15

O que é e como funciona o Basic Auth?

Em que cenários ele deve ser utilizado?

É seguro utilizá-lo atualmente, visto que já temos OAuth e OAuth2, entre outras formas de autenticação mais modernas?

11
+50

O que é?

O Basic Authentication é o sistema de autenticação mais comum do protocolo HTTP. Ele é incluído no header da requisição HTTP dessa maneira:

Authorization: Basic {credenciais em base 64 no formato usuário:senha}

Lembre que o Base 64 é um esquema de codificação e não criptografia. Assim sendo, você DEVE utilizá-lo somente com uma conexão HTTPS (TLS). O uso do Base 64 se deve ao padrão MIME.

Workflow

O esquema de autenticação funciona assim: o servidor responde ao cliente o código HTTP 401 (Unauthorized) e com um cabeçalho WWW-Authenticate, que dá informações de como se autenticar. O cliente manda o request com o header de autenticação, mostrado acima. Se as credenciais estiverem corretas, receberá uma resposta diferente de 403 (Forbidden).

Segurança

O Basic Auth no HTTPS (TLS) é bom, mas não é 100% seguro. Seu uso dependerá do nível de risco dos dados que estiverem transitando. Perceba que a cada requisição você estará enviando as credenciais. A autenticação pode ser permanentemente armazenada no navegador, se requerido pelo usuário (bem difícil acontecer quando se trata de RESTful APIs).

Existem várias ações a serem tomadas para aumentar a segurança do seu serviço. Não vou me alongar, porém destacar um ponto: gere chaves de API que não sejam quebradas facilmente. Dê uma olhada nos UUIDs.

Quando utilizar?

Só você pode analisar isso. Qual é o nível de sigilo dos dados em trânsito via HTTP? Se for alto, talvez valha a pena investir em outro esquema de autenticação.

Uma grande vantagem do Basic Auth é a simplicidade. Tanto para o cliente quanto para o servidor. Isso vai acelerar o desenvolvimento para os dois lados.

Utilizar esquemas de autenticação mais modernos, como OAuth e OAuth2 trazem suas vantagens, mas tem que se analisar a real necessidade.

  1. Está transportando dados sigilosos? Talvez a sua opção não seja nem o OAuth ou OAuth2. De quanta segurança você precisa?
  2. Um esquema simples e de rápida implementação resolve seu problema? O Basic Auth parece ser bom.
  3. Precisa de funcionalidades como autenticação por outros serviços? O OAuth traz isso e pode ser a opção.

Vou deixar alguns links que podem ajudar na escolha:

3

A autenticação básica, ou em inglês basic authentication é um esquema de autenticação simples incorporado no protocolo HTTP.

O cliente envia solicitações HTTP com o cabeçalho de autorização Authorization que contém a palavra Basic seguida de um espaço e um nome de usuário e senha em texto plano separados por dois pontos (:) utilizando base64.

Por exemplo, para autorizar como demonstração o usuário test com senha @55w0rd, o cliente enviaria na requisição:

  • Authorization: Basic dGVzdDpANTV3MHJk

Nota: Como base64 é facilmente decodificado, a autenticação básica só deve ser usada em conjunto com outros mecanismos de segurança, como HTTPS/TLS.

Em relação aos cenários de utilização, partindo de um ponto de vista mais pragmático, você deve utilizar Basic Authentication em aplicações pequenas onde você não precisa ter um controle de segurança tão efetivo, pois é bem mais simples de implementá-lo, porém o contrário vale para a utilização de OAuth e OAuth2.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.