1

Content-Type: application/x-javascript e Content-Type: application/javascript

marcada como duplicata por UzumakiArtanis, Sergio javascript 1/11/17 às 13:40

Esta pergunta foi feita antes e já tem uma resposta. Se essas respostas não abordarem completamente sua pergunta, faça uma nova pergunta.

  • 1
    Pode ser uma pergunta interessante, seria melhor se voce pudesse detalhar melhor a duvida e talvez porque essa diferenca pode ser uma duvida/problema pra voce. – Lucas Costa 1/11/17 às 13:39
  • Uelsson, alguma das resposta resolveu o que estava em dúvida? Precisa que algo mais seja melhorado? Acha que é possível aceitar alguma delas agora? Seu feedback é muito importante para a comunidade. Assim o conteúdo fica mais organizado e fácil de ser encontrado futuramente por outras pessoas com problemas parecidos. – UzumakiArtanis 1/11/17 às 18:49
3
  • text/javascript é obsoleto
  • application/x-javascript era experimental, e decidiram mudar oficialmente para o até então oficial application/javascript
  • application/javascript é o MIME Type oficial para JavaScript

Os navegadores muitas vezes ignoram o "tipo de conteúdo" enviado pelo servidor e prestam muita atenção ao atributo type (e alguns ainda não reconhecem application/javascript, como no caso das versões anteriores ao IE 8).

Na maioria das situações, o MIME Type que o servidor envia não faz diferença prática. Entretanto a RFC 4329 recomenda escolher application/javascript:

[...] The media types,

* application/javascript
* application/ecmascript

which are also defined in this document, are intended for common use and should be used instead.

Que em tradução livre seria:

[...] Os tipos de mídia,

* application/javascript
* application/ecmascript

que também são definidos nesse documento são destinados a uso comum e devem ser usados em vez disso.

Também temos uma pergunta respondida sobre isso no nosso Grande Irmão SO.

  • Storm, vale lembrar apesar de não ser mais tão utilizado, que application/javascript não é compativel para versões do IE anteriores a 8. – Caique Romero 1/11/17 às 13:44