1

Eu preciso fazer uma sub-query de uma tabela para encontrar todos os empregados que trabalham em um mesmo departamento que faz parte de São Paulo, mas não estou conseguindo. Ou seja, preciso selecionar das três tabelas, departments, employees e locations para saber de quais locais os empregados trabalham. E eu preciso selecionar state_province da tabela locations enquanto selecionando o first_name, departments_id e job_id da tabela employees.

Eu tenho as seguintes tabelas :

Tabela departamento

DEPARTMENTS

department_id
department_name
location_id

Tabela locais

LOCATIONS

location_id
street_address
postal_code
city
state_province
country_id

Tabela empregados

EMPLOYEES

employee_id
first_name
last_name
email
phone_number
hire_date
job_id
department_id

Com o meu atual código ele não funciona, esta mais ou menos assim :

SELECT firt_name, department_id, job_id 
FROM locations 
WHERE state_province = (SELECT * 
                        FROM locations 
                        WHERE state_province = 'Sao Paulo');

Ele começa a dar erro na parte do WHERE já que state_province somente pertence á tabela LOCATIONS e não tem como eu acessar os atributos dela. Como eu posso fazer esta sub-query de forma correta ?

Sou novo nesta parte de select aninhado com outro select, então me desculpem os erros grotescos.

  • substitui o * da subquery por state_province, senão vc estaria igualando um campo com um registro inteiro, ja que locations tem mais que uma coluna – nunks 30/10/17 às 1:39
  • Obrigado, mas o problema agora é de que eu não consigo selecionar os atributos da tabela departamento, enquanto fazendo o aninhamento com o outro select. Eu precisaria mostrar o o nome do funcionário por exemplo, que está na tabela departamentos, enquanto selecionando state_province, da tabela locations. Como posso fazer isto ? – Monteiro 30/10/17 às 1:58
  • 1
    opa, desculpa pelo comentário atravessado no reflexo, é o sono e a pressa, eu deveria ter ficado quieto, haha =( estou escrevendo uma resposta – nunks 30/10/17 às 3:02
2

É sempre bom pensar duas vezes antes de utilizar uma subquery para resolver um problema de SQL, principalmente se for algo que manipula grandes volumes de dados ou que é executado muitas vezes, pois essas queries tem que ser guardadas na memória para comparação posterior, piorando a performance da aplicação.

No caso apresentado, considerando que um EMPLOYEE está relacionado a um DEPARTMENT e este a uma LOCATION, você precisa expressar esse relacionamento na sua query e acredito que não seja necessário utilizar subqueries. Há duas formas básicas de se fazer isso com uma só query, uma definindo cláusulas JOIN e outra utilizando testes na cláusula WHERE que provocam a criação de um INNER JOIN implícito.

Em ambos os casos todas as três tabelas devem estar envolvidas e os campos devem ser qualificados pelos nomes das tabelas a que pertencem, para evitar ambiguidade. É possível definir aliases para as tabelas, se necessário, para reduzir a quantidade de texto na query, mas manterei os nomes por extenso para maior claridade.


Usando a clásula WHERE:

SELECT 
  employees.first_name, 
  employees.department_id, 
  employees.job_id 
FROM 
  employees,
  locations,
  departments
WHERE 
  departments.location_id = locations.location_id and
  employees.department_id = departments.department_id and 
  locations.state_province = 'sao paulo';

Esse tipo de query, na minha opinião, apresenta menor "verbosidade" do que usando JOIN explícito, facilitando a leitura. O uso de WHERE para esse tipo de finalidade só se faz possível por se tratar de relacionamento simples, em que todas as tabelas possuem dados para cruzar, de forma que as igualdades expressadas resultam em um INNER JOIN implícito.


Usando INNER JOIN:

Como disse acima, prefiro o uso do WHERE nesses casos por achar mais interessante colocar todas as regras em um só lugar, mas acredito que o "mais correto" seja definir os relacionamentos entre tabelas no FROM, utilizando cláusulas JOIN. Além de ser o uso canônico do SQL, a principal vantagem é a possibilidade de expressar relacionamentos mais complexos.

Segue o mesmo relacionamento da query anterior, agora expressado com dois INNER JOIN. Tomei a liberdade de alterar os campos pedidos em SELECT e o filtro em WHERE para demonstrar que as colunas de todas as tabelas são acessíveis (note, isso é possível em qualquer dos dois métodos de join aqui expostos).

SELECT 
  employees.first_name, 
  employees.department_id, 
  employees.job_id ,
  departments.department_name,
  locations.street_address
FROM 
  employees inner join departments on employees.department_id = departments.department_id
            inner join locations on departments.location_id = locations.location_id 
WHERE 
  departments.department_name = 'ti';

A definição explícita de JOIN possibilita mais rápida compreensão visual dos relacionamentos estabelecidos pela query. Há também outros tipos de JOIN que dão mais controle sobre qual das tabelas tem precedência na recuperação dos dados, algo que não é de todo possível através do uso de WHERE.


Encadeando subqueries:

Se por algum motivo for necessário que o relacionamento entre as tabelas não seja expresso na cláusula FROM nem na WHERE conforme acima, ele pode ser reproduzido através de queries encadeadas (também chamadas de "queries derivadas") na cláusula SELECT.

Embora se obtenha, para todos os efeitos, um "desdobramento" do uso de WHERE demonstrado anteriormente, este método é um tanto limitado nos campos que se pode buscar, visto que apenas as colunas da query "de fora" serão retornadas:

select * from employees where department_id in (
  select department_id from departments where location_id = (
    select location_id from locations where state_province = 'sao paulo'
  )
);

Note que para que seja possível a comparação de um campo com uma query em cláusula WHERE, é necessário que essa query retorne também apenas um campo do mesmo tipo. Caso a subquery retorne mais de um registro e seja necessário buscar por todos, mude o operador do WHERE de = para in.


  • Olá amigo, muito obrigado pela resposta cheia de informações, mas no caso mesmo não sendo viável eu preciso utilizar sub-query. E no caso, eu preciso selecionar state_province da tabela locations enquanto selecionando o first_name, departments_id e job_id das tabela employees. – Monteiro 30/10/17 às 4:31
  • Inclusive o query acima, sem ser do JOIN, não me retorna nada mesmo sendo que há na tabela locations, um empregado de São Paulo. – Monteiro 30/10/17 às 16:04
  • 1
    @Monteiro por "precisar usar a subquery" você quer dizer que não pode alterar o from e o where da query principal? quanto a nao funcionar os dados de que preenchi no exemplo estão todos em caixa baixa, mas vi pela pergunta que sua base contém "Sao Paulo" capitalizado. Chegou a verificar isso? – nunks 30/10/17 às 18:11
  • 1
    @Monteiro o encadeamento de queries que incluí na resposta te ajuda? – nunks 31/10/17 às 1:55
  • 1
    @Monteiro ele não te retorna nada, como você comentou tambem no caso do uso de WHERE acima? Quando você falou que o JOIN funciona, testou tambem com o campo state_province = 'Sao Paulo'? Se não, tenta só para ver se também dá problema. Pode ser que o registro de Sao Paulo tenha algo que faça com que banco não o encontre, como por exemplo estar cercado de espaços. Um teste também seria usar o like, em vez de igualdade: where state_province like '%Sao Paulo%'... – nunks 31/10/17 às 14:14

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.