3

Quando programando em C/C++ na arquitetura x86 e x86-64 (AMD64) e utilizando o compilador da Microsoft que vem com o Visual Studio, existem duas funções intrínsecas para realizar operações atômicas, _InterlockedCompareExchange32 e _InterlockedIncrement32, que são implementadas através das instruções assembly lock cmpxchg e lock xadd, respectivamente.

Olhando a documentação no MSDN, na seção ARM Intrinsics, li que o compilador da Microsoft também tem essas duas funções intrínsecas para a arquitetura ARM.

Obviamente essas funções na arquitetura ARM não serão substituídas pelas instruções assembly lock cmpxchg e lock xadd, visto que ela não possui tais instruções.

Como implementar as funções _InterlockedCompareExchange32 e _InterlockedIncrement32 (pode ser em C ou em assembly), de modo que seja compilável pelo compilador ARM que vem com o NDK do Android?

2

Depois de muita pesquisa, encontrei um material disponibilizado pelo Google (impossível de reproduzir aqui, por ser enorme) chamado Symmetric Multi-Processor Primer for Android.

Em diversas partes do material existem comparações entre as arquiteturas x86 e ARM, oportunamente explicando alguma possível diferença entre seus comportamentos (principalmente pelo fato da arquitetura ARM não possuir algumas instruções que a arquitetura x86 possui).

Devido a uma série de fatores, todos explicados no material sobre SMP, a solução mais segura/rápida para implementar mecanismos de sincronização no Android (em C/C++) é utilizando a biblioteca POSIX Threads ou Pthreads, cuja documentação se encontra aqui.

Mencionei isso na resposta, pois apesar de não ter dito na pergunta, meu objetivo final com as funções _InterlockedCompareExchange32 e _InterlockedIncrement32 era justamente implementar mecanismos de sincronização bem triviais.

Durante a pesquisa, eu também encontrei quais são as funções que compilam no NDK do Android e realizam as funcções atômicas análogas às que estava procurando: __sync_val_compare_and_swap e __sync_fetch_and_add, respectivamente.

Elas são built-in functions do compilador GCC, e estão explicadas na documentação do próprio GCC: Built-in functions for atomic memory access.

De acordo com esse tópico do Google Groups, todas elas funcionam sem problemas com o compilador do NDK do Android.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.