2

Eu criei os métodos através do comando Getters and Setters do Eclipse, porém ao criar o getter do atributo booleano status, o mesmo foi criado automaticamente como isStatus. Não deveria ser criado como getStatus?

Alguém poderia me ajudar ou explicar o motivo?

  • Complementando minha dúvida, a variável declarada é: private boolean status; – Diego 27/09/17 às 1:59
  • 1
    Talvez porque um atributo booleano geralmente é definido para caracterizar o objeto como é/não é algo. Neste caso, definiria como "estado verdadeiro" ou "estado falso", o que não parece fazer muito sentido. Mude o nome para "ativo" e verá que faz total sentido existir o método isActive. – Anderson Carlos Woss 27/09/17 às 2:02
6

Atributos booleanos, lógicos, têm uma semântica aprimorada no getter ao serem gerados automaticamente pela IDE.

Talvez com um atributo de nome status não seja o melhor caso. Pense no getter da propriedade administrador.

private boolean administrador;
public boolean isAdministrador() { ... }

É semanticamente melhor os getters de objetos lógicos terem o prefixo is em casos particulares.

Tenha em mente também que o padrão getPropriedade e setPropriedade não é uma regra.

Isso não vale só para os getters. Imagine uma classe Pessoa com um atributo estadoCivil. Vê a vantagem semântica do setter de estadoCivil ser casar() ou divorciar()?

De qualquer forma é possível desativar essa configuração do Eclipse em Settings > Code Style > Java > Use 'is' prefix for getters that return boolean.

4

A especificação JavaBeans determina padrões a serem seguidos na escrita de objetos Java.

Na versão 1.0.1 da especificação, mais precisamente na seção 8.3.2 são especificadas as boas práticas para propriedades booleanas:

8.3.2 Boolean properties

In addition, for boolean properties, we allow a getter method to match the pattern:

public boolean is<PropertyName>();

This “is” method may be provided instead of a “get” method, or it may be provided in addition to a “get” method. In either case, if the “is” method is present for a boolean property then we will use the “is” method to read the property value. An example boolean property might be:

public boolean isMarsupial();  
public void setMarsupial(boolean m);

Como a propriedade é booleana, então o is melhora a leitura do getter.

Exemplificando:

  1. Uma classe X possui um atributo enabled do tipo boolean
  2. true está para sim, assim como false está para não
  3. O is em inglês é equivalente a "é/está" em português
    1. isEnabled pode ser traduzido para o português como: "está ativado?"

Logo, podemos concluir que a sua IDE está criando os getters dos booleans com o prefixo is ao invés do get pois está seguindo a Especificação JavaBeans

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.