0

Estou com a seguinte tabela de PEDIDOS:

 `PEDIDOS`(`PEDID`, `PEDIDUSUARIO`, `PEDSTATUS`, `PEDVAL`, `PEDFORMAPAG`, `PEDTROCO`, `PEDDATA`)

E a seguinte tabela de produtos, onde cada linha inserida contém o id do pedido ao qual esse produto pertence:

 `PRODUTOS`(`PRODID`, `PRODPEDID`, `PRODNOME`, `PRODQUANT`, `PRODVAL`)

Logo, para cada registro em PEDIDO existe um ou muitos registros em PRODUTOS (pedido = carrinho de compras, produtos = produtos no carrinho).

Estou listando todos os pedidos com sucesso, mas de que forma eu poderia consultar na mesma query os produtos?

Uso PHP e retorno os dados em JSON, meu único problema é o SQL mesmo.

8
  • Você precisa de uma tabela de relação intermediária ITENS, que contém o referência para o produto e para o pedido em questão. Essa é uma tabela de relacionamento, mas nada impede que ela tenha atributos próprios, como o item do produto 2 ser vendido a R$50 a unidade, sendo vendidas 2 unidades 22/09/2017 às 2:19
  • Para isso eu precisaria predefinir um número máximo de produtos no carrinho, que seria a quantidade de colunas da nova tabela ITENS? Assim registraria o id de cada produto 22/09/2017 às 2:22
  • Eu trabalho com um sistema de força de vendas, e devo falar que não é necessário fazer nenhuma limitação na quantidade de colunas. Creio que você não entendeu como funciona uma tabela de relacionamento; estou a digitar uma resposta mais completa sobre o assunto 22/09/2017 às 2:23
  • 1
    Sim, tirou, estou fazendo os testes 22/09/2017 às 2:53
  • 1
    Valeu, funcionou aqui! 22/09/2017 às 3:35

2 Respostas 2

4

Você encontra-se numa típica relação n,m.

No caso, seu problema de produtos inclusos em vendas é o mesmo problema de alunos matriculados em disciplinas:

relacionamentos many-to-many, fonte original http://www.shsu.edu/~csc_tjm/summer2000/cs334/Chapter04/part1/Chapt16087.jpg

No caso, o esquema acima está no Modelo Entidade-Relacionamento, ou MER. Esse modelo é muito útil para fazer a modelagem rápida dos dados, e também para ter um entendimento profundo do negócio envolvido. Porém, nem tudo são flores. SQL não é compatível diretamente com MER, pois SQL segue o Modelo Relacional, MR, baseado na álgebra relacional.

Para transformar de MER para MR, é muito importante saber a aridade do relacionamento. No seu caso, a parte interessante é no relacionamento muitos-para-muitos, em inglês many-to-many.

Mais sobre transformar MER em MR nesta resposta

Em um relacionamento many-to-many, você tem m entidades de um tipo se relacionando com n entidades do outro tipo. Nesse caso, você cria uma tabela intermediária com chaves estrangeiras para as duas tabelas de entidade. Exemplo:

Eu vendi uma furadeira e dois serrotes.

Minha tabela da entidade produto:

produto
| prodid | prodnome  |
+--------+-----------+
| 1      | serrote   |
| 2      | furadeira |

Minha tabela da entidade pedido:

pedido
| pedid |
+-------+
| 1984  |

Minha tabela para o relacionamento:

item
| itemid   | prodid | pedid | quant | valor  |
+----------+--------+-------+-------+--------+
| 1783     | 1      | 1984  | 2.0   | 10.00  |
| 2123     | 2      | 1984  | 1.0   | 150.00 |

Para saber quais são os produtos (e suas quantidades) no pedido 1984:

SELECT
    prod.prodnome,
    i.quant
FROM
    pedido ped
        inner join item i on (ped.pedid = i.pedid)
        inner join produto prod on (i.prodid = prod.prodid)
WHERE
    ped.pedid = 1984

No meu caso, estou modelando de acordo com necessidades que já passei na empresa onde trabalho. Há casos em que se deseja vender o mesmo item duas ou mais vezes no mesmo pedido (por exemplo, como item de bonificação, troca e venda propriamente dita), então eu defino sua chave primária como itemid. Na maioria dos casos, entretanto, uma relação n,m normalmente não tem a repetição das entidades.

0

2 opçoes:

  • INNER JOIN
  • LEFT OUTER JOIN

Com INNER JOIN

SELECT campo_tabela1,campo_tabela2
FROM TABELA_1
INNER JOIN TABELA_2
ON idx_tabela2 = idx_tabela1

Neste caso vc vai ter resultados SO no caso onde o INNER JOIN esta OK. Ao seja, se tem na TABELA_1, um registro que não tem idx_tabela2 = idx_tabela1, ele não vai aparecer. Então caso de uma tabela de clientes + uma tabela de produto vc vai ter só os clientes que tem produto. Os clientes que não tem produtos não vão aparecer.

Com LEFT OUTER JOIN

SELECT campo_tabela1,campo_tabela2
FROM TABELA_1
LEFT OUTER JOIN TABELA_2
ON idx_tabela2 = idx_tabela1

Neste caso, no resultado vc vai ter os dados da TABELA_1 que tem idx_tabela2 = idx_tabela1 mais vai ter também os outros. Ou seja, vc vai ter os clientes que tem produtos + os clientes que não tem. No caso de clientes que não tem produtos, a valor dos campos da tabela dos produtos vai ser "null" o que é um valor bem especifica no SQL.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.