11

Consideremos a seguinte classe:

class Foo:
    def __init__(self, values = []):
        self.values = values

Vale notar que estamos utilizando um atributo de instância e não um atributo de classe, porém, vejam o seguinte código:

a = Foo()
b = Foo()

Duas instâncias distintas, mas ao alterar o atributo de uma das instâncias:

a.values.append(1)

O atributo da outra instância é alterado:

print(b.values) # [1]

Vejam funcionando no Ideone.

Ao verificar o id de cada atributo, é possível verificar que ambos representam o mesmo objeto, um comportamento esperado para um atributo de classe, não de instância:

print(id(a.values)) # 47568867296648
print(id(b.values)) # 47568867296648

Obviamente que esse é o comportamento somente quando o valor padrão do atributo é um tipo mutável, mas mesmo assim parece ser um comportamento estranho.

Esse comportamento deveria ser esperado e por quê ocorre?

7

Espera-se que uma chamada de função crie novos objetos para valores padrão, mas isso não é o que acontece. Os valores padrão são criados apenas uma vez, quando a função é definida.

Se esse objeto for alterado, como a lista, neste exemplo, as chamadas subsequentes para a função se referirão a este objeto alterado.

Por definição, objetos imutáveis, como números, strings, tuplas e o None, estão protegidos contra mudanças. Alterações em objetos mutáveis, como dicionários, listas e instâncias de classe, podem levar à confusão.

Por causa desse recurso, é recomendado não fazer uso de objetos mutáveis como valores padrão, em vez disso use None como o valor padrão e dentro de uma função ou método verifique com is None e, caso seja None, crie um novo objeto mutável (como dicionário, lista, etc) dentro da condição (if).

No seu script o argumento value = [] dentro do método é compartilhado com todos as instâncias, pois o objeto mutável [] é criado apenas uma vez (no momento de declarar a classe) e as instâncias irão obter os dados dela, conforme a documentação:

https://docs.python.org/3/faq/programming.html#why-are-default-values-shared-between-objects

Então creio que possa usar None e fazer uma checagem com Python:

class Foo:
    def __init__(self, values = None):
        if values is None:
            self.values = [] # cria uma lista vazia
        else:
            self.values = values # cria uma lista vazia

>>> d = Foo()
>>> e = Foo()
>>> d.values.append(1)
>>> d.values.append(2)
>>> e.values
[]
  • Float é um tipo mutável ou imutável em Python? Acontece isto com floats também? – Thiago Krempser 5/04 às 20:54
  • Muito útil esta dica: "é recomendado não fazer uso de objetos mutáveis como valores padrão nas definições de funções, usar None no lugar e tratar dentro da função". – Thiago Krempser 5/04 às 20:56
  • Boa noite caro @ThiagoKrempser, números se refere ao float e aos inteiros, também são imutáveis. Obrigado pela edição, foi uma ótima contribuição. – Guilherme Nascimento 6/04 às 2:44
2

Complementando a resposta do Guilherme, de fato, o que ocorre é a avaliação dos argumentos em tempo de definição do método e como os objetos em Python são tratados como referência, na definição do método é criado um objeto que representa o valor padrão e em cada nova instância (ou chamada do método), o parâmetro apontará para essa mesma instância. Isso explica o porquê do retorno de id é o mesmo para as diferentes instâncias e fica ainda mais claro quando analisado o atributo __defaults__ do método.

De acordo com a documentação, o atributo __defaults__ é uma tupla que contém os valores padrões dos argumentos de uma função ou método. Neste caso, considerando o código apresentado na pergunta:

class Foo:
    def __init__(self, values = []):
        self.values = values

Podemos verificar o valor de __defaults__ do método inicializador:

print(Foo.__init__.__defaults__) # ([],)

O primeiro valor desta tupla é um objeto mutável que representa o valor padrão do argumento values, existindo desde a definição da classe, visto que, no Python, a própria classe é um objeto - e o método também é um objeto.

Ao verificar o retorno de id deste objeto é confirmado que este representa a mesma referência de a.values e b.values:

print(id(Foo.__init__.__defaults__[0])) # 47568867296648

Para confirmar tudo o que foi dito na prática, basta verificar o valor em __defaults__ após uma instância de Foo que possui seu atributo de classe modificado:

print(Foo.__init__.__defaults__) # ([],)

a = Foo()
a.values.append(1)

print(Foo.__init__.__defaults__) # ([1],)

Isto é, ao criar uma instância e modificar o atributo de instância desta, sendo este atributo do tipo mutável, o próprio objeto que representa o valor padrão do argumento, armazenado em __defaults__, é modificado de igual forma.

Veja funcionando no Ideone.

Uma pergunta semelhante a esta foi feita no Stack Overflow:

Why are default arguments evaluated at definition time in Python

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.