3

//código 1

var pacientes = document.querySelectorAll(".paciente");

for(var i = 0; i < pacientes.length; i++){
    var paciente = pacientes[i]; //linha desnecessária
    paciente.classList.remove("invisivel");
}

//Código 2

var pacientes = document.querySelectorAll(".paciente");

for(var i = 0; i < pacientes.length; i++){
    pacientes[i].classList.remove("invisivel");
}

Acima tem dois trechos de código diferente, peguem um código em JS em que vi que essa prática era comum em vários trechos do código, declarar uma variável recebendo o o elemento do array var paciente = pacientes[i];, porém acho bem mais prático já colocar o elemento do array em sua posição e removê-lo da classe: pacientes[i].classList.remove("invisivel");, come vemos no segundo código.

Como o código estava bem estruturado fiquei na duvida se isso seria uma boa prática (se sim, por que? pois não consigo enxergar boa prática nisso), ou seria somente para deixar o código mais didático.

2

Há ligeiras implicações de performance quando se declaram variáveis, mas na maior parte dos casos é preferível código fácil de ler. Dá uma olhada a este teste, e repara como o último exemplo é mais lento.

Com ES6 e o let pode fazer ainda mais sentido usar isso, pois assim a variável fica restrita ao bloco do for:

var a, b;
for(var i = 0; i < 10; i++){
    var a = i;
    let b = i;
}

console.log(a, b); // 9, undefined 

Se tiveres um loop com muiiiiiiitas iterações, e não precisares de declarar a varíavel, faz sem essa declaração. Se não for o caso dá prioridade à facilidade de leitura e manutenção de código.

1

Essencialmente não faz diferença ter uma variável extra embora a declaração em si pode ser um pouco pior em algumas versões de alguns navegadores. Particularmente eu não crio variáveis que não são necessárias, então eu faria o segundo código.

Eu sei que muito programador cria variáveis porque aprenderam assim e não sabem que pode ser sem a variável.

Existe caso que criar a variável pode documentar melhor o código, desde que dê uma bom nome para ela, mas não é o caso.

Que tal usar assim:

for (let paciente of pacientes) {
    paciente.classList.remove("invisivel");
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Se puder usar este for do ES6 acaba com a dúvida.

1
  • Entendo, minha linha de pensamento é como a sua, não gosto de criar variáveis desnecessárias. 9/08/17 às 19:26

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.