4

Segue código:

using (var db = new Entities())
{
    var result = db.
        Tabela1
        .Where(x => x.Id == 1)
        .Select(x => new SuaClasse
        {
            Coluna1 = x.Coluna1,
        })
        .FirstOrDefault();

    if (result.Coluna1 != string.Empty)
    {
        result.Coluna2 = "Novo valor";
    }               

    var num = db.SaveChanges(); // aqui retorna 0
}

Classe:

public class SuaClasse 
{
    public string Coluna1 { get; set; }
    public string Coluna2 { get; set; }
}

Quero apenas selecionar uma coluna e depois atualizar valor da coluna2, acontece nada, só retorna 0. O que eu fiz de errado ?

1

O Entity Framework não alterar objetos anônimos, e sim só altera aquele que ele tem conhecimento e está contido em seu contexto. Nesse código por exemplo, acontece isso a criação de um tipo que o Entity não conhece.

Se precisa alterar campos individualmente, pode escrever o update e mandar o Entity Framework executar.

Exemplo:

using (var context = new BloggingContext()) 
{ 
    context.Database.ExecuteSqlCommand( 
        "UPDATE dbo.Blogs SET Name = 'Another Name' WHERE BlogId = 1"); 
}

também pode trazer informações, exemplo:

using (var context = new BloggingContext()) 
{ 
    var blogs = context.Blogs.SqlQuery("SELECT * FROM dbo.Blogs").ToList(); 
}

e a maneira que o Entity Framework faz é materializar todo o objeto (como já explicado, contido no seu contexto) e depois pode fazer alterações no campo e mandar salvar, no seu código algo assim:

using (var db = new Entities())
{
    var result = db.Tabela1.Where(x => x.Id == 1).FirstOrDefault();
    if (result != null)
    {
        result.Coluna2 = "Novo valor";
        var num = db.SaveChanges();
    }
}

Referencia:

  • 1
    Uma das vantagens de usar o Entity Framework não é evitar de ter de usar SQL? – ramaral 30/10/17 às 22:57
  • 1
    @ramaral você perguntou bem, evitar, mas, não quer dizer que não possa usar, e em desenvolvimento de sistemas não temos um regra plena pra tudo, esse maneira por exemplo talvez seja melhor do que materializar objetos e somente alterar um campo... Vai depender da ocasião, mas, não é regra que não possa ser utilizado tanto é que o próprio framework promove isso. – Virgilio Novic 30/10/17 às 23:00
  • 1
    @MatheusMiranda é recomendavel usar em momentos que precisa ser utilizados, não existe uma regra para não usar, mas, existe aonde é necessário usar, um exemplo de usar isso se você tiver que alterar um lote de informações aonde você precise setar um valor padrão para 1000 registros, as duas primeiras opções da resposta tem um desempenho melhor do que a 3 forma. No seu caso em especifico com a pesquisa deve retornar um item, ela é talvez nesse caso a melhor, porque a só altera um item da sua tabela, então dizer "Não é recomendavel" está errado, ele pode ser usado ou não depende dos casos ... – Virgilio Novic 31/10/17 às 14:08
  • 1
    @MatheusMiranda não é só funcionar, é utilizar da maneira e momento correto ... entendeu! As 3 opções são funcionais e corretas, cada uma no seu momento. A sua duvida da pergunta é antes por isso dos exemplos. – Virgilio Novic 31/10/17 às 14:08
  • 1
    @MatheusMiranda pode usar as primeira ou a terceira, como você vai alterar um vídeo por vez acredito que essas duas são satisfatória. Para não ter trabalho adicional, faça com a 3 opção, porque se fizer com a primeira você deve criar um SQLParameter e dizer o tipo para gravar. Agora se você entender que a recuperação é muito lenta e só quer alterar, pode usar a primeira. Faça o teste para ver se existe muita diferença no desempenho. – Virgilio Novic 31/10/17 às 14:20
7

Você não precisa fazer um select em um objeto anonimo ou de uma classe diferente para em seguida executar um update.

Basta executar o select, alterar o campo, e update em seguida.

using (var db = new Entities())
{
    var result = db.
        Tabela1
        .Where(x => x.Id == 1).FirstOrDefault();

    if (result.Coluna1 != string.Empty)
    {
        result.Coluna2 = "Novo valor";
    }               

    var num = db.SaveChanges(); // aqui retorna 0
}
  • @MatheusMiranda esse varbinary é imagem ? arquivo ? pelo que andei lendo, pra contornar esse problema você deveria colocar essa propriedade em outra entidade, mesmo que seja de relação 1:1. Aí é mais questão da sua necessidade... se é mais fácil fazer outra entidade ou utilizar a query. Vlw – Rovann Linhalis 30/10/17 às 23:17

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.