2

É possível executar a query INSERT INTO nome_tabela SET nome_campo = 'aaaa' no banco PostgreSQL.

Precisei migrar uma loja virtual feita em PHP com banco MySQL, para PostgreSQL.

A parte da migração do banco eu consegui com auxilio de um programa e deu certo.

Felizmente o antigo programador usou PDO para programar, o que já me ajudou e muito, porém muitas queries de INSERT estão escritas da maneira que eu descrevi aqui.

Estou usando a versão 10.

  • Já testou pra ver se funciona? – Sam 29/12/17 às 4:30
  • Segundo a documentação, você pode usar o set caso venha utilizar o DO UPDATE. Nesse seu caso, eu recomendaria dá uma estudada em ORM também. – Valdeir Psr 29/12/17 às 4:55
  • Alguma das respostas resolveu sua dúvida? Acha que pode aceitar uma delas? Veja o tour como fazer isso, se ainda não o fez. Você ajudaria a comunidade identificando qual foi a melhor solução para você. Pode aceitar apenas uma delas. Mas pode votar em qualquer pergunta ou resposta que achar útil no site todo. – Maniero 13/01/18 às 0:04
4

Não é possível.

Este é um dos problemas de se fazer algo fora do padrão.

Na verdade isto é uma grande demonstração de que migrar banco de dados usado por uma aplicação não é algo trivial e não funciona de forma automática.

Infelizmente os maiores problemas não são tão visíveis e causam enormes problemas sem que sejam percebidos logo e as pessoas tendem a achar que é outra coisa, inclusive culpando o DB e sempre alguém argumentará que não deveria ter migrado porque se mostrou pior do que foi "vendido".

Infelizmente foi usado PDO. A única vantagem real dele é uma ilusão. Migrar de banco de dados envolve uma reavaliação total da semântica do acesso aos dados. O PDO só ajuda um pouco na sintaxe que é a parte fácil. Portanto o PDO ajuda menos 10%, provavelmente bem menos, na migração. Mas o mais trágico é que dá a ilusão que ajudou perto ou 100%, o que não é verdade.

Se causar poucos problemas é porque já estava ruim antes.

Um ORM pode ter o mesmo ou pior efeito. ORM é útil em alguns cenários, mas a troca do banco de dados é uma ilusão. Na verdade ele é pior porque ele tende a deixar o acesso ruim sempre, uma camada como o PDO, se feito certo, pode ficar bom e só ficaria ruim em caso de migração.

Aqui sempre vemos perguntas falando dessas coisas e a pessoa acha que "apertará um botão" e tudo se resolverá. Problemas de arquitetura são os mais difíceis de resolver e infelizmente poucas pessoas sabem fazer arquitetura, a maioria acredita em coisas que não tem base na engenharia, só marketing.

Então quando a pessoa usa o PDO e usa sintaxe que não pode ser migrada, a pessoa não sabia o que estava fazendo. Se a pessoa fez errado na sintaxe, que é a parte fácil, imagine na semântica.

  • Muito obrigado pela resposta @Maniero. Eu concordo com muitas coisas que você mencionou. Como ainda estou em processo de aprendizado, vou procurar focar meus estudos nessas questões que você abordou. Eu realmente tentei executar essa query e o PostgreSQL não trabalha dessa maneira. Eu agradeço pela ajuda de todos. Problema resolvido com a sintaxe "INSERT INTO tabela(campo) VALUES('valor')" – Gabriel Filipe Carvalho 29/12/17 às 15:23
  • 2
    +1, em especial pela "lenda do PDO". Eis mais uma prova de que essa conversa é mais "marketing" do que qualquer coisa. @Gabriel provavelmente a solução no seu caso é um simples search-replace nos SQL para adequar a sintaxe, praticamente todos os editores de código fazem isso de uma forma ou outro. – Bacco 29/12/17 às 15:47

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.