6

Durante a troca de informações no handshake do TLS, o servidor envia uma chave pública junto com o certificado. O servidor envia também uma segunda chave pública (Server Key Exchange) caso o cliente aceite o certificado.

Se o servidor já enviou uma chave pública junto com o certificado, qual a necessidade de uma segunda chave pública?

1
  • 1
    Acredito que a chave pública é para realizar o DH, ou sobre ECDH ou usando X25519. Uma outra opção é poque o certificado contem outros certificados, como o intermediário, e o cliente pode apenas ter conhecimento da autoridade, não dos intermediários ou sub-CA.
    – Inkeliz
    13/11/17 às 11:10
1
+50

Como o @Inkeliz já falou, a questão é que o certificado enviado pelo servidor, na verdade, não é um certificado, mas uma corrente de certificados. O certificado propriamente dito não é assinado diretamente pela agência certificadora, mas por uma agência intermediária. Entretanto, o browser só conhece as agências certificadoras, sendo assim, é necessário criar um corrente de chaves públicas até atingir a assinatura da certificadora raíz.

Caso precise de mais detalhes, existe esse artigo da IBM, que explica de forma mais detalhada o processo de segurança do TSL.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.