1

Por quê o atributo PessoaJuridicaId não é gerado?

Modelo no banco de dados

Essa é a classe base Pessoa:

public class Pessoa
{
    public Pessoa()
    {
        DataCadastro = DateTime.Now;
    }
    public int PessoaId { get; set; }
    public DateTime DataCadastro { get; set; }
    public string Observacao { get; set; }
    public bool Ativo { get; set; }
}

Essa é a classe PessoaJuridica que herda da classe Pessoa:

public class PessoaJuridica: Pessoa
{
    public int PessoaJuridicaId { get; set; }
    public string RazaoSocial { get; set; }
    public string NomeComercial { get; set; }
    public string CNPJ { get; set; }
    public string IE { get; set; }
    public string IM { get; set; }
    public string CCM { get; set; }
    public DateTime? DataAbertura { get; set; }
}

Esta é a classe Repositório:

public void Salvar(PessoaJuridica pessoaJuridica)
{
    _repositorio.PessoaJuridica.Add(pessoaJuridica);
    _repositorio.SaveChanges();
}
  • 2
    Como assim "não é gerado"? A segunda coluna da segunda tabela tem nome PessoaJuridicaId. – LINQ 1/08/17 às 12:05
  • Essa é minha dúvida, no meu entender essa coluna PessoaJuridicaId deveria ser atribuido um valor auto-incremento e não foi gerado valor nenhum, por quê ? Estou conceituando errado ? Essa coluna PessoaJuridicaId não deve existir ? – hard123 1/08/17 às 12:12
  • 1
    Porque a chave primária é PessoaId e não PessoaJuridicaId. Você pode usar uma chave composta se achar necessário. Particularmente, eu acho errado usar herança pra fazer isso no EF. – LINQ 1/08/17 às 12:13
  • E como tornar PessoaJuridicaId primária ? Uma vez que a classe base é Pessoa e PessoaId é a chave dessa classe ? – hard123 1/08/17 às 12:36
6

Ia só comentar, mas ficou longo e acho que no fundo o erro é conceitual.

Onde está escrito que deveria ser auto incrementado? Qual o critério para gerar um identificador auto incrementado? Isto não ocorrerá sozinho. Sozinho o Entity Framework só consegue fazer com o primeiro campo, no caso ele fez com PessoaID que é o primeiro já herdado. Na verdade ele fez certo, se quer herança mesmo.

Eu acho estranho ter identificadores diferentes nas duas tabelas e ter uma relação de herança. Isto só ocorre quando há algum tipo de composição, associação ou agregação, não de herança. Se é herança então pessoa jurídica é o mesmo que pessoa, elas não existem separadamente, por que eles deveriam ter identificadores diferentes? Eu acho que o EF fez certo, o seu modelo que está adicionando algo desnecessário: PessoaJuridicaId.

Em geral eu prefiro fazer, no máximo, uma herança lógica, mas concretamente ter apenas as tabelas dos subtipos com os dados replicados, que é o que acontece concretamente na memória quando usamos herança em uma linguagem, o objeto é único, não existem dois da classe base e da derivada.

Pra falar a verdade esse modelo de ter fisicamente uma tabela base e suas derivadas separadas gera uma composição e não uma herança de fato. Herança é algo lógico para reusar código, não é para reusar dados. Em geral ter essa composição de tabelas não traz benefício algum e traz até malefícios, então não tem porque usar. Claro que pode ter algum caso que pode valer a pena. Mas precisa conceituar certo, entender todas implicações. Não pode fazer por fazer, fazer porque "funcionou", tem que fazer o certo.

Não sou muito fã de herança em banco de dados porque quase todo mundo faz errado. Eu mesmo não sei se sei fazer certo, mas sei que a maioria faz errado :) Orientação a objeto já é complicado demais na memória e as pessoas acham que não, em banco de dados mais ainda. Sabe a estória de que morre afogado aquela pessoa que acha que sabe nadar. Quem não sabe nadar não morre porque não tenta. Quem sabe nadar mesmo não morre porque sabe. O problema é quando a pessoa acha que sabe nadar e não sabe.

Tem algumas perguntas sobre o assunto:

  • Achei esse ponto do seu comentário esclarecedor: "...esse modelo de ter fisicamente uma tabela base e suas derivadas separadas gera uma associação e não um herança de fato" vou rever como fazer essa implementação e repensar o ponto onde diz: "Em geral eu prefiro fazer, no máximo, uma herança lógica". – hard123 1/08/17 às 13:06

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.