22

A documentação do MySQL diz:

you cannot modify a table and select from the same table in a subquery
você não pode alterar uma tabela ao selecionar dados dela numa subquery

Isso se aplica às operações de DELETE, UPDATE e INSERT. A solução geralmente é substituir a subquery por algo que dê o mesmo resultado, como um JOIN, ou vários.

Sei que o SQL Server não tem essa restrição. Quem souber sobre Postgres e Oracle diz aí nos comentários. Minha dúvida é: por que o MySQL tem essa restrição? O que eles fazem (ou deixam de fazer) para que isso não seja possível?

8
+200

O único dado mais próximo de uma explicação fornecido na própria documentação é de que a alteração funciona caso o registro venha de uma tabela "derivada", como no exemplo abaixo, e que isso se deve ao fato de o dado derivado estar materializado em tabela temporária:

UPDATE t ... WHERE col = (SELECT * FROM (SELECT ... FROM t...) AS dt ...);

Extrapolando a partir dessa informação, esse comportamento pode ser resultado da necessidade de evitar locks conflitantes. Um UPDATE a partir de um SELECT se torna impossível pois a engine não permite obter lock exclusivo para um registro que já está com lock de leitura em outra transação.

Pensando dessa forma o exemplo acima funciona porque, ao se deparar com um "sub-subselect", o otimizador decide materializar a consulta em tabela temporária: o registro que recebe lock de leitura é uma cópia, em outro local, daquele que receberá lock exlusivo para UPDATE, evitando conflito.

Dito isso, reconheço que esse quadro que criei não faz muito sentido =/. A documentação do InnoDB é bem detalhada ao frisar que a engine suporta multiversionamento de tuplas e os quatro níveis de isolamento de lock, não tem por que não fazer esse tipo de operação normalmente como no PostgreSQL, Oracle e afins. Só posso crer que se trata de um resquício de implementação do MyISAM desde versões pré-5.5.5, visto que o único tipo de lock suportado por esta engine é o de tabela inteira.

  • Faz sentido, eu desconfiava dos engines de tabela mesmo. Pode ser uma opção consciente para manter a sintaxe compatível entre esses dois. – bfavaretto 13/09/17 às 4:53
3

Informix também tem essa restrição.

Eu diria que é por uma questão de implementação mesmo. No fundo no fundo é por conta do perigo de se entrar em um loop infinito.

Para evitar o erro, geralmente eu coloco os dados de input em uma tabela temporária e trabalho o UPDATE/DELETE/INSERT em cima dessa tabela temporária.

  • Concordo. Eu acrescentaria que os desenvolvedores/mantenedores do MySQL acharam por bem que fosse assim e não documentaram o porquê. Mas creio que o motivo seja o risco de entrar em loop infinito mesmo. – Sam 13/09/17 às 1:16
  • Isso está mais pra um comentário até porque é totalmente baseado em "achismo" – Mateus 13/09/17 às 1:17
  • 1
    @Mateus É "achismo" baseado em pesquisa. Se vc tiver a documentação onde explica a questão, por favor, mande o link para que nós possamos saber. – Sam 13/09/17 às 1:19
  • Perfeito, @Dvdsamm. – Marllon Nasser 13/09/17 às 5:12
0

Por mais funções que o MySql tenha, ele foi criado para ser um banco leve, e querendo ou não ele sofreria algumas "perdas" diante dos seus concorrentes.

E a sua documentação explica esta falta da seguinte forma:

In MySQL, you cannot modify a table and select from the same table in a subquery. This applies to statements such as DELETE, INSERT, REPLACE, UPDATE, and (because subqueries can be used in the SET clause) LOAD DATA INFILE.

No MySQL, você não pode modificar uma tabela e selecionar da mesma tabela em uma subconsulta. Isso se aplica a declarações como DELETE, INSERT, REPLACE, UPDATE e (porque as subconsultas podem ser usadas na cláusula SET) LOAD DATA INFILE.

https://dev.mysql.com/doc/refman/5.7/en/subqueries.html

  • 5
    Oi Wictor, obrigado pela resposta. Se o problema for de "peso", saberia dizer onde exatamente isso pesa, e por quê? Estou em busca de uma explicação mais técnica disso. – bfavaretto 11/09/17 às 19:28
0

Em resumo Join é o metodo mais "atual", a diferença é que o join tem muito mais otimizaçao e velocidade do que a subquery.

A LEFT [OUTER] JOIN can be faster than an equivalent subquery because the server might be able to optimize it better—a fact that is not specific to MySQL Server alone. Prior to SQL-92, outer joins did not exist, so subqueries were the only way to do certain things. Today, MySQL Server and many other modern database systems offer a wide range of outer join types. https://dev.mysql.com/doc/refman/5.7/en/rewriting-subqueries.html

-

As subquery são a maneira logicamente correta de resolver problemas do formulário, "Obter fatos de A, condicionados aos fatos de B". Nesses casos, faz sentido mais lógico para manter B em uma subquery do que fazer uma associação. Também é mais seguro, em um sentido prático, que você não precisa ser cauteloso sobre a obtenção de fatos duplicados de A devido a múltiplas partidas contra B.

Praticamente falando, no entanto, a resposta geralmente se resume ao desempenho. Alguns otimizadores sugam limões quando recebem uma junção vs uma subquery, e alguns sugam limões do outro lado, e isso é específico optimiser-specific, DBMS-version-specific e query-specific.

Historicamente, as uniões explícitas geralmente ganham, daí a sabedoria estabelecida que se une é melhor, mas os otimizadores estão melhorando o tempo todo, e então prefiro escrever as consultas primeiro de uma maneira logicamente coerente e, em seguida, reestruturo se as restrições de desempenho garantissem isso. https://stackoverflow.com/a/2577188/5703284

  • Não é bem essa a pergunta, é sobre restrições a alterações na tabela. – bfavaretto 15/09/17 às 14:08
  • por que o MySQL tem essa restrição? - Otimizacao, evita que a subquery faça um select em uma row vazia (um dos fatores no mysql) – HudsonPH 15/09/17 às 15:11
  • Postgres nao tem essa restriçao, e oracle e outros nao sei informar – HudsonPH 15/09/17 às 15:14

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.