6

Tenho um banco de dados legado e gostaria de saber quais boas práticas para nome de tabelas, ou dicas de como usar inflections(como no Rails) para Django na última versão.

  • 4
    Bem-vindo ao site, user1320! Seria possível editar sua pergunta para torná-la mais clara e específica? Por exemplo, você quer saber se o Django possui algum padrão de nomenclatura de tabelas, ou "boas práticas" em geral (o que seria um pouco amplo)? Sugiro mostrar exemplos de nomenclatura da sua base legada, e o tipo de resultado que quer atingir. Obrigado! – bfavaretto 21/01/14 às 19:17
8

A "melhor prática" seria deixar que o próprio Django atribuísse os nomes das tabelas e dos campos, mas isso não se aplica ao seu caso, certo? Se tem um banco de dados legado, pode manter sua estrutura tal como está - não há necessidade de fazer modificações (exceto em um caso, como explicarei a seguir).

Criando modelos automaticamente

O Django possui uma ferramenta chamada inspectdb para facilitar a criação dos seus modelos, quando você já possui um banco de dados pronto. Você pode usá-la para "dar a partida", mas em geral adaptações serão necessárias.

Modelos gerenciados ou não

O django possui uma ferramenta chamda syncdb (nas versões futuras, será feito obsoleto e substituído por migrate) que cuida da criação das tabelas, seus campos e índices automaticamente, a partir dos modelos definidos. Nas versões futuras, também contará com ferramentas de migração de esquema. Quando você usa um modelo assim, ele é chamado gerenciado (managed).

Caso você não queira fazer uso dessa funcionalidade - criando e mantendo suas tabelas de outra forma - você pode marcá-lo como não gerenciado (unmanaged). Isso é feito através de um atributo na classe Meta do seu modelo:

class Pessoa(models.Model):
    id = models.IntegerField(primary_key=True)
    primeiro_nome = models.CharField(max_length=70)
    class Meta:
        managed = False
        db_table = 'nome_da_tabela'

Note que o fato da tabela já existir não significa automaticamente que você precise de um modelo não gerenciado - você pode pegar a tabela do jeito que está, e deixar que o Django te auxilie nas futuras migrações de esquema. Isso é uma opção sua.

Nomes de tabelas e de colunas

Se você não especificar nada, o Django procurará/criará tabelas e colunas com um nome padronizado, inferido a partir do nome de sua app e os nomes dos seus modelos e campos. Se você precisar especificá-los manualmente, basta usar db_table (como já demonstrado no exemplo acima) para o nome da tabela e/ou db_column para os nomes das colunas:

class Pessoa(models.Model):
    id = models.IntegerField(primary_key=True, db_column="pessoa_id")
    primeiro_nome = models.CharField(max_length=70, db_column="nome")
    class Meta:
        managed = False
        db_table = 'nome_da_tabela'

Também há outras opções para se customizar a integração com o DB (como db_index e db_tablespace), consulte a documentação do Django para mais detalhes.

Toda tabela precisa de uma chave primária

Esse é o único caso em que talvez uma adaptação nas suas tabelas seja necessária. Para o ORM do Django funcionar, é necessário que toda tabela tenha uma chave primária, e essa chave primária tem de ser simples (i.e. uma única coluna - não pode ser uma chave composta). Se você não especificar nada, o Django assumirá que você possui um campo númérico chamado id. Se você precisar especificar, basta usar a propriedade primary_key, como já demonstrado nos exemplos anteriores.

Sempre que possível, use o nome das tabelas no singular

Levou um tempinho pra eu descobrir o que eram "inflections", mas pelo que eu entendi é aquela funcionalidade onde o Rails automaticamente "pluraliza" o nome da tabela pra você, certo? Não há nada parecido com isso no Django, o comportamento padrão é usar o nome no singular mesmo para as tabelas (e na minha opinião esse é o ideal - pluralizar introduz uma complicação desnecessária para resolver um problema que não existe).

Se você realmente precisa que os nomes estejam no plural, use db_table manualmente como explicado acima.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.