3

Qual o motivo de usar o is na frente da variável. Exemplo de código fonte. Sei que tem algo a ver com o set.

class Rectangle( val height: Int, val width:Int)
{
    val IsSquare: Boolean

    get(){
        return height == width
    }
}
  • A resposta resolveu sua dúvida? Acha que pode aceitá-la? Veja o tour se não souber como faz. Isso ajudaria muito indicar que a solução foi útil para você. Também pode votar em qualquer pergunta ou resposta que achar útil no site todo. – Maniero 3/12/17 às 20:18
7

Isto nada tem a ver com Kotlin ou outra linguagem, é só uma convenção que se costuma usar para indicar que a variável é booleana, é para dar legibilidade mostrando a semântica dela.

Tão pouco tem a ver com set, embora possa ser usado nele.

Alguns consideram uma forma disfarçada de notação húngara, outros consideram que não porque mostra o significado real da variável. Se tirar esse prefixo não dá para saber o que é, se colocar outra coisa pode ficar maior e ainda não ser adequado.

Claro que o is é só um exemplo que diz se algo é ou está em determinado estado. O has também é muito usado para indicar se tem algo. Mas pode usar várias outras formas para prefixar um substantivo e adjetivar seu significado, como can para indicar se tem aquela capacidade, só para citar mais um exemplo.

Tem quem use em português, o que pode ser melhor por indicar se é um estado "transitório" (está) ou "permanente" (é).

Falo mais sobre isto em outra resposta.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies