6

Vejo vários materiais referindo o Java como uma tecnologia (plataforma) e outros como uma linguagem de programação.

14

Ambos.

Existe a linguagem de programação Java e uma plataforma que as pessoas chamam de Java também. Pode ser um pouco confuso, mas quase sempre a distinção não é importante. De qualquer forma eu acho melhor usar Java platform quando está falando da plataforma.

Plataforma não é necessariamente uma tecnologia, a plataforma é composta por várias tecnologias.

A linguagem de programação não deixa de ser uma tecnologia. Tecnologia é conhecimento, é ferramenta que usa um determinado conhecimento. A linguagem Java não é a única usada na plataforma Java.

Existe ainda uma VM chamada Java Virtual Machine que faz parte da plataforma.

  • 4
    Também é uma ilha da Indonésia =D – Jefferson Quesado 2/01/18 às 21:07
  • 3
    Também é um café – Maniero 2/01/18 às 21:07
5

Uma boa analogia é comparar com o .NET da Microsoft. Quando se usa o .NET Framework pode-se programar em várias linguagens: C#, VB.NET, C++. Todas elas são compiladas para CIL (Common Intermediate Language) que é o código que efetivamente será executado na máquina virtual no .NET.

Em Java (falando da plataforma), pode-se programar também em várias linguagens, algumas delas são: Java, Groovy, Scala, JPython, Closure, etc. Todas essas linguagens são compiladas para Bytecode e, no final, serão executadas na mesma JVM (Java Virtual Machine).

Obviamente, os compiladores mudam pra cada linguagem, porém, como todas executam no mesmo ambiente (após compiladas), isso facilita (e muito) a interoperabilidade encontrada nesse tipo de solução.

Em Groovy pode-se utilizar de maneira transparente as bibliotecas escritas em Java. Da mesma forma, bibliotecas escritas em C# podem ser utilizadas em VB.NET.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.