4

Bom pessoal, eu uso basicamente 4 scripts no meu projeto.

Eu tenho duas paginas, uma onde as postagens são listadas e outra onde visualiza as postagens. No modelo atual de navegação, ao clicar em cima de qualquer postagens listada o usuário e enviado para a pagina com a postagem completa, nada de diferente e tudo dando certo.

A questão que estou tentando mudar o modo de visualização das postagens. No novo modo ao clicar sobre alguma postagem listada se abre um Lightbox e dentro desse Lightbox é carregada via Ajax a pagina com as informações. Até aqui estaria tudo dando certo se não fosse por um detalhe.

O detalhe é que as vezes algumas postagens podem ter videos. No modelo antigo de visualização das postagens os vídeos rodavam normalmente, só que nessa tentativa de novo modelo os vídeos referentes as postagens não fazem nada, é como se estivessem travados. Acho que algum dos scripts estão entrando em conflito. Eis os scripts ::

Script do Lightbox

$(document).ready(function() {
$('.lightbox').click(function(e){
    e.preventDefault();
    $('.background, .box').animate({'opacity':'.8'}, 0);
    $('.box').animate({'opacity':'1.00'}, 0);
    $('.background, .box').css('display', 'block');
});
$('.close').click(function(){
$('.background, .box').animate({'opacity':'0'}, 0, function(){
$('.background, .box').css('display', 'none');
});          
});
$('.background').click(function(){
$('.background, .box').animate({'opacity':'0'}, 0, function(){
$('.background, .box').css('display', 'none');
});          
});
});

Script do Carregamento ajax

function GetXMLHttp() {
if(navigator.appName == "Microsoft Internet Explorer") {
xmlHttp = new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP");
}
else {
xmlHttp = new XMLHttpRequest();
}
return xmlHttp;
}

var xmlRequest = GetXMLHttp();

function abrirPag(valor){
var url = valor;

xmlRequest.open("GET",url,true);
xmlRequest.onreadystatechange = mudancaEstado;
xmlRequest.send(null);

if (xmlRequest.readyState == 1) {
document.getElementById("conteudo_mostrar").innerHTML = "<img src='loader.gif'>";
}

return url;
}

function mudancaEstado(){
if (xmlRequest.readyState == 4){
document.getElementById("conteudo_mostrar").innerHTML = xmlRequest.responseText;
}
}

Script usado para realizar funções sobre o video como play, pausar e demais

$('video').mediaelementplayer({
success: function(media, node, player) {
var events = ['loadstart', 'play','pause', 'ended'];
for (var i=0, il=events.length; i<il; i++) {
var eventName = events[i];
media.addEventListener(events[i], function(e) {
$('#output').append( $('<div>' + e.type + '</div>') );
});
}
}
});

Teria mais 1 script de configuração do player do vídeo. Tal script pode ser vizualizado no link https://github.com/johndyer/mediaelement/blob/master/build/mediaelement-and-player.js

Tomei a liberdade também de tirar print para vocês verem como ficam a execução do scripts no lightbox e sem ser no lightbox

Sem Lightbox :: http://imgur.com/mphEgef Com Lightbox :: http://imgur.com/xv0E3yL

Fiz um teste e acrescentei o player de vídeo direto dentro do Lightbox e não gerou nenhum conflito, então o problema pode estar no carregamento Ajax porém não sei aonde

  • Não deu nenhum erro no console quando você fez via ajax? Sugiro verificar algumas coisas: 1) a página antiga tinha algum script no head? lembre-se que o conteúdo carregado via ajax não tem html nem head (não tem mesmo, né? se tiver, é um erro); 2) Existem elementos com o mesmo id no conteúdo carregado dinamicamente e na página principal? 3) Poste em algum lugar (ex. pastebin) o código completo tanto da página principal quanto de uma das páginas com vídeo que não funciona. Está difícil imaginar o que pode estar acontecendo só com as informações postadas. – mgibsonbr 24/07/14 às 18:21
  • 2
    Posso estar enganado, mas não é exatamente um conflito. Acontece que scripts carregados por scripts não funcionam mesmo. Experimenta fazer a requisição AJAX pela prórpia jQuery ($.ajax, $.get...). De repente, alguma coisa no próprio framework leva isso em consideração e soluciona por você. Se não der certo, carregue o script do video junto com o HTMl que dispara o lightbox e invoque o mediaelementplayer no callback de sucesso da requisição AJAX. Outra possibilidade seria usar jQuery.on() para anexar os eventos dinamicamente. – Bruno Augusto 24/07/14 às 18:22
  • @BrunoAugusto o que voce falo é verdade, fiz alguns testes e realmente os scripts nao estao sendo carregados... A unica parte do codigo que esta sendo carregada é aquela ao qual não é script – ivan veloso 24/07/14 às 18:25
  • @BrunoAugusto Isso é novidade pra mim! Você tem alguma referência que eu possa consultar? Eu achava que qualquer coisa retornada via Ajax, em formato texto, que fosse atribuída a um elemento via innerHTML fosse ser indiscriminadamente aceita. Em que parte eu me enganei? – mgibsonbr 24/07/14 às 18:32
  • 1
    @BrunoAugusto Entendi. De todo modo, você está certo, fiz um teste no jsFiddle que comprova isso: jsfiddle.net/7sKMa Pelo que sei, se você cria um elemento script usando document.createElement e adiciona esse script no head, ele executa. Meu senso comum achava que também era o caso ao se incluir <script></script> no innerHTML de um elemento qualquer (ou do próprio head ou body), mas vejo que estava enganado. – mgibsonbr 24/07/14 às 18:59
4

A resposta a seguir tem como objetivo estender a discussão inicial nos comentários da pergunta.


De acordo com a Especificação do W3C:

Scripts na árvore do documento resultante não serão executados, recursos referenciados não serão carregados e nenhum XSLT será aplicado.

Para muitos programadores, AJAX é a cura pro câncer de suas Aplicações. Não vou entrar no mérito de que isso é extremamente errado, de que JavaScript obstrusivo é uma péssima prática, de que a Aplicação tem de funcionar o máximo possível sem JavaScript e etc. MAS, essa limitação impede que uma Aplicação rica, fracione seus scripts carregando-os sob demanda.

Imagine um Painel Administrativo que funciona perfeitamente sem JS, mas que com ele o Administrador tem um controle mais rápido e uma experiência de controle aprimorada.

Além de carregar frameworks e plugins básicos comuns à todas ou muitas páginas, não faz sentido, por exemplo, carregar aquele pequeno arquivo que configura ou prepara recursos presentes apenas num formulário de cadastro de Clientes quando estamos visualizando, não sei, a seção de Relatórios de Desempenho, certo?

Sim, esses pequenos arquivos são inofensivos num Painel Administrativo o qual é acessado simultaneamente por poucas pessoas, mas a limitação "imposta" pelo W3C não se restringe à esse cenário.

Deve haver um meio mais inteligente de contornar essa limitação. Para a solução proposta e descrita abaixo estarei assumindo que a requisição AJAX tenha sido completada com sucesso, haja vista tudo acontecer em seu callback.

Estarei usando como demonstração o jQuery TimeAgo unicamente por se tratar de um script o qual cumpre uma tarefa simples. E também porque foi um dos primeiros retornados na listagem do GitHub :P

timeago.html

<html>
<head>

<script src="http://timeago.yarp.com/jquery.timeago.js" type="text/javascript"></script>

</script>

</head>

<body></body>

</html>

Não temos absolutamente nada mais além do que a inclusão do script externo a partir do site oficial já que não consegui carregá-lo pelo GitHub (nem mesmo pelo RAW).

Para testar, nesse arquivo mesmo poderíamos adicionar ao HTML:

<abbr class="timeago" title="2011-12-17T09:24:17Z">December 17, 2011</abbr>

E o JS correspondente no ready():

$("abbr.timeago").timeago();

E teríamos a saída 3 years ago

Pois bem, voltando ao foco principal, temos o segundo arquivo onde a requisição AJAX será feita:

<html>
<head>

<script src="http://code.jquery.com/jquery-2.1.1.min.js"></script>

<script type="text/javascript">

    $(document).ready(function() {

        $('#loadData').click(function(event) {

            $.ajax({

                url: 'timeago.html',

                success: function( response, status, xhr ) {

                    $("abbr.timeago").timeago();
                }
            });
        });
    });

</script>

</head>

<body>
<p>
   <a href="javascript:void(0)" id="loadData">
    Load jQuery TimeAGO
</a>

<p>
    <abbr class="timeago" title="2011-12-17T09:24:17Z">December 17, 2011</abbr>
</p>

</body>
</html>

Teoricamente, ao clicar no link o <abbr> seria substituído pela expressão 3 years ago. Em teoria até mulher é perfeita, mas não adianta pensar no <body> se elas se importam como <head> (essa piada é um horror)

Verificando o console vemos o erro correspondente ao método da jQuery TimeAgo não existir por não ter sido carregada.

Comecemos a jornada rumo à solução por localizar os scripts no corpo da requisição retornado:

var scripts = $( response ).filter( 'script' );

Depois vamos iterar essas informações e carregá-los no DOM atual. Existem técnicas que criam elementos novos <script> e setam os src e levam em conta particularidades as quais dado meu relativamente pouco contato com JS não vou nem mencionar.

A jQuery nos oferece o jQuery.getScript() que nada mais é do que um atalho para um jQuery.ajax() tendo o dataType devidamente configurado para script.

Nós poderiamos iterar essas informações e fazer N chamadas à jQuery.getScript() mas isso nos traz um problema. jQuery.getScript() só trabalha com requisições assíncronas, ou seja, assim que ela termina, ela já é retornada de imediato o que nos impede de utilizar os recursos dos scripts carregados em escopos diferentes de seu próprio callback de sucesso.

Pareceu confuso mas é simples. Usar jQuery.getScript() nos impede de fazer isso:

$.getScript( 'myexternalScriptFile.js' );
someFunctionfromTheFileAbove();

Permitindo apenas isso:

$.getScript( 'myexternalScriptFile.js', function() {

    someFunctionfromTheFileAbove()
})

Não parece ser um problema, mas isso por consequencia impede que um segundo jQuery.getScript() utilize algum recurso presente no script carregado pelo primeiro.

Felizmente a jQuery 1.5 implementou os Deferred Objects para todas as requisições AJAX.

Por ser uma requisição assíncrona, logicamente ela precisaria de um callback porém, com Deferred Objects, temos uma enorme vantagem através do jQuery.when() o qual podemos expandir, carregando múltiplos arquivos mas usando um único callback:

$.when( $.getScript( 'scriptOne.js' ), $.getScript('scriptTwo.js') ).done( function () {
  sometgingFromScriptOne();
  somethingFromScriptTwo();
});

Como consequência, todos os recursos, de todos os scripts carregados estariam acessíveis

Já se pode ter uma noção de como a solução final ficaria, isto é, iterar e invocar jQuery.getScript() dentro de jQuery.when() informando um único callback para deferred.done():

jQuery.each( scripts, function( index, value ) {

    $.when( $.getScript( value.src ) ).done( doneCallback );

});

Mas, temos mais um probleminha. Aqui nós estamos confiando no valor da propriedade src das informações retornadas quando filtramos o corpo da Requisição buscando pelas tags <script>. Sim, eu repeti tudo isso pra chamar sua atenção. ^_^

Rotinas inline, isto é, as que não vêm de uma origem externa, obviamente não possuem um atributo src (pelo menos não um preenchido) e, por isso, não são resolvidas por jQuery.getScript().

Pra esses casos, temos o bom e velho, e muitas vezes considerado um vilão perverso, eval(). Uma simples condição e solucionamos o problema:

jQuery.each( scripts, function( index, value ) {

    if( value.src == "" ) {

        eval( value.text );

    } else {

        $.when( $.getScript( value.src ) ).done( doneCallback );
    }
});

Perfeito... Se aquilo que possa ter sido avaliado por eval() não puder em hipótese alguma ser utilizado por alguma coisa carregada por jQuery.getScript >.<

Mais uma vez a jQuery nos salva través de jQuery.globalEval() que faz o mesmo que o eval() tradicional, exceto que em escopo global.

Não preciso nem dizer que se eval() pode ser perigoso, um eval() global pode ser ainda mais, certo?

O script final, do arquivo inteiro dessa vez:

<html>
<head>

<script src="http://code.jquery.com/jquery-2.1.1.min.js"></script>

<script type="text/javascript">

    $(document).ready(function() {

        $('#loadData').click(function(event) {

            $.ajax({

                url: 'timeago.html',

                success: function( response, status, xhr ) {

                    var scripts = $( response ).filter( 'script' );

                    jQuery.each( scripts, function( index, value ) {

                        if( value.src == "" ) {

                            jQuery.globalEval( value.text );

                        } else {

                            $.when( $.getScript( value.src ) ).done( doneCallback );
                        }
                    });
                }
            });
        });
    });


    function doneCallback() {

        $("abbr.timeago").timeago();

        alert( someInlineScriptvar );
    }

</script>

</head>

<body>
<p>
   <a href="javascript:void(0)" id="loadData">
    Load jQuery TimeAGO
</a>

<p>
    <abbr class="timeago" title="2011-12-17T09:24:17Z">December 17, 2011</abbr>
</p>

</body>
</html>

Deixe-me fazer uma pequena consideração final.

Em nosso doneCallback() temos um alert() para uma variável não descrita em nenhuma parte do texto. As vezes eu tenho desses péssimo costume ao redigir um texto e acabo e escrevendo as coisas numa ordem diferente daquela que eu deveria.

Essa variável surgiu de um teste feito logo que finalizei com a solução com jQuery.when() e me ocorreu o fato de scripts inline não terem uma propriedade src preenchida.

No arquivo timeago.html eu criei uma variável simples, com um valor também simples logo depois de chamar o script externo:

<script type="text/javascript">

    var someInlineScriptvar = 'Foo';

</script>

Assim pude ter certeza de que a solução funcionaria nos dois principais cenários, pra não dizer únicos.

Fontes utilizadas na solução:

  • Foi uma resposta longa e um pouco maçante, mas eu espero ter me feito entender bem, já que não sou muito chegado em JavaScript. Qualquer erro, seja de conteúdo ou de sintaxe, quem melhor entender, por favor, fique à vontade para uma edição. – Bruno Augusto 25/07/14 às 14:51
0
$(document).ready(function(){

$('.posts a').live('click',function(){

$('#conteudo.mostrar').load($(this).attr('href'));

return false;

});
});

isso dai resolve todos os problemas

  • Ok, mas o método live não está mais disponível nas versões atuais do jQuery. Para delegar o tratamento de evento hoje em dia, é preciso usar .on em algum ancestral que já exista no DOM, passando o seletor como segundo parâmetro. – bfavaretto 25/07/14 às 11:46

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.