1

Aqui vai um exemplo.

dicio = {'pizza': {'massa', 'ketchup'}, 'feijoada': {'feijão', 'linguiça'}}

user_input = 'feijão', 'linguiça' #Input

Como verificar se esse input está nos valores dessa lista e se estiver como posso a partir disso pegar o nome da chave que tem esse valores e printar pro usuário ?

3

Normalmente, isso que você está fazendo é o contrário de um mapeamento tradicional.

Agora, você pode transformar o seu multimapa em outro multimapa, dessa vez com chaves/valores invertidos. Aqui eu descrevo um pouco melhor um multimapa, então não vou voltar muito aos formalismos dessa definição.

reverse_multimapa = {}
for chave_original, valores in dicio.items():
    for valor in valores:
        try:
            # se chave existir, tudo funciona corretamente
            reverse_multimapa[valor].append(chave_original)
        except KeyError:
            # se chave não existir, vai cair aqui
            reverse_multimapa[valor] = [chave_original]

Então, a busca reversa seria apenas passar o valor desejado para o reverse_multimapa e obter seus valores. Note que, nesse caso, estou prevendo que o caso em que 'pizza' e 'sanduíche' tenham como um dos valores associados 'ketchup'.

Neste caso:

print(reverse_multimapa['ketchup'])

Retornaria:

['pizza', 'sanduíche']

Uma alternativa usando dicionários puros do Python é usar o método setdefault no resgate. Isso evita o tratamento da exceção (ou o tratamento do None, caso seja usado o método get). Dica cortesia do @jsbueno em seu comentário.

reverse_multimapa = {}
for chave_original, valores in dicio.items():
    for valor in valores:
        reverse_multimapa.setdefault(valor, []).append(chave_original)

Como indicado pelo @AndersonCarlosWoss em seu comentário, o que eu fiz ali com o try-except já foi realizado no Python de maneira muito eficiente e idiomática. Poderia ter usado o collections.defaultdict.

Por coincidência, o exemplo fornecido pela própria documentação é para criar multimapas.

Aproveitando, deixo aqui um aviso sobre o uso dessa estratégia aqui perante a estratégia anterior, documentada dentro do exemplo de uso do collections.defaultdict, que trata especificamente de criar lista caso o elemento não exista no dicionário e, caso exista, adicionar a ela:

This technique is simpler and faster than an equivalent technique using dict.setdefault()

Em tradução livre:

Essa técnica é mais simples e mais veloz do que a técnica equivalente usando dict.setdefault()

Usando o collections.defaultdict, ficaria assim a construção de reverse_multimapa:

reverse_multimapa = collections.defaultdict(list)
for chave_original, valores in dicio.items():
    for valor in valores:
        reverse_multimapa[valor].append(chave_original)

O uso de reverse_multimapa continua sendo idêntico, apenas sua criação está mais facilitada e legível.

  • 1
    Uma alternativa ao bloco try/except é utilizar o collections.defaultdict. – Anderson Carlos Woss 11/11/17 às 20:26
  • 1
    Hoje em dia é dificil eu usar o defaultdict dicionários padrão tem o método setdefault` que daz a mesma coisa: reverse_multimapa.setdefault(valor, []).append(chave_original) – jsbueno 11/11/17 às 20:59
  • 1
    @jsbueno isso que dá conhecer o mínimo da linguagem o possível para escrever algoritmos. Obrigado pela dica, parece até mesmo mais elegante do que o defaultdict. A minha sensação é que em Python realmente é tudo com import antigravity, basta apenas se lembrar o que se deseja – Jefferson Quesado 11/11/17 às 21:03
  • 1
    o que eu ahco legal em Python é justamente isso - com o mínimo da linguagem fdá pra escrever qualquer algoritmo. As facilidades e boas práticas, se adiquire com o tempo e fazendo - e interagir por aqui é estar "fazendo". – jsbueno 11/11/17 às 21:04
  • 1
    Ja que vocês estão aí, deem uma olhada no "extradict' - é um módulo meio de brinquedo, meio sério, onde coloco uns dicionários experimentais. Um deles é um dicionário que torna o retorno "valor, chave" automático (extradict.BijectiveDict) – jsbueno 11/11/17 às 21:07
0

Um exemplo bem básico:

dicio = {'pizza': {'massa', 'ketchup'}, 'feijoada': {'feijão', 'linguiça'}}

def search(term):
    for k, v in dicio.items():
        if term in v:
            return k

    return None

print(search('massa'))
print(search('linguiça'))

Você só precisa adaptar o código pra pegar o input do usuário e efetuar a busca.

  • Eu recomendária usar Python 3 por padrão para responder dúvidas de Python. Python 2 já é menos usado, e para iniciantes faz menos sentido ainda dar dicas de python 2, já que eles deveriam mesmo estar aprendedendo a versão mais nova. – jsbueno 11/11/17 às 21:01
  • Entendido @jsbueno! – Tom Melo 11/11/17 às 21:12

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.