1

Gostaria de saber qual a diferença de uso dos pacotes em projetos Java para uso de pacotes em projetos Delphi/Lazarus?

No Java pelo que sei se trata de separar as classes em pastas as quais a existência da mesma dentro daquele contexto faça sentido. Mas no Delphi/Lazarus encontrei algumas opiniões mistas aonde em alguns lugares diziam que os pacotes seriam como módulos reutilizáveis além de alguns lugares nem mostrarem o uso dos mesmos, gostaria de saber a opinião de alguém que sabe dos 2 mundos.

0

Em Java seu conceito está correto.
Em Delphi o uso de pacotes ou Packages serve mais especificamente para modularizar um sistema. Porém a organização de classes pode ser feita nesses pacotes assim como é feita em Java. Lembrando sempre que é possível trabalhar com Orientação a objetos em Delphi assim como em Java. Infelizmente muitos Delphianos usam a ferramenta da maneira incorreta (apenas procedural), e isso acaba denegrindo a imagem do Delphi e de bons Delphianos.
Há vários benefícios em se usar packages no Delphi.
Podem ser consultados aqui.

  • Muito obrigado por responder, é que na aplicação a qual pretendo fazer tem cerca de 210 models e na minha cabeça que está vindo do Java não separar isso seria uma transgressão sem perdão kkkk – William.Andrade 26/10/17 às 17:16
1

Realmente, em Delphi, normalmente packages são criados para serem reutilizados. Packages são tratados como um framework.

Isso não significa que você não pode modularizar seu sistema utilizando packages se desejar. Mas se quiser separar classes e módulos, você não precisa criar um package. Pode fazer usando Unit Scope Names e Unit Namespaces.

Note que o funcionamento é um pouco diferente de outras linguagens.

  • Muito bom, sua reposta foi bem informativa obrigado, ou seja mesmo sem criar pacotes é possível ter unidades associadas a um contexto em comum, pior que mesmo entrando nessa linguagem agora acredito que poucas pessoas tenham este cuidado – William.Andrade 27/10/17 às 19:25
  • @William.Andrade Se pegar uma biblioteca como Spring4D verá que é muito utilizado. Tudo depende do contexto e do tamanho do projeto que está trabalhando. – EMBarbosa 27/10/17 às 20:40

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.