1

A questão é essa:

Construa uma função que receba dois valores inteiros a e b, retorne (passagem por referência) o quociente, div, e o resto divisão, mod, de a por b. A função deve retornar -1 caso não seja possível realizar as operações e 0 caso seja possível. Um algoritmo para utilizar tal função deve ser criado, tratando o retorno da função.

Eu fiz o código assim, mas não tenho a mínima ideia do que estou fazendo:

#include <stdlib.h>
#include <stdio.h>
#include <math.h>

int div (int *a, int *b)
{
    int resultado, resto, aux;
    if (*b==0)
    {
        return -1;
    }
    else
    {
        resultado = (*a / *b);
        resto = (*a % *b);
        return 0;
    }
}
int main (void)
}

int a, b, *resto, *resultado, *aux;
printf ("Digite o valor do dividendo: ");
scanf ("%i", &a);
printf ("Digite o valor do divisor: ");
scanf("%i", &b);
div (&a, &b);
if (div == 0)
{
    printf ("O resultado da divisao eh: %i ", resultado);
    printf ("O resto da divisao eh: %i", resto);
}
else
{
    printf ("Nao eh possivel realizar uma divisao por 0");
}
return 0;
}
3
  • O seu código está um tanto quanto bagunçado. Talvez a IDE estivesse colocando ora tabulação, ora espaçamento. Se você puder ajeitar o código ficaria muito mais fácil de ler – Jefferson Quesado 3/11/17 às 21:37
  • foi mal, primeira vez usando isso, eu nem sei como editar o post, vou procurar aqui... – Jansen Costa 3/11/17 às 21:44
  • Faça o tour, lá boa parte de como você deve usar o site é explicado – Jefferson Quesado 3/11/17 às 21:45

1 Resposta 1

2

construa uma função que retorne 0 caso seja possível fazer a operação, -1 caso contrário

Aqui você fez bem, só não é possível fazer a divisão quando o denominador é 0.

Para fazer essa comparação, como o denominador é passado por referência, deve-se fazer *var para desreferenciar. No caso, estou considerando que b é sempre o denominador e a como numerador. Portanto, saber se é possível fazer a divisão é fazer a seguinte comparação:

*b == 0

deve retornar o quociente e o resto por referência

Aqui começa a bagunça ;-)

Eu, que gosto de trabalhar com memória a rodo e só otimizar quando encontra um gargalo, iria passar dois parâmetros adicionais. A assinatura da função ficaria assim:

int div(int *a, int *b, int *quociente, int *mod);

Pensando nesse esquema, a atribuição de quociente e mod seriam feitas assim:

int va = *a; // guarda o valor de a para ficar mais limpa a manipulação 
int vb = *b; // idem para b

*quociente = va/vb;
*mod = va%vb;

Mas como eu creio que a intenção seria retornar sobre a e b o resultado dessa operação, então não se poderia alterar a assinatura da função:

int div(int *a, int *b);

Para armazenar os valores da divisão e do módulo sem destruir os valores apontados por a e b, seria necessário guardar uma cópia desses valores. Ficaria assim para receber os valores via a e b e retornar também via a e b:

int va = *a; // guarda o valor de a para ficar mais limpa a manipulação 
int vb = *b; // idem para b

*a = va/vb;
*b = va%vb;

O resto do código me parece correto a primeira vista.

0

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.