2

Ouvi que namespaces deveriam ser organizados por camada, no caso, se utilizando algum design pattern que possibilite, como Projeto.Controller, Projeto.UI, Projeto.Model, porém, se olharmos os namespaces do próprio .NET Framework, eles não são organizados dessa forma:

  • System.NET
  • System.IO
  • Microsoft.Media
  • System.Security.Crypography

Existem convenções ou regras para organização de namespaces dentro de um projeto .NET?

Quais são as melhores práticas na definição de namespaces?

Os namespaces deveriam seguir a estrutura de pastas do projeto?

4

Como definir exatamente não sei se dá para dizer, acho meio aberto, depende do projeto. O que dá para fazer é ter algumas convenções de nomes. A Microsoft documentou isso, mas nada impede das pessoas usarem outras convenções. Note que é uma recomendação que nem sempre faz sentido para quem não está desenvolvendo o próprio .NET.

Um resumo:

  • Prefixe com o nome da organização detentora do projeto. Só não vai colocar o domínio todo como alguns guias dizem para fazer. Tente ser simples. E não tem caso que dá para não usar isto.
  • Use o nome do produto no segundo nível do nome, sem incluir variações, tem que ser algo que sempre será chamado assim. Eu acho que há casos que isto pode ir para o primeiro nível, mas precisa ser bem pensado e não é uma recomendação oficial.
  • Não crie hierarquias dentro de uma organização (empresa) e sim em cima de tecnologias estáveis.
  • Use o PascalCase e não o ponto para separar palavras que devem estar no mesmo nível.
  • Prefira o plural sempre que fizer sentido (não vejo isto sendo tão usado na prática, tem tantas exceções que complica seguir a recomendação, tem que ir no "bom senso").
  • Não use um nome de um tipo existente dentro dele.
  • Evite nomes muitos genéricos, tente ser mais específico sobre o que é aquilo, mesmo que tenha que usar nomes compostos de mais palavras, qualifique o substantivo.

Uma parte disto já está em Padrão de nomenclatura no código para o C#.

Algumas coisas não ligadas ao nome e sim à organização são mais complicadas de seguir, nem sempre temos toda visão clara e disponível.

  • Evite colocar tipos de mesmo nome que podem ser usados em conjunto e gerar conflitos. Deixe nomes iguais para tecnologias que acabam sendo excludentes entre si. Claro que existem exceções, principalmente quando o uso ocorre em contextos específicos.
  • Evite nomes de tipos comuns no .NET.
  • Evite nomes que possam conflitar com outras partes da mesma tecnologia. Este é um dos motivos que eu acho que não se deve criar muitos namespaces.

Não que não possa, mas acho estranho usar a mesma estrutura de pastas para a organização do namespace. Em geral são tipos de organização diferentes. Acima mostra que não é bem por aí. Você não deve ter conflitos dentro das camadas da mesma solução. Frequentemente terá uma duplicidade de nome pelo menos parcial no tipo e no namespace. Claro que tem um pouco de gosto, se quer fazer assim mantenha sempre desta forma.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.