0

Possuo o seguinte vetor, que obtenho após consultar um banco de dados:

a = ['[[10, 20], 10]']

Quando tento acessar os seus valores através dos índices, não consigo.

Por exemplo, se digitar: print(a[0][0]). É Retornado '['

Já tentei fazer: b = ''.join(a) efetuar o print. Porém, essa situação continua.

Preciso que esse vetor seja convertido "realmente" em um vetor.

Por exemplo, caso eu queira consultar o valor [10, 20], eu faça print(a[0]). Se quiser consultar o 20, print(a[0][1])

Já tentei muitas soluções (com join, numpy e etc...). Alguém conseguiria me ajudar?

  • Mas o que você está recebendo do banco é uma string, não uma lista. O objeto a é uma lista com apenas um valor, do tipo string. – Woss 11/10/17 às 23:15
  • Sim. Você está correto! Existe alguma forma de arrumar essa situação. Pergunto, porque realmente não sei @AndersonCarlosWoss. – Danilo 11/10/17 às 23:17
  • Danilo, o que representa esses valores? Por quê eles estão armazenados assim na tabela? – Woss 11/10/17 às 23:24

2 Respostas 2

3

O que você está recebendo do banco de dados parece ser uma lista de apenas um valor string, então você não conseguirá acessar os valores como se fosse uma lista. O que você pode fazer, e funciona para este caso em específico, é converter sua string para uma lista através de uma análise JSON:

import json

a = ['[[10, 20], 10]']

lista = json.loads(a[0])

print(lista[0])    # [10, 20]
print(lista[0][1]) # 20

Mas se isso está vindo do banco de dados, há sérios indícios que suas tabelas estão mal estruturadas.

  • Muito Obrigado. @Anderson Carlos Woss! Vou revisar a tabela. Porém, a tabela é para uso pessoal, bem simples mesmo. Mas, agradeço o comentário. Caso fosse uma aplicação comercial, seria modificada com certeza! – Danilo 11/10/17 às 23:30
3

O retorno que você recebe do banco de dados é uma string que representa a sintaxe de uma lista Python, não um lista em si. Para usá-la como lista, você precisa que o Python interprete o trecho de código que ela representa, e para fazer isso existem algumas opções.


ast.literal_eval()

Considerando que a string contém código Python e se trata de uma estrutura literal (string, number, tuple, list, dict, boolean ou None), você pode utilizar a função ast.literal_eval(). A biblioteca ast possibilita a interpretação programática da sintaxe Python, de forma que a função em questão recebe uma string de estrutura literal e a retorna interpretada em tempo de execução:

>>> import ast
>>> retorno = '[[10, 20], 10]'
>>> a = ast.literal_eval(retorno)
>>> print(a[0][0])
10
>>> print(a[0][1])
20

(exemlo no repl.it: https://repl.it/M4fP/1)


json.loads()

Como o seu exemplo de string para parse também representa um array JSON, pode-se utilizar o parser de JSON do Python para interpretá-la com segurança, como mostrado pelo @anderson-carlos-woss na resposta aceita:

>>> import json
>>> retorno = '[[10, 20], 10]'
>>> a = json.loads(retorno)
>>> print(a[0][0])
10
>>> print(a[0][1])
20

(exemplo no repl.it: https://repl.it/M4fP/2)


yaml.safe_load

Parsers de outras linguages de serialização que utilizem representação de arrays igual à do JSON, como o YAML (na verdade JSON é um "subgrupo" do YAML), também podem lhe ser úteis. O YAML, particularmente, possui uma função safe_load():

>>> import yaml
>>> retorno = '[[10, 20], 10]'
>>> a = yaml.safe_load(retorno)
>>> print(a[0][0])
10
>>> print(a[0][1])
20

(exemplo no repl.it: https://repl.it/M4fP/3)

Mais sobre o YAML parser e entrada de dados segura em programas Python: Openstack: Avoid dangerous file parsing and object serialization libraries


eval() (alto risco de segurança)

A opção menos segura é o uso da função eval(). Ela recebe uma string de código Python e a executa:

>>> retorno = '[[10, 20], 10]'
>>> a = eval(retorno)
>>> print(a[0][0])
10
>>> print(a[0][1])
20

(exemplo no repl.it: https://repl.it/M4fP/0)

A falta de segurança se deve ao fato de a função eval() executar todo e quaquer código passado. Portanto, os resultados podem ser catastróficos se algum usuário malicioso for capaz de alterar os dados do seu banco para que a variável retorno contenha algum comando indesejado. Via de regra, não utilize eval() mesmo que você confie na string, pois nunca se sabe como ela pode ser interceptada por alguém.


Para mais informações acerca do perigo no uso de eval():

Stack Overflow: Eval é mocinho ou bandido?

Ned Batchelder: Eval really is dangerous

Kevin London: Dangerous Python Functions, Part 1

  • Por que o downvote? Falei alguma bobagem? O exemplo acima funciona no console Python. – nunks 11/10/17 às 23:21
  • 1
    (o downvote não é meu), mas deve ser por que "eval" não é uma coisa pra se usar light-hearted, sendo uma instrução com seríssimos problemas de segurança - além de problemas de performance. Se a string contém uma expressão em Python, o melhor é usar import ast; ast.liteteral_eval - que só converte valores literais: se alguém colocar strings com chamadas de função ou expressões em python no banco. elas não serão executadas. Outra opção, no caso, é usar o parser de JSON para a coluna - ainda mais tranquilo que o ast.literal_eval. – jsbueno 11/10/17 às 23:41
  • 1
    Por exemplo, se alguém colocar essa string aqui no seu banco de dados e tiver um eval: __import__("os").system("rm -rf /") - ja era. – jsbueno 11/10/17 às 23:42
  • 1
    (a minha preocupação não é você ter colocado o eval - tá todo mundo aqui pra aprender. A minha preocupação são justamente os upvotes para a sua resposta - mas mude para o ast.literal_eval, e acrescente algum link para os perigos do eval puro, que essa resposta passa a ser uma contribuição bem legal para o S.O.) – jsbueno 11/10/17 às 23:46
  • 1
    @jsbueno Entendo os riscos do uso de eval, só pensei na solução mais simples, sem import, e não atinei que poderia ser algo tão nocivo em uma resposta devido a credibilidade inerente aos upvotes. Concordo plenamente com essa posição e vou elaborar melhor a resposta para que sirva como um alerta quanto ao uso de eval. Obrigado! =) – nunks 12/10/17 às 0:36

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.