (time): 0.0079491138458252
Test #2 (time): 0.0065710544586182

Note que múltiplas inserções foi um pouco melhor usar array_push, no entanto a diferença é minima, em todos testes, para 9999 repetições é que parece ser melhor, mas provavelmente o resultado varie muito, ou seja não existe motivos para se preocupar entre um e outro.

6

Nestes exemplos não tem como comparar bem. Um adiciona um elemento ao array, ou outro atribui valor para o elemento 0 do array. Eles só fazem a mesma coisa se o array estiver vazio, então a semântica é diferente e só se obtém o mesmo resultado por coincidência.

Obviamente que o primeiro sempre criará um novo elemento no array aumentando seu tamanho. O segundo só criará o elemento se o índice 0 não existir.

O primeiro sempre adicionará um elemento com índice numérico incrementado com o maior número encontrado. O segundo pode usar a chave que quiser e nem precisa ser numérico.

Segundo uma resposta no SO o segundo é mais rápido. Não sei se ainda vale para as versões atuais. De qualquer forma me parece mais limpo fazer desta forma. E o que diz a documentação faz todo sentido.

Há um teste na documentação que mostra uma diferença brutal. Lembrando que isto pode não valer para as versões atuais. Mas há outro post mostrando uma diferença bem menor. E ainda tem outro mostrando que se for fazer várias inserções o array_push() pode ser mais rápido.

Para obter a mesma semântica a atribuição teria que ser assim:

$meu_array[] = 50;
4

Os elementos adicionados com array_push() têm somente sus índices numericos apenas. Na forma de atribuição ele pode ser tanto numerico quanto associativo.

$arr = array('e1' => 1, 'e2' => 2);
array_push($arr, 3);

Saída:

Array
(
    [e1] => 1
    [e2] => 2
    [0] => 3
)

Com atribuição:

$arr = array('e1' => 1, 'e2' => 2);
$arr['e3'] = 3;

Saída:

Array
(
    [e1] => 1
    [e2] => 2
    [e3] => 3
)

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.