1

boa noite. Estou com uma atividade avaliativa da faculdade para ser entregue mas não consigo pensar na lógica e resolver a primeira atividade. Alguém pode me explicar onde está o meu erro e um conselho para entender melhor índices em for. Faço uma confusão arretada com eles.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <locale.h>


/*DECLARAÇÃO DE VARIAVEIS*////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

int main()
{
    setlocale(LC_ALL, "");
    int veta[10], vetb[10], vetu[20], vetd[10];
    int i, x, y, z, w, k;

    /*VETORES RECEBEM DADOS*//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////


    printf("\n\t\t\tInsira os valores de VETOR A\n\n");


    for(i = 0; i < 10; i++) // Inserção dos valores ao vetor A
    {
        printf("Insira o valor do vetor A [%i]: ", i+1);
        scanf("%i", &veta[i]);

        vetu[i] = veta[i];      //ATRIBUI VALOR DO VETOR A AO VETOR C DIRETAMENTE.
    }

    printf("\n\t\t\tInsira os valores de VETOR B\n\n");


    for(i = 0; i < 10; i++) // Inserção dos valores ao vetor A
    {
        printf("Insira o valor do vetor A [%i]: ", i+1);
        scanf("%i", &vetb[i]);

        vetu[i+10] = vetb[i];   //ATRIBUI VALOR DO VETOR B AO VETOR C A PARTIR DA POSIÇÃO 10
    }


    /*VETOR B - RECEBE DADOS*//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////


    printf("\n\t\t\tA União dos vetores A e B\n\n");

    for(x = 0; x < 20; x++)
    {
        for(y = 0; y < 20; y++)
        {
            if(vetu[y] == veta[x])
            {
                break;
            }
            else
            {
                vetu[y] = veta[x];
            }

        }
    }

    for(x = 0; x < 20; x++)
    {
        printf("%i\n", vetu[y]);
    }

}

O código deveria me mostrar (Todos os valores que contem no VETOR A e no VETOR B sem repetição. Ou seja, se o usuário digitar [1][2][3][3][4][5] E [6][5][3][7][8], o programa deveria me dar a seguinte saída: [1][2][3][4][5][6][7][8].

Mas não é isso que acontece...

1

O problema é que o seu código de achar a união não está correto, tanto em termos de lógica como implementação. Na verdade esta a fazer um laço/ciclo de 0 a 19 com x:

for(x = 0; x < 20; x++)

E depois testa o vetor A:

if(vetu[y] == veta[x])

Quando na verdade esse tem apenas 10 elementos, o que só por si está incorreto e pode-lhe dar um Segmentation fault. Para além disso não está a utilizar o vetb, assim como também não está a remover as repetições e sim apenas a reescrever valores.

Proponho que faça antes assim:

int tamanho2 = 20; //começa com o tamanho que definiu para a união

for(x = 0; x < 20; x++)
{
    //começa no numero seguinte ao x e vai apenas até ao tamanho2
    for(y = x + 1; y < tamanho2; y++) 
    {
        //se é um elemento repetido no vetu. Note que já não uso ==veta[x] neste if.
        if(vetu[y] == vetu[x]) 
        {
            //quando encontra vai até ao fim a puxar os elementos uma casa para trás
            //esta lógica acaba por remover o elemento repetido
            for (k = y; k < tamanho2-1; k++){
                vetu[k] = vetu[k+1];
            }

            //depois de ajustar os elementos "diminuir" o tamanho do array resultante
            tamanho2--; 
        }
    }
}

Exemplo a funcionar no Ideone

Repare que utilizei apenas o vetu que era o vetor que tinha todos os elementos, e removi as repetições dele próprio ajustando o tamanho e puxando elementos.

No final ficou em tamanho2 a quantidade de elementos sem repetições do array, que será o que deve utilizar a seguir para a escrita na consola.

Nota: Na ultima parte da escrita também tem um pequeno erro que convêm corrigir:

for(x = 0; x < 20; x++)
{
    printf("%i\n", vetu[y]);
    //------------------^ tem de ser x e não y
}

Outras alternativas

Poderia ter seguido outras soluções que garantem melhor complexidade de tempo, mas já são bastante mais elaboradas e provavelmente não vão de encontro às soluções que esperam para o exercício. Tentei usar a mais parecida com a que estava a utilizar.

Exemplo de soluções alternativas com melhores complexidades:

  • Usar uma tabela de dispersão (hash table) e fazer uma inserção dos elementos nesta tabela o que irá evitar repetições e dar uma solução na ordem de O(n). Irá complicar se precisar de uma escrita na mesma ordem em que foram inseridos.
  • Ordenar o array resultante com um método eficiente tipo QuickSort ou MergeSort que lhe garante O(nlogn) e depois remover as repetições que será O(n²) ou O(n) se passar os não repetidos para um novo array.
  • Se não precisa do array resultante (que não foi claro na pergunta) pode seguir outra implementação excluindo o vetu. Esta iria percorrer A e mostrar os que não existem em B e vice-versa, que lhe dá O(n²)

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy