4

Estou tentando complementar minha resposta a uma pergunta sobre interseções de circunferências. Nessa resposta, em dado momento, eu obtenho uma equação da reta na através dos coeficientes a,b,c:

r: a*x + b*y + c = 0

Gostaria de representar essa reta na tela usando tartaruga (turtle), de preferência usando apenas geometria de tartaruga:

  • baixar/subir a caneta
  • virar-se para esquerda/direita R graus
  • andar S passos para frente

No caso, minha tartaruga começa da origem, virada para o sentido positivo do eixo X (virada para eixo X+).

É adequado também retornar ao local de origem da tartaruga após um procedimento de desenho. Após desenhar algo, ficar em uma posição aleatória não me é positivo.

O que tenho

Dependendo da inclinação da reta, eu tenho uma estratégia diferente de como desenhá-la.

Reta horizontal

Representando a reta apenas por (a,b,c), se a == 0, então temos uma reta horizontal, com y = -c/b.

Desse modo, preciso fazer o seguinte:

subir caneta
virar 90° para a esquerda     # fico virado para o eixo Y+
andar -c/b
virar 90° para a direita      # volto a ficar voltado para o eixo X+
baixar caneta
desenha a reta                # voltando ao ponto de partida da reta
subir caneta
virar 90° para a direita      # fico virado para o eixo Y-
andar -c/b                    # retorna para a origem
virar 90° para a esquerda     # volto a ficar voltado para o eixo X+

Em Python, sendo t a tartaruga:

t.penup()
t.left(90)           # fico virado para o eixo Y+
t.forward(-c/b)
t.right(90)          # volto a ficar voltado para o eixo X+
t.pendown()
# desenha a reta e volta a esse mesmo ponto
t.penup()
t.right(90)          # fico virado para o eixo Y-
t.forward(-c/b)      # retorna para a origem
t.left(90)           # volto a ficar voltado para o eixo X+

Reta vertical

Representando a reta apenas por (a,b,c), se b == 0, então temos uma reta vertical, com x = -c/a.

Desse modo, preciso fazer o seguinte:

subir caneta
andar -c/a
virar 90° para a esquerda     # volto a ficar voltado para o eixo Y+
baixar caneta
desenha a reta                # voltando ao ponto de partida da reta
subir caneta
virar 90° para a esquerda     # fico virado para o eixo X-
andar -c/a                    # retorna para a origem
virar 180° para a direita     # volto a ficar voltado para o eixo X+

Em Python, sendo t a tartaruga:

t.penup()
t.forward(-c/a)
t.left(90)           # volto a ficar voltado para o eixo Y+
t.pendown()
# desenha a reta e volta a esse mesmo ponto
t.penup()
t.left(90)           # fico virado para o eixo X-
t.forward(-c/a)      # retorna para a origem
t.right(180)         # volto a ficar voltado para o eixo X+

Reta com inclinação

Representando a reta apenas por (a,b,c), se a != 0 e b != 0, então temos uma reta inclinada que varia tanto no eixo X quanto no eixo Y.

Eu sei que ela intercepta o eixo X quando y = 0, logo esse ponto é (-c/a,0). Em seguida, devo determinar a direção da reta.

Quando a equação da reta está no formato y = m*x + k, então m vale a tangente do ângulo que a reta faz com o eixo X. Esse ângulo é a rotação do quanto no sentido anti-horário é necessário girar para que apontar na direção da reta. Então eu posso obter o ângulo em radianos via math.atan(m). Como m = -a/b, então eu obtenho o ângulo via math.atan(-a/b).

Eu também posso calcular o ângulo sem fazer essa divisão explícita através do math.atan2. Quando x varia b unidades, então y precisa variar -a unidades:

; seja (x0,y0) o ponto inicial da reta e (x1,y1) o ponto da reta obtida deslocando x0 em b unidades
a*x0 + b*y0 + c = 0
a*x1 + b*y1 + c = 0

x1 = x0 + b
; portanto:

a*(x0 + b) + b*y1 + c = 0
a*x0 + a*b + b*y1 + c = 0
a*x0 + a*b + b*y1 + c = a*x0 + b*y0 + c
a*b + b*y1 = b*y0
b*y1 = b*y0 - a*b = b*(y0 - a)
; como b != 0, pois a reta está inclinada:
y1 = y0 - a

; portanto, a inclinação é
(b, -a)

Como demonstrado, a direção da reta aponta para (b, -a), chamar math.atan2(-a, b) retornaria o ângulo adequado para apontar nessa direção.

Após achar o ângulo em radianos, só transformar em graus e usar na tartaruga.

Em Python, abstraindo radians2degree que transforma radianos em graus, ficaria assim para desenhar a reta:

inclinacao = radians2degrees(math.atan2(-a, b))
t.penup()
t.forward(-c/a)      # vai ao ponto em que a reta corte o eixo X
t.left(inclinacao)   # inclina na direção da reta
t.pendown()
# desenha a reta e volta a esse mesmo ponto
t.penup()
t.right(inclinacao)  # fico virado para o eixo X+
t.left(180)          # viro para o eixo X-
t.forward(-c/a)      # retorna para a origem
t.right(180)         # volto a ficar voltado para o eixo X+

Ponto específico de dificuldade

Estando em qualquer lugar da tela, eu consigo desenhar um segmento de tamanho arbitrário. É possível pegar as dimensões da tela em passos de tartaruga através das chamadas t.window_height() e t.window_length(). Eu sei que eu consigo desenhar ocupando a tela (com excedente) desenhando (h**2 + w**2)**0.5 para frente, virando 180°, andando 2 vezes essa distância, depois virando 180° de novo e andando essa distância novamente para voltar à origem do desenho (é necessário rodar 180° para voltar à orientação original). Porém, esse método de desenho inclui um "desperdício" de desenho fora da tela.

A distância (h**2 + w**2)**0.5 é a maior possível entre dois pontos de uma janela retangular: a distância entre o ponto inferior-esquerdo e o superior-direito.

Atualmente, com uma constante de 50 para frente e para trás, eu desenho um pequeno segmento, não a reta inteira:

desenho automatizado da reta obtida a partir da "subtração" da equação de duas circunferências

No caso, eu estava propositadamente testando para obter a equação da reta a partir de circunferências cujos centros tem sempre y = 0, por isso as retas são todas verticais.

  • 1
    E qual é a dúvida? :D – Anderson Carlos Woss 6/12/17 às 12:02
  • @AndersonCarlosWoss desenhar com a tartaruga algo que seja "visualmente" uma reta na tela. Quando digo "visualmente uma reta" é indicando que, na área visual, o segmento desenhado vai até as bordas. Queria desenhar sem exceder até as bordas, excedendo no máximo apenas erro de arredondamento – Jefferson Quesado 6/12/17 às 12:25

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.