0

Olá, eu estou com diversos arquivos CSV, nos quais foram armazenados em algumas colunas valores monetários em real ex: "R$ 1.986,00". Contudo, pretendo passar todos os CSV para o SQLite e, em seguida, analisar os dados no Power BI. Sendo assim, em vez de exportar os dados do CSV para o SQLite no tipo caracter, gostaria de exportá-los como tipo double (acho que essa seria a opção apropriada, creio eu), com vista a facilitar o processo de tratamento de dados no Power BI.

Nesse contexto, gostaria de saber se há alguma função ou pacote no R que é possível transformar dados de um data.frame (importado de um CSV) que estejam no formato monetário em real ("R$ 1.986,69") para tipo double ("1986.69")?

Segue o exemplo das colunas que estão armazenados no CSV. No caso concreto, serão cerca de 27 mil arquivos CSV, com estimativa de 20 milhões de linhas que serão consolidados no SQLite.

inserir a descrição da imagem aqui

Desde já, obrigado pelo apoio.


Depois da ajuda de @Rui Barradas, fiz um complementação na expressão regular para pegar diversas situações. Ficou assim, a título de exemplo:

inserir a descrição da imagem aqui

3

Tente aplicar a função convertea cada uma das colunas com os valores problemáticos.

converte <- function(x) as.numeric(sub(",", "\\.", gsub("R\\$|\\.", "", x)))

x <- "R$ 5.500,00"
converte(x)
#[1] 5500

Como as funções sub e gsub são vetorizadas, converte também o é e processa colunas inteiras.

  • No caso, tento por base a imagem que postei, eu só precisaria, então, escrever as seguintes etapas para que os dados do dataframe fossem alterados?: csv$salario_base <- sub(",", "\\.", gsub("R\\$|\\.", "", csv$salario_base)) csv$salaraio_vantagens <- sub(",", "\\.", gsub("R\\$|\\.", "", csv$salaraio_vantagens)) csv$salario_gratificacao <- sub(",", "\\.", gsub("R\\$|\\.", "", csv$salario_gratificacao)) – George Santiago 28/11/17 às 23:57
  • Muito obrigado, @Rui Barradas. Ajudou muito. – George Santiago 29/11/17 às 1:57
  • @GeorgeSantiago Em resposta ao primeiro comentário, sim bastaria escrever isso mas a função converte é mais conveniente, evita escrever o mesmo código várias vezes. Quanto ao segundo comentário, de nada, é para isso que aqui estamos. – Rui Barradas 29/11/17 às 19:03

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.