9

Comecei a pouco tempo na linguagem Python e atualmente estou trabalhando em um projeto utilizando Flask, MariaDB e WebSockets.

Vejo as pessoas falarem muito sobre Django e gostaria de saber as diferenças entre dois.

1 Resposta 1

15

Para quem já está trabalhando com um framework, fica relativamente fácil entender, o Flask é um micro-framework enquanto o Django é um framework Fullstack.

Um framework fullstack como o Django já vem "de fábrica" com todas as ferramentas essenciais para o desenvolvimento backend, enquanto um micro-framework como o Flask vem apenas com o mínimo necessário para o inicio de desenvolvimento e requer plugins para as ferramentas conforme demanda.

Para desenvolvimento de uma aplicação web em Python, geralmente é necessário:

  • Linguagem de templates
  • Gerenciamento de sessão
  • Manipulação de formulários
  • Manipulação de bancos de dados relacionais via ORM
  • Serviços de autenticação de usuários;
  • Configuração e manipulação de URLs (Rotas)
  • Tratamento e manipulação de requisições/respostas HTTP

Em um framework fullstack como o Django, todas essas funções vem "embutidas" como pacotes, enquanto em um microframework como o Flask, é preciso ir conectando plugins para isso.

Mesmo entre os micro-frameworks ha diferenças entre as escolhas para essas ferramentas, por exemplo enquanto o Flask escolheu o Jinja2 para o mecanismo de templates, o Bottle tem um mecanismo próprio "built-in", porém suporta mako, jinja2 e cheetah.

Qual é melhor?

Nenhum! :-) No mainstream existe uma clara tendencia de valorizar mais os framework Fullstack em detrimento dos micro-frameworks, parece óbvio, "se o fullstack já vem com todas as baterias, porque escolher um micro?" mas isso pode ser um equivoco. As duas opções tem suas vantagens e suas desvantagens. Enquanto em um fullstack você pode ter a sensação de que tudo está a mão, no micro você tem a sensação de liberdade, porém enquanto no micro você pode ter a sensação de que está faltando algo, no full você pode ter a sensação de estar aprisionado.

Agora falando da minha experiencia pessoal, tive um breve período com o Flask e agora estou envolvido com o Django e já pude perceber uma detalhe crucial que vai me fazer voltar para o Flask em um projeto específico. Para lidar com banco de dados legado, é muito mais fácil com o Flask do que com o Django, em função de seus ORMs, apesar de o Django suportar também o mesmo ORM (SQLAlchemy) do Flask.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.