2

Eu tenho uma dúvida referente ao collectstatic. Estou usando o Free Tier da Amazon e percebi que ultrapassei o limite de uso do S3 PUT pois fiz vários collectstatic. Estava um dia desenvolvendo no próprio ambiente de amazon por preguiça e a cada mudança no JS que eu fazia, como não sabia fazer collectstatic de 1 arquivo, fazia geral.

A forma mais eficiente no caso de pequenas edições é fazer collectstatic -i folder/file.png (no arquivo ou pasta específica) ou preciso fazer geral? Como não sobrecarregar os envios do S3?

Sei que vacilei fazendo vários collectstatic em ambiente de "produção". Mas preciso fazer de todos os arquivos sempre?

1

O correto é você enviar apenas aquilo que você alterou, não faz sentido enviar 100MB de arquivos para o S3 se você alterou apenas 1 arquivo de 10Kb.

Eu normalmente organizo bem meus diretórios, exemplo:

  • static/img/
  • static/videos/
  • static/videos/homepage

Ao rodar o collecstatic, ignore todos os diretórios que você não alterou, inclusive o 'admin'. Caso o arquivo que você alterou esteja em um diretório com muitos outros arquivos, você pode ignorar extensões também.

Em meu fabfile eu costumo criar um dicionário com a árvore de diretórios do meu static, e nele eu informo qual vai ser ignorado ou não, exemplo:

ignore = {
    'app': {
        'img': None
    }
}

Você pode criar a lógica e organizar como bem entender, em meu projeto fiz algo mais simples. A ideia é ignorar o diretório pai, ou indicar especificamente os diretórios filhos.

  • Cara legal, bem legal. Eu não sei como ignorar arquivos. Eu ja ouvi falar que so de organizar o timezone do settings ja resolveria porque ele iria verificar os horarios de mudanca e so subir o que foi modificado. Porem nao ta rolando comigo. Pra falar a verdade apenas 1 vez funcionou, depois sempre ta subindo todos os arquivos. Voce poderia me dizer onde eu crio esse ignore files? No meu caso eu queria subir apenas o meu /static/css/main.css e /static/js/main.js. Obrigado! – Guilherme IA 17/07/17 às 15:23
  • Eu uso fabric, você pode ver mais informações nesse site fabfile.org, você roda o comando no terminal que lê o arquivo com a lógica que você definiu, e ele executa os procedimentos. No meu caso eu criei um método def collecstatic que acessa o meu EC2 e roda o collectstatic com a lista de arquivos ignorados que eu mesmo defini. – Paulo 17/07/17 às 17:04
  • É estranho não funcionar naturalmente. Meu s3 está configurado para ara America do Sul, e em um outro projeto que trabalho funciona de boa. Ele identifica o horário da mudança do arquivo e sobe só os que foram modificados. Será que só existe essa maneira mesmo? – Guilherme IA 20/07/17 às 1:04

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.