2

Entendo que muitas vezes é melhor prezar pela legibilidade e clareza do código programando de maneira explícita. Isso não se detém somente ao JavaScript, também ao C#, Python e talvez ao resto das linguagens de programação.

Sei que essas convenções não são regras, porém elas ajudam no processo de desenvolvimento caso sejam escolhidas no momento certo, no ambiente certo e de forma correta.

No JavaScript para testar se uma string é vazia ou não, pode-se utilizar:

const value = '';
if(!value) {
    console.log('String vazia!');
}

Isso acontece porque a string vazia é um valor definido como falsy (documentação). E além de comparar value com "", ele compara com null e vários outros valores.

Embora funcione, essa forma não prejudica a legibilidade? Não é claro para um desenvolvedor C# ou Java que esse if seja a condição de uma string vazia.

Nesse caso, comparar de maneira explícita prejudicaria um código idiomático JavaScript, por quê?

  • 1
    Acredito que pode prejudicar a legibilidade porque a verificação não é exatamente se não é uma string vazia, mas sim se o valor é falsy, como bem comentou, então a leitura não é exata para quem conhece como funciona a linguagem de tipagem dinâmica. Por exemplo, se value for 2, o if será falso, mesmo que não seja uma string vazia. Lembrando que o JavaScript possui a comparação frouxa, a verificação de string vazia seria if (value === ""). Se prejudicar a leitura, é devido a condição não fazer exatamente o descrito. Faz sentido? – Anderson Carlos Woss 23/09/17 às 10:41
8

Se a intenção é realmente verificar se a string é vazia, então, sim, prejudica a leitura do código e, possivelmente, a execução do mesmo. O motivo é que a comparação feita em:

if (!value) {
    console.log("String vazia");
}

não é uma verificação se a string é vazia, mas sim se o valor de value é falsy, como comentado na própria pergunta. Isso implica que value, além de não poder ser uma string vazia, não poderá ser o inteiro zero, falso, nulo, indefinido, NaN (not a number), etc. Porém, todos estes valores seriam esperados que passassem no teste "não é uma string vazia", pois não são, de fato, uma string vazia (exceto a string vazia propriamente dita). Quando faço if (!value), entenda-se que value pode ser qualquer valor truthy e não somente uma string não vazia.

const testes = ["", false, null, undefined, NaN, [], 0, "Foo"];

for (let teste of testes) {
  if (!teste) {
    console.log("String vazia: " + teste);
  } else {
    console.log("Não é uma string vazia: " + teste);
  }
}

Para, de fato, verificar se value é uma string vazia, você terá que verificar o tipo da variável, seja utilizando o typeof:

const testes = ["", false, null, undefined, NaN, [], 0, "Foo"];

for (let teste of testes) {
  if (typeof teste === "string" && teste.length == 0) {
    console.log("String vazia: " + teste);
  } else {
    console.log("Não é uma string vazia: " + teste);
  }
}

Perceba que ao verificar o tipo fica explícito que o desejado é realmente buscar por strings vazias, logo, todos os outros valores são válidos.

Ou seja utilizando a comparação rígida, com o operador ===, uma vez que == efetua uma comparação frouxa.

O que é uma comparação frouxa?

const testes = ["", false, null, undefined, NaN, [], 0, "Foo"];

for (let teste of testes) {
  if (teste === "") {
    console.log("String vazia: " + teste);
  } else {
    console.log("Não é uma string vazia: " + teste);
  }
}

Novamente a verificação fica explícita sobre o seu objetivo.

É muito importante ressaltar que nulo é diferente de string vazia. A resposta do Maniero sobre isso mostra graficamente a diferença.

  • 1
    (+1) Não seria mais semântico verificar .length == 0 que fazer um cast para Boolean? ou seja if (typeof teste === "string" && teste.length === 0) { – Sergio 23/09/17 às 13:41
  • 1
    @Sergio com certeza seria. Boa observação. Faço a alteração assim que possível. – Anderson Carlos Woss 23/09/17 às 13:42
1

Você pode utilizar a class String para iniciar uma nova variável deste mesmo tipo, veja:

const myText = new String("Hello!");
console.log(myText.length); // Saída: 6 (tipo número)

const emptyText = new String("");
console.log(emptyText.length); // Saída: 0 (tipo número)

Você pode verificar a compatibilidade deste recurso no site da MDN

  • 2
    Mas a pergunta não é sobre como fazer e sim se prejudica, de alguma forma, o código. Faltou dizer se prejudica ou não e porquê. – Anderson Carlos Woss 23/09/17 às 11:45

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.