2

Gostaria de sanar algumas dúvidas sobre Angular JS x ASP.NET MVC.

Criei uma aplicação ASP.NET MVC Vazia que irá trabalhar com WEB API, configurei todas minhas rotas com o AngularJS, criei uma página html e seus controllers, tudo com angularJS, minha dúvida é o seguinte, esses roteamento entre páginas é mandado alguma requisição para o servidor ? caso a página tenha algo para ser carregado como uma lista de registro via método $http.get a requisição é feita via ajax, ou seja a página não é carregada?

Fiquei nessa dúvida, pois no ASP.NET MVC todas chamadas de controllers é chamado uma requisição no servidor, pois o razor tem que construir as views e depois apresentar para o usuário certo?

Alguém entendido do assunto poderia descrever mais sobre quais as vantagens de usar o roteamento pelo angularJS e pelo ASP.NET MVC ?

4

Antes de qualquer coisa, uma breve explicação sobre as duas tecnologias:

Sobre o AngularJS

Ele é um framework para escrever aplicações client-side. Onde você desenvolve em JavaScript e tudo que for desenvolvido ali irá rodar do lado do cliente (no browser).

Na maior parte do tempo, só é feito o envio/recebimento de dados e, por isso, se usa alguma outra tecnologia server-side (como uma aplicação C# com ASP.NET, uma aplicação Ruby, ou qualquer outra).

Exemplificando, as requisições são feitas para o servidor e o mesmo responde com dados apenas (seja em JSON, XML, texto puro ou qualquer outro tipo disponível). Estes dados devem ser tratados do lado cliente.

É claro que nada te impede de fazer com que o servidor retorne um HTML ou algo similar, tenha em mente que o que eu digo é como normalmente se trabalha, não existem regras que realmente restrinjam isto.

Sobre o ASP.NET MVC

É um framework web para se trabalhar do lado servidor, receber, tratar e responder requisições.

Na maior parte das vezes as requisições são feitas para o servidor e o mesmo responde com uma página já montada, isto é, todo o tratamento dos dados são feitos do lado do servidor e enviados para o cliente.

Claro que pode existir tratamento de dados do lado do cliente, usando JavaScript, mas aí é outra história.

Agora, vamos às suas perguntas:

Esses roteamento entre páginas é mandado alguma requisição para o servidor?

Não. A ideia é justamente que não se faça (quase) nenhum contato com o servidor ao trocar a troca (o estado) da aplicação.

Caso a página tenha algo para ser carregado como uma lista de registro via método $http.get a requisição é feita via Ajax, ou seja a página não é carregada?

Exatamente. Este é o propósito das requisições assíncronas.

Fiquei nessa dúvida, pois no ASP.NET MVC todas chamadas de controllers é chamado uma requisição no servidor, pois o razor tem que construir as views e depois apresentar para o usuário certo?

Obviamente. O ASP.NET é um framework web para o servidor.

Basicamente, pense no seguinte fluxo.

  • O browser solicita uma página

  • O servidor recebe a solicitação e envia para a aplicação ASP.NET MVC

  • A aplicação faz o tratamento da requisição, delega a execução para um controller que, por sua vez, entrega a execução nas mãos do Razor que vai executar todo o código da view e entregar um HTML bonitinho pro browser interpretar

  • O browser recebe a resposta e mostra o HTML para o usuário

  • Isso se repete quantas vezes for necessário

Alguém entendido do assunto poderia descrever mais sobre quais as vantagens de usar o roteamento pelo angularJS e pelo ASP.NET MVC?

Não sou entendido do assunto, mas posso te dizer que não existe vantagem de se usar sobre o outro. Cada um deles serve a um propósito específico e eles são completamente diferentes.

Se a aplicação é uma SPA que só precisa consultar dados no servidor (pelo menos na maior parte do tempo), provavelmente vai ser preciso usar o sistema de rotas do AngularJS. Se é uma aplicação normal, onde a maioria das requisições para o servidor retornarão uma página completa, bem provável é preferível usar o roteamento padrão.


Leitura Indicada:

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.