2

De repente fui "commitar" meu projeto, quando do nada apareceu essa mensagem:

Erro: Unable to create 'C:/MyProject/.git/index.lock': File exists.

If no other git process is currently running, this probably means a
git process crashed in this repository earlier. Make sure no other git
process is running and remove the file manually to continue.

Antes mesmo do commit, ao usar o comando #git add . já apareceu a mensagem. Não entendi o que pode ter acontecido. Quando exatamente isso ocorre? Como posso resolver esse problema?

  • 1
    Está dizendo que o arquivo existe. Navegue até o local e exclua-o. – CypherPotato 20/09/17 às 3:37
  • Atomização da operação, assunto muito interessante! Vou escrever uma resposta sobre o assunto. Digo logo: isso se dá devido à concorrência de processos – Jefferson Quesado 29/09/17 às 21:07
3

Um repositório git é um banco de dados de uso específico. Ele mantém commits (sua principal estrutura de dados), branchs (que contém nome e referência a um commit) e tags (contém as mesmas informações que um branch).

A diferença entre tag e branch não está no escopo desta resposta

Existe uma estrutura semelhante a um commit especial chamado de head. Ela tem algumas operações:

  • modificar conteúdo/elencar (como adição, remoção de arquivos, mudança de linhas, renomear arquivos)
  • transformar em commit

A transformação em commit fará com que a estrutura tenha um SHA1 próprio de commit, tenha um commit pai, um autor e, também, movimentará o ponteiro do branch de trabalho. Após a transformação em commit, head estará com uma estrutura vazia.

Os comandos de elencar são, dentre outros:

O comando de transformar head em commit é:

  • commit

Agora, estas operações elas são grandes, e portanto podem necessitar de um tempo grande para se concretizar. Imagina que você resolveu renomear um pacote Java de br.com.acklay para plu.to.nio.marviana, e que todos os outros fontes Java apontam para classes classes. Você precisaria elencar os 22936 arquivos fontes. Isso vai levar um tempo...

Então, inadvertidamente, você tenta commitar a mudança:

git commit -m 'decaimento radioativo do Cleidi'

Bem, se o sistema não tivesse algum jeito de identificar que o head estava sendo modificado, o commit gerado representaria um estado estranho e possivelmente corrompido dos dados, então é necessário haver alguma forma de IPC entre os dois processos.

No caso, a estratégia de IPC escolhida pelo git foi a criação atômica de um arquivo de trava. Essa estratégia é conhecida por lockfile.

Mais tarde eu encontro o comando *nix que faz a criação atômica de um arquivo

No caso, como não há servidor esperando ouvir uma mensagem, um processo git precisa decidir por si só, observando o ambiente (SO incluso como parte do ambiente) se ele pode realizar mudanças críticas ou não. Então, ele faz a seguinte chamada ao sistema operacional:

SO, por favorzinho, cria para mim o arquivo .git/index.lock? Me retorna sucesso se é somente se eu fui quem conseguiu criar esse arquivo, ou se ele já existir me retorne falha

Para o qual, há duas respostas que o SO pode fornecer:

Tá aqui, pequeno git, você criou o arquivo

Ou então, no caso de o arquivo já existir (ou que acabou de ser criado por outro processo em paralelo):

Ô, animalzinho! Esse arquivo já existe!

Caso o arquivo exista previamente (e portanto ocorreu o erro), o git aborta graciosamente com essa mensagem que você foi recebido.

Caso o arquivo tenha sido criado (e portanto sucesso), o git segue feliz em seu processamento e, quando tiver terminado a atividade requerida, vai remover o arquivo de trava.


Quando essa mensagem aparece?

Em casos saudáveis, quando há alguma operação crítica em andamento por outro processo git em paralelo.

Em casos estranhos, o último processo git que requereu essa trava não conseguiu liberá-la (morreu prematuramente? Coitadinho...). Então o arquivo fica solto lá sem maiores propósitos. Talvez possa indicar alguma possível corrupção teórica do head, como também pode ser só um lixo esquecido.

Como resolver?

Nos casos saudáveis, o ideal é esperar. E garantir que não haverá outro processo tentando travar o seu repositório enquanto isso. Se você usa o SourceTree, recomendo fortemente que você não abra sua janela, que a minimize ou mesmo a feche. O SourceTree só aciona um processo git quando está em primeiro plano, e muitas vezes espera alguma operação no usuário (nem que essa operação seja "dar foco na janela").

Nos casos estranhos, basta remover o arquivo index.lock e garantir que o repositório esteja saudável.


Durante um comando de fetch, precisei abortar o git. Quando tento rodar agora, ele mesmo diz o seguinte:

If no other git process is currently running, this probably means a git process crashed in this repository earlier. Make sure no other git process is running and remove the file manually to continue.

Traduzindo:

Se não tem nenhum outro processo git rodando agora, isso provavelmente significa que um processo git quebrou neste repositório mais cedo. Tenha certeza de que não há outro processo git rodando e remova manualmente o arquivo para continuar.

Então, na linha de comando, o git indica que se deve fazer o que está acima descrito.

  • 1
    Bom, aconteceu exatamente quando estava usando o Visual Code sincronizadamente usando git, ai fui abrir uma outra instancia do git usando o CMD. Mas legal, sua resposta está até interessante. heheh – viana 30/09/17 às 0:41

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.