2

Meu professor da faculdade passou a seguinte classificação dos padrões de projeto:

  • Criacionais: Abstract Factory; Builder; Factory Method; Prototype e Singleton.
  • Comportamentais: Bridge; Command; FlyWeigth; Iterator; Observer; State; Strategy e Template Method.
  • Estruturais: Adapter; Chair of Responsability; Composite; Decorator; Facade; Interpreter; Mediator; Memento; Proxy e Visitor.

Na internet encontrei o seguinte sobre os padrões GoF:

  • De criação: Abstract Factory; Builder; Factory Method; Prototype e Singleton.
  • Comportamentais: Chain of Responsibility; Command; Interpreter; Iterator; Mediator; Memento; Observer; State; Strategy; Template Method e Visitor.
  • Estruturais: Adapter; Bridge; Composite; Decorator; Façade; Flyweight e Proxy.

Qual é o correto? Se você observar, alguns padrões que o professor passou estão em uma classificação, e na internet estão em outra. Minha dúvida é saber quais dos dois está correto.

  • Pode sanar sua dúvida (que eu não entendi qual é): pt.stackoverflow.com/q/96452/64969 – Jefferson Quesado 29/11/17 às 3:26
  • Se você observar, alguns padrões que o professor passou estão em uma classificação, e na internet estão em outra, minha dúvida é saber quais dos dois está correto – Victor Antonio 29/11/17 às 3:28
  • Os dois podem estar certos. Eu creio que ambos estejam certos, inclusive. (Vou aqui comentar apenas acerca do formato da pergunta, comentar sobre a sua dúvida vai exigir outro comentário pois já estou esgotando o limite de caracteres). Eu só pude observar que você pôs o achado da internet em contraponto devido ao seu comentário, tente editar sua pergunta para deixar ele melhor estruturada. Sobre uma boa formatação de pergunta, minha dica é: use texto plano; letras, pontuação, hífen, dígitos quando está falando de números, aspas, $ para falar em quantidades... – Jefferson Quesado 29/11/17 às 3:35
  • É o seguinte, eu sou novo em design patterns e eu estava vendo o Visitor, nos slides do professor dizia que era estrutural e na internet diz que ele é comportamental, isso está embaralhando minha mente – Victor Antonio 29/11/17 às 3:38
  • 1
    Os exemplos do seu professor tinham alguns erros de digitação, tal como "FlyWeigth" ao invés de "Flyweight" e também "Chair of Responsability" ao invés de "Chain of Responsibility". Deixei eles da forma como estavam, mas não falei disso na resposta porque não é esse o propósito da pergunta. – Victor Stafusa 29/11/17 às 6:00
4

Os padrões em que há divergência quanto a classificação na sua pergunta são o Bridge, o Chain of responsibility, o Flyweight, o Interpreter, o Mediator, o Memento e o Visitor.

Vamos começar com os mais fáceis:

  • O Chain of responsibility tem a finalidade de encapsular sequências de comportamentos. Esse padrão permite pendurar esses comportamentos uns nos outros e ainda assim manter eles isolados uns dos outros, tal como os elos de uma corrente. Como o foco é encapsular comportamentos, esse é um padrão comportamental.

  • A ideia do Flyweight é reutilizar e compartilhar estados das classes para reduzir consumo de memória e de processamento. Ou seja, trata-se de uma otimização que não deveria ter impacto no comportamento dos objetos. Logo, esse é um padrão estrutural.

  • O objetivo do Interpreter é definir como uma expressão pode ser interpretada. Ou seja, definir qual é o comportamento de uma expressão. Logo, esse é um padrão comportamental.

  • O Memento é um padrão que visa prover a objetos o comportamento de salvar e restaurar uma cópia salva sem violar o encapsulamento. Como o foco é prover um comportamento a um objeto, esse é um padrão comportamental.

  • O Visitor é um padrão que tem como objetivo prover um tipo de polimorfismo denominado de double dispatch, onde o comportamento a ser realizado depende não apenas da instância sobre a qual um método é chamado, mas também do tipo do parâmetro utilizado na chamada. Como o foco aqui é o comportamento polimórfico desejado, este é um padrão comportamental.

Agora os mais difíceis:

  • O Bridge tem como finalidade prover dois ou mais níveis de flexibilidade de implementação em uma hierarquia de classes. Vou tomar como exemplo essa resposta do SOen, mas dar uma mudadinha no exemplo para torná-lo um pouco mais real:

    Imagine que você esteja modelando formas geométricas que podem ter texturas. Com isso, você pode ter uma interface para uma forma geométrica com uma implementação de círculos, uma de retângulo e uma de triângulo. Entretanto, criar uma implementação de triângulo listrado, uma de triângulo com gradiente, uma de triângulo de uma cor só, uma de retângulo listrado, uma de retângulo com gradiente, etc. seria um exagero. A solução é você definir uma interface para a textura e dizer que uma forma geométrica tem uma textura.

    O problema a ser resolvido é o de prover múltiplas hierarquias de comportamentos distintos a uma classe, mas o problema que esse padrão busca resolver não é o de como dar esses comportamentos à classe e sim como organizar isso tudo. Por este motivo, esse é um padrão estrutural.

  • O Mediator tem como finalidade encapsular o comportamento de dois objetos que não deveriam se conhecer diretamente (o que é uma questão estrutural). O motivo dele ser considerado comportamental é porque a ideia dele é encapsular comportamentos.

Ou seja, a classificação que você achou na internet é a que está correta.

  • Ou seja, as duas referências tem seus erros? – Jefferson Quesado 29/11/17 às 5:49
  • @JeffersonQuesado Não. O que ele achou na internet está correto. – Victor Stafusa 29/11/17 às 5:50
  • Estranho, então eu li uma coisa diferente do que estava de fato no texto, vou tentar ler com atenção redobrada – Jefferson Quesado 29/11/17 às 5:52
  • 1
    @JeffersonQuesado Editei a pergunta para ter certeza do que estava lendo, pois os padrões foram apresentados em ordens diferentes e isso me confundiu um pouco, de forma a atrasar o desenvolvimento da minha resposta em uns minutos. Mesmo assim, ainda vou reler mais uma vez para ter certeza que não houve nenhuma confusão. – Victor Stafusa 29/11/17 às 5:53
  • a confusão foi minha mesmo. A edição ficou ótima. Revisei ela e está em acordo com o estado anterior da publicação. E eu creio que o estado anterior (minha edição) estava coerente com a original. – Jefferson Quesado 29/11/17 às 5:57

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.