0

Estou criando o BD da meu TCC e a table Clients está:

create table clients(
id serial primary key,
name varchar(255),
cpf varchar(11),
cnpj varchar(14),
....

Pensei em fazer um CHECK limitando o preenchimento OU do CPF OU do CNPJ, no caso nunca os 2 podem estar vazios.. óbvio que vou fazer isso no back, mas queria uma segurança no BD também, como faço isso?

Obrigado

2 Respostas 2

1

Olá,

No seu caso, eu conheço uma solução com TRIGGER, segue abaixo um exemplo:

CREATE TABLE foo (
  FieldA INT,
  FieldB INT
);

DELIMITER //
CREATE TRIGGER InsertFieldABNotNull BEFORE INSERT ON foo
FOR EACH ROW BEGIN
  IF (NEW.FieldA IS NULL AND NEW.FieldB IS NULL) THEN
    SIGNAL SQLSTATE '45000'
    SET MESSAGE_TEXT = '\'FieldA\' and \'FieldB\' cannot both be null';
  END IF;
END//
CREATE TRIGGER UpdateFieldABNotNull BEFORE UPDATE ON foo
FOR EACH ROW BEGIN
  IF (NEW.FieldA IS NULL AND NEW.FieldB IS NULL) THEN
    SIGNAL SQLSTATE '45000'
    SET MESSAGE_TEXT = '\'FieldA\' and \'FieldB\' cannot both be null';
  END IF;
END//
DELIMITER ;

INSERT INTO foo (FieldA, FieldB) VALUES (NULL, 10); -- OK
INSERT INTO foo (FieldA, FieldB) VALUES (10, NULL); -- OK
INSERT INTO foo (FieldA, FieldB) VALUES (NULL, NULL); -- gives error
UPDATE foo SET FieldA = NULL; -- gives error

Fiddle com o exemplo: https://www.db-fiddle.com/f/5Hvg8qFvBEiGUimk9ySQab/0

Para PostgreSQL basta criar uma Trigger que retorne NULL, ex:

create table stuff (
  stuff_id int primary key,
  thing text
);

create or replace function stuff_inserting() returns trigger language plpgsql as $$
begin

  return null;

end $$;

insert into stuff values (1, 'asdf');

select * from stuff; /* returns 1 row */

create trigger inserting before insert on stuff for each row execute procedure stuff_inserting();

insert into stuff values (2, 'fdsa');

select * from stuff; /* still returns only 1 row */
3
  • Show de bola, mas no Postgres não funciona correto?
    – Hermus
    16/08/2017 às 23:47
  • A lógica funciona sim, basta criar uma trigger que retorne null. coloquei um exemplo de trigger com null de retorno na resposta. 16/08/2017 às 23:50
  • Não manjo dessa parte de triggers, na verdade nunca fiz uso, apesar de saber que é de grande utilidade, mas se puderes me dar uma ajuda agradeço. Obviamente o Postgres utiliza algumas funções diferentes do Mysql, mas podes me ajudar a colocar uma mensagem? O que fiz até agora foi: [db-fiddle.com/f/sJLeGX8tQybn4o87hnN8n1/0] Isto para Postgres funcionou aqui, só não retornou nenhuma mensagem pois: USING MESSAGE = cpf || ' and ' || cnpf || ' cannot both be null'; Gera uma mensagem nada a ver, tens como me ajudar nisso? Gracias
    – Hermus
    17/08/2017 às 3:10
1

Sobre a resposta do meu problema, consegui resolver com a ajuda do Diego Marques:

CREATE TABLE usuario(
id serial, 
cpf varchar(20),
cnpj varchar(20)
);
create or replace function cpfcnpjVerification() returns trigger language plpgsql as $$
begin
IF (NEW.cpf IS NULL AND NEW.cnpj IS NULL) THEN
  RAISE SQLSTATE '09000'
  USING MESSAGE = 'Column CPF and CNPJ cannot both be null';
END IF;

return NEW;
end $$;

create trigger InsertCpfCnpjNotNull before insert on usuario 
for each row execute procedure cpfcnpjVerification();

INSERT INTO usuario(cpf, cnpj) VALUES('22','33') -- normal
INSERT INTO usuario(cpf, cnpj) VALUES(NULL,'44') -- normal
INSERT INTO usuario(cpf, cnpj) VALUES('55',NULL) -- normal
INSERT INTO usuario(cpf, cnpj) VALUES(NULL,NULL) -- ERROR: Column CPF and CNPJ cannot both be null
                                                 --SQL state: 09000
                                                 --Context: PL/pgSQL function cpfcnpjverification() line 4 at RAISE

Uma dúvida que eu fiquei foi em relação ao SQL STATE, qual utilizar, mas baseado em Postgres escolhi o 09000 apesar de eu pensar que não faça tanta diferença para mim.

Obrigado

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.