2

Durante o desenvolvimento de uma aplicação, há momentos em que fico perdido e desejo compreender como meu código está rodando. Por exemplo, em qual iteração de um determinado laço de repetição ele está, qual o valor de determinada variável.

Até então eu fazia isso exibindo janelas de dialogo, que depois tenho que remover do código. Existe formas melhores de fazer isso?

Ouvi falar do namespace System.Diagnostics, sobre trace / debug, rastreamento e depuração e também sobre o método Debug.WriteLine(), mas sobre este último, não consegui aprender a usar, pois não encontrei onde ele escreve a informação. Qual a forma de resolver este problema de forma mais eficiente?

  • 1
    Se você puser um breakpoint no seu código (Clique à esquerda do número da linha ou F9 no Visual Studio, vai por na linha que o cursos estiver), e iniciar a aplicação em modo debug (F5 no Visual Studio), seu código vai parar quando atingir a linha do breakpoint. Você poderá ver os valores de todas as variáveis que existirem no momento, além das propriedades das classes instanciadas etc. – Renan 19/12/17 às 12:43
2

Em muitos casos usar o mecanismo de debug do Visual Studio é suficiente. Ele é extramente poderoso e se as pessoas aprenderem usá-lo serão muito mais produtivas, farão códigos melhores e aprenderão coisas coisas só por causa disto.

De fato as classes Trace e Debug podem ser muito úteis para prover informações adicionais e facilitar o entendimento do código e até o uso do debuugger.

A primeira classe sempre será incluída no código, então se usar quase sempre deverá ser temporário, ou então deve ser usada para logging e em algo absolutamente necessário.

A segunda não é incluída em release mode, e isso é bem legal, porque não precisa ficar pondo e tirando do código quando precisa. Claro que isto é útil em situações mais permanente de teste, o que pode ser que seja mais interessante outras técnicas como contratos, testes de unidade e afins.

Conforme a documentação do Debug.WriteLine é possível configurar onde será escrito. O padrão é mandar para o Debug.Log() que poderá ser mostrado na janela de Debug do Visual Studio ou outra ferramenta, e a saída padrão para debug do Windows que manterá no sistema de eventos do SO (Event viewer).

Visual Studio Output

  • Eu fiquei com uma dúvida, se eu colocar a classe Debug dentro de um if, por exemplo, "se a variável X for igual a 12, rodar o Debug.WriteLine" . Na release ele vai remover só a linha do debug e deixará o if? – DanOver 19/12/17 às 13:37
  • 1
    Provavelmente só o debug, mas se ficar sem nada dentro é possível que tenha alguma otimização que elimine o if ou gere pelo menos um warning. De qualquer forma este recurso não deve ser usado desta forma. – Maniero 19/12/17 às 13:44

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.