2

Como posso declarar alguns atributos em uma interface? Exemplo, tenho a interface chamada animal, quero que ela tenha alguns atributos que a classe mamifero vai implementar, mas o atributo que eu declaro na interface não dá certo.

interface Animal {
   protected $peso, $altura; 
}

O código acima gera erro de sintaxe no NetBeans.

5

O que você deseja na verdade é uma classe abstrata e não uma interface. Se realmente precisar. Inclusive pelo nome, um animal não deveria ser uma interface já que este mecanismo é para indicar capacidades e não objetos.

Herança não é algo para usar em qualquer coisa, tem certos critérios. E um membro protegido também é raro ser útil quando feito certo. Na maioria das vezes que se usa isto não deveria. geralmente esta hierarquia específica do exemplo serve para mostrar como funciona herança, mas é péssimo para ensinar orientação a objetos de verdade. Em biologia é muito complicado fazer hierarquias corretamente, as coisas não são tão lineares quanto parece e a modelagem costuma não funcionar.

Entenda mais sobre classes abstratas (aí tem links para outras coisas, inclusive explicando a diferença para a interface.

Não gosto do termo atributo, prefiro campo.

  • Obrigada pela resposta, então o correto neste caso não é usar a interface e sim uma classe. – sol25lua 7/12/17 às 1:14
  • É, uma classe abstrata. – Maniero 7/12/17 às 1:17
1

No seu caso, o que você procura é uma Classe Abstrata, não uma Interface. Acho importante fazer uma breve distinção entre Interfaces e Classes Abstratas, já que você parece ter certa dúvida na diferença entre o funcionamento de ambas. Lembrando, ambos são conceitos da Programação Orientada a Objeto.

Irei exemplificar utilizando a linguagem Java, mas o funcionamento é similar em PHP:


Interfaces


Funcionam como contratos firmados entre você e sua classe, onde você apresenta certas garantias do funcionamento da classe; todas as classes que implementam uma certa interface devem implementar todos os métodos (funções) declarados na interface, ou o código não irá compilar. Como os métodos são implementados, entretanto, não é importante, podendo até haver um corpo vazio de método.

A apostila da Caelum sobre Orientação a Objeto traz um exemplo simples sobre esse tipo de interação que ajuda a entender o conceito; no exemplo, uma interface chamada Conta é criada, e quatro métodos são declarados (cada um com seu retorno específico)

public interface Conta {
  public double getSaldo();
  public void deposita(double valor);
  public void saca(double valor);
  public void atualiza(double taxaSelic);
}

Após, podemos criar uma classe ContaCorrente que irá implementar a interface Conta, garantindo assim que ela possuirá todos os métodos básicos de uma Conta, independente de sua especialidade.

class ContaCorrente implements Conta {

  // outros atributos e métodos

  public double getSaldo() {...}
  public void deposita(double valor) {...}
  public void saca(double valor) {...}
  public void atualiza(double taxaSelic) {...}
}


class ContaPoupanca implements Conta {

  // outros atributos e métodos

  public double getSaldo() {...}
  public void deposita(double valor) {...}
  public void saca(double valor) {...}
  public void atualiza(double taxaSelic) {...}
}

O interessante de Interfaces é que você pode criar contratos com múltiplas interfaces, indicando assim que sua classe deverá realizar funcionalidades atreladas a conceitos distintos. Por exemplo, um classe Cachorro pode implementar as interfaces Animal, Bipede e Mamifero. Isso é a forma que algumas linguagens de programação utilizam para implementar Herança Múltipla.

É importante citar, entretanto, que cada classe que implementar a interface deve declarar sua própria implementação dos métodos.


Classes Abstratas


Em resumo, funcionam como blueprints, quer dizer, modelos de funcionamento de uma classe. Classes Abstratas são um dos conceitos bases da Herança. Classes Abstratas não podem ser inicializadas por si só, devendo sempre haver uma classe concreta que herde da classe abstrata. Classes abstratas possibilitam a declaração de variáveis e métodos padrões para todas as classes que herdarem da mesma. Dessa forma, tomando o exemplo das contas bancárias citadas acima, poderia declarar dados padrões para todas as contas (variáveis) e implementações padrões dos métodos declarados:

Nota: para facilitar o exemplo, estarei usando double para declarar valores, mas você não deve usar double ou float para valores que necessitam de grandes precisões porque cálculos subsequentes com a variável diminuem a precisão da mesma podem modificar seu valor ao longo do caminho, a não ser que utilize métodos para normalizar os valores e reduzir essa varição.

public abstract class Conta {
  private double saldo;
  private String nome;
  private String sobrenome;
  private int idade;

  public double getSaldo() {return this.saldo;}
  public String getNome() {return this.nome;}
  public String getSobrenome() {return this.sobrenome;}
  public int getIdade() {return this.idade;}
  public void deposita(double valor) {this.saldo += valor;}
  public void saca(double valor) {
    if (saldo > valor) 
      saldo -= valor;
    else System.out.println("Não é possível sacar esse valor");
  }
  public void atualiza(double taxaSelic) {}
} 

Se quando implementando uma interface a classe é obrigada a criar sua própria implementação dos métodos declarados, quando herdando de uma classe abstrata, os métodos declarados na classe abstrata já são prontamente utilizáveis pela classe que a herdou. A classe concreta assume um papel de filha, que pode utilizar tudo aquilo que foi declarado em seu pai.

Imagine que seu pai tem um carro. O carro não é seu, mas você, como filho, pode utilizar o carro para sair ocasionalmente.

public class ContaPoupanca extends Conta {

  public ContaPoupanca (double saldo, String nome, String sobrenome, int idade) {
    this.saldo = saldo;
    this.nome = nome;
    this.sobrenome = sobrenome;
    this.idade = idade;
  }
  public void atualiza(double taxaSelic) {
    this.saldo *= 1 + taxaSelic;
  }
}

Diferente de Interfaces, uma classe pode herdar diretamente somente de uma outra classe. Não há como uma classe Cachorro herdar diretamente de Animal, Bipede e Mamífero, já que cada uma dessas classes podem possuir declarações de métodos com assinaturas idênticas, mas implementações diferentes, o que causaria conflitos durante a compilação do programa.

-1

Boa noite, amigo.

Isso foge um pouco dos conceitos de POO, pois uma interface tem que ser uma "classe puramente abstrata", no máximo conter assinaturas de métodos á serem implementados de acordo com a necessidade da classe que extendê-las.

Atualmente temos o conceito de "Default Methods", onde uma interface pode ter métodos concretos, ou seja, já em sua forma usual, em algumas linguagens os atributos podem até ser declarados, mas essa não é uma prática recomendável recomendável.

  • 1
    Dá uma lida de novo na pergunta. – Maniero 7/12/17 às 1:10
  • Entendi agora eu não encontrava na internet nenhum exemplo de interface com atributos apenas métodos, obrigada pela resposta. – sol25lua 7/12/17 às 1:15
  • 1
    Procura por default method em PHP – Maniero 7/12/17 às 1:56
  • 1
    Putz, @Maniero. Vi aqui que PHP não da suporte a Default Methods... Obrigado pela informação. Realmente foi falta de atenção minha, pois realmente não li direito a pergunta (respondi como se fosse única e exclusivamente sobre POO)! – flaubert165 7/12/17 às 11:54
  • 1
    Mesmo que fosse genericamente OOP default method basicamente só existe em Java. E algumas pessoas consideram até violação do OOP. – Maniero 7/12/17 às 11:57

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.