6

Além da segurança qual a vantagem de usar transação explícita? Em quais situações é recomendado?

7

Transações implícitas

Neste modo, o servidor irá garantir que todas as operações sejam realizadas dentro de uma transação.

Em geral são usadas para que o desenvolvedor não precise se preocupar com a lógica de tratamento transacional e tenha que repeti-la em por todo o código.

Porém, a tendência é a degradação do desempenho, pois transações são mais "caras" do ponto de vista computacional já que o banco de dados precisa realizar várias verificações adicionais e há maior probabilidade de ocorrerem locks e deadlocks em que o desenvolvedor consiga prever.

Enfim, a vantagem é em relação à facilidade de desenvolvimento ao custo do desempenho e de possíveis locks.

Transações Explícitas

Deixa a cargo do desenvolvedor iniciar e encerrar transações através de comandos:

  • BEGIN TRANS
  • COMMIT TRANS
  • ROLLBACK TRANS

A desvantagem é que o desenvolvedor precisa repetir a lógica de controle em todos os pontos onde transações forem necessários.

Por outro lado, isso permite um ajuste fino do desempenho, minimizando uso de transações onde não é necessário, locks e deadlocks, além de possibilitar ao desenvolvedor analisar os casos de possíveis problemas de concorrência.

Recomendações

Minha recomendação é usar sempre transações explícitas delimitando manualmente onde elas serão necessárias.

Quando o código por si só realiza operações atômicas, transações não são necessárias. Por exemplo, quando se faz apenas um comando INSERT ou UPDATE ou SELECT.

No entanto, quando há uma sequência de operações, então deve-se iniciar uma transação sempre englobando a menor quantidade de código possível, de forma a aumentar a eficiência do sistema de banco de dados para processar requisições concorrentes.

4

Vantagens:

  • Segurança em operações que envolvam várias alterações em diferentes elementos de dados, evitando que dados sejam inseridos incompletos por falhas sistêmicas;
  • Em caso de falha física do equipamento, torna possível a restauração do banco de dados de forma segura até o último checkpoint transacional válido;
  • Permite propagação correta de dados, em caso de sistemas multiusuários, organizando alterações concorrentes.

Desvantagens:

  • Mais lento que uma operação simples de persistência;
  • Pode causar deadlocks;
  • Transações exclusivas podem indisponibilizar o banco de dados para outros usuários, que não estejam dentro do escopo da transação, consequentemente tornando o sistema lento se as operações dentro de uma transação também forem.

Recomendado usar:

  • Em operações que envolva persistência de múltiplas entidades;
  • Em sistemas que ocorram alterações nas informações em tempo real, e estas alterações sejam propagadas para vários usuários ao mesmo tempo.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.