3

Estou criando um sistema académico que consiste em um tipo de cardápio de restaurante virtual, para isso, criei três tabelas no banco:

Tabela de Itens do Cardápio:

CREATE TABLE ITEMS(
    ID INT PRIMARY KEY NOT NULL,
    NOME VARCHAR(20) NOT NULL,
    DESCRICAO VARCHAR(20),
    PRECO FLOAT NOT NULL
)

Tabela de Pedidos:

CREATE TABLE PEDIDO(
    NUMERO INT PRIMARY KEY NOT NULL,
    MESA INT NOT NU NULL,
    VALORTOTAL FLOAT
)

Tabela onde registro os Itens do Pedido, no qual:

ID_PEDIDO = FK de Pedido,
ID_ITEM = FK de Item
CREATE TABLE ITEM_PEDIDO(   
    ID INT PRIMARY KEY NOT NULL,
    ID_PEDIDO INT NOT NULL,
    ID_ITEM INT NOT NULL,
    QTD_ITEM INT
 )

Minha dúvida é a seguinte:

No sistema, o usuário poderá escolher um item ou mais para seu pedido, assim como a quantidade deste item. Ao final do pedido, deverá retornar o preço total do mesmo.

Sendo assim, devo deixar a QTD_ITEM na tabela ITEM_PEDIDO? Quanto ao PREÇO, devo deixar na tabela ITEM ou incluo também na tabela ITEM_PEDIDO?

1

Tudo que é relacionado ao que foi/será comprado deve ficar dentro da tabela ITEM_PEDIDO se for relacionado ao ITEM. Sendo assim o PRECO, como é do ITEM e não tem relação com o pedido, deve ser colocado na tabela ITEM e a QTD_ITEM que tem relação com o que foi consumido deverá estar na tabela ITEM. O cálculo do valor total será o seguinte:

SELECT P.NUMERO,
       SUM(IP.QTD_ITEM * I.PRECO) AS VALOR_TOTAL
  FROM PEDIDO P
       INNER JOIN ITEM_PEDIDO IP ON IP.ID_PEDIDO ON P.NUMERO
       INNER JOIN ITEMS I ON I.ID = IP.ID_ITEM
 WHERE P.NUMERO = 'X'
 GROUP BY P.NUMERO

Caso queira manter um preço histórico de ITEM, sugiro a criação de uma tabela com os preços com a data vigente da seguinte forma:

╔════════════════════════════╗
║         ITEM_PRECO         ║
╠═════════════════╦══════════╣
║ ID_ITEM         ║ INTEIRO  ║
║ INICIO_VIGENCIA ║ DATA     ║
║ FINAL_VIGENCIA  ║ DATA     ║
║ PRECO           ║ NUMÉRICO ║
╚═════════════════╩══════════╝

E a adição da coluna DATA_PEDIDO na tabela PEDIDO. Sendo assim o cálculo ficaria da seguinte forma:

SELECT P.NUMERO,
       SUM(IP.QTD_ITEM * IP.PRECO) AS VALOR_TOTAL
  FROM PEDIDO P
       INNER JOIN ITEM_PEDIDO IP ON IP.ID_PEDIDO ON P.NUMERO
       INNER JOIN ITEMS I ON I.ID = IP.ID_ITEM
       INNER JOIN ITEM_PRECO IP ON IP.ID_ITEM = I.ID
                               AND P.DATA_PEDIDO BETWEEN IP.INICIO_VIGENCIA AND IP.FINAL_VIGENCIA
 WHERE P.NUMERO = 'X'
 GROUP BY P.NUMERO;

Assim você poderá fazer alterações de preço sem maiores problemas e sem precisar replicar dados.

  • Muito obrigado @Sorack! Me ajudou muito! Agora só me resta uma dúvida: No JAVA, eu tenho uma classe para cada seção do cardápio. Por exemplo: Uma classe para Bebidas, outra para Saladas, outra para Sobremesas e assim por diante. Posso deixar no banco uma tabela única para elas, que é o caso da tabela ITEM, ou deverei "subdividir" esta ITEM em várias tabelas, tais como: TABELA BEBIDAS, TABELA SALADAS, etc. Para cada classe no JAVA, necessariamente preciso de uma tabela? – Eduardo R 5/09/17 às 12:22
  • @EduardoR não necessariamente. Se os atributos forem iguais e só o comportamento diferente não vejo porque criar várias tabelas. – Sorack 5/09/17 às 12:26
  • Foi o que pensei mesmo, @Sorack! Obrigado por sanar minha dúvida. – Eduardo R 5/09/17 às 12:28
-1

Quanto ao PREÇO, devo deixar na tabela ITEM ou incluo também na tabela ITEM_PEDIDO?

Inclua também na tabela ITEM_PEDIDO.

A tabela ITEMS contém qual é o preço vigente para cada item. Já para cada item de pedido deve-se manter tanto a quantidade de unidades pedidas como também qual era o preço vigente no momento do pedido. E o motivo é bem simples: os preços variam ao longo do tempo.

Suponha que o item A tenha preço $10 no dia D1 e que no dia D2 tenha o preço $20. Se um pedido P1 de 3 unidades para o item A foi realizado no dia D1, então o valor do pedido, para esse item, foi de $30. Se o valor do preço do item ficar armazenado somente na tabela ITEMS e se no dia D2 for consultar quanto foi o valor do pedido P1, a consulta retornará $60 para o item A, o que está errado! Por isso que nos sistemas comerciais de pedidos para cada item sempre é armazenado o valor unitário do item no momento do pedido.

Observação adicionais:

  • não utilize tipo de dados float para armazenar valores monetários;
  • na tabela ITEM_PEDIDO não é necessário criar uma coluna específica para ser a chave primária. A chave usual é {ID_PEDIDO, SEQ_ITEM}, onde SEQ_ITEM é um número sequencial, para cada pedido.
  • @EduardoR: Fique atento ao detalhe que o preço de cada item é temporal. – José Diz 5/09/17 às 14:57

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.