3

Possuo uma tabela chamada SPDNFE com uma coluna DsXML que contém todo conteúdo de um Xml.

Query:

SELECT top 1  SPDNFE.DsXML  FROM SPDNFE
where SPDNFE.CdIdNFe = 'NFe32170710490181000569550040001475221002513963'

Retorno desta consulta é um Xml como segue abaixo.(Apenas uma parte)

<vol><qVol>3</qVol><esp>VL</esp><pesoL>43.000</pesoL><pesoB>43.000</pesoB></vol>

Como busco somete o que tem dentro da tag <qVol> que seria o número 3.

Existe algum meio de substring ou algo do gênero ?

4 Respostas 4

4

value() Method (xml Data Type)

Executa um XQuery contra um XML e retorna um valor de tipo SQL. Esse método retorna um valor escalar. Você geralmente usa esse método para extrair um valor de uma instância XML armazenada em uma coluna, parâmetro ou variável de tipo xml . Desta forma, você pode especificar consultas SELECT que combinam ou comparam dados XML com dados em colunas não-XML.

E como ficaria meu SQL @Marconi?

Seu SQL deve estar assim:

DECLARE @myDoc xml  
DECLARE @ProdID int  
SET @myDoc = '<vol>
    <qVol>3</qVol>
    <esp>VL</esp>
    <pesoL>43.000</pesoL>
    <pesoB>43.000</pesoB>
</vol>'  

SET @ProdID =  @myDoc.value('(/vol/qVol/node())[1]', 'int')  
SELECT @ProdID qVol

SQL Fiddle

Para mais informações acesse o Link do começo da resposta.

1

Pode utilizar o query()...

declare @XML xml

set @XML = '<vol><qVol>3</qVol><esp>VL</esp><pesoL>43.000</pesoL><pesoB>43.000</pesoB></vol>'

select @XML.query('/vol/qVol')

Você deverá fazer um CAST do seu campo para o tipo xml, caso seja varchar ou nvarchar

0

Pelo que entendi você quer que o retorno da consulta seja apenas o que está dentro da tag; sendo assim, acredito que a forma mais simples é usar replace pra remover as tags do resultado:

select replace(replace(SPDNFE.DsXML, '<qVol>', ''), '</qVol>','')
0

Se a sua coluna for do tipo NVARCHAR ou VARCHAR você pode usar um LIKE na consulta:

SELECT SPDNFE.*
  FROM SPDNFE
 WHERE SPDNFE.DsXML LIKE '%<qVol>3</qVol>%'

LIKE

Determina se uma cadeia de caracteres específica corresponde a um padrão especificado. Um padrão pode incluir caracteres normais e curingas. Durante a correspondência de padrões, os caracteres normais devem corresponder exatamente aos caracteres especificados na cadeia de caracteres. No entanto, os caracteres curinga podem ser correspondidos a fragmentos arbitrários da cadeia de caracteres. O uso de caracteres curinga torna o operador LIKE mais flexível que o uso dos operadores de comparação de cadeias de caracteres = e !=. Se qualquer um dos argumentos não for do tipo de dados de cadeia de caracteres, o Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server o converterá no tipo de dados de cadeia de caracteres, se possível.


O caractere % dentro do campo que está sendo procurado no LIKE indica que pode haver qualquer conteúdo no local dele. No nosso exemplo estamos dizendo que a tag qVol pode estar localizada em qualquer local do texto.

  • 1
    é bom ideia desde que a coluna seja varchar. Como ele não mencionou, sua reposta seria a melhor opção, mas se a coluna for do tipo xml, seria melhor o exists com o xpath do xml. Só para deixar como alternativa – Ricardo Pontual 7/08/17 às 14:58
  • @RicardoPontual coloquei um apontamento com relação a isso – Sorack 7/08/17 às 14:59
  • Tentei mas fica muito lenta a consulta como vare a tabela inteira que tem muito registro fica inviavel com like. – Kevin Faccin 7/08/17 às 16:08

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.