12

Tenho uma classe A e estou criando uma classe B. Quero que um dos atributos de B seja um objeto de A.

Porque que a notação public $objeto = new A(); não é correta?

  • 1
    Sabe o conceito de alocação de memória? – Woss 11/07/17 às 18:09
  • 4
    A linguagem não permite esse tipo de inicialização 'complexa'. Lembre que php é interpretado. Relacionada: Instanciação de objetos em php – rray 11/07/17 às 18:09
  • @AndersonCarlosWoss não tenho muito conhecimento dessa parte da programação. Basicamente só conheço a parte da camada superficial. – Rafael Pessoa 11/07/17 às 18:11
  • Na verdade, a maior parte das linguagens passa essa inicialização para dentro do construtor, simplesmente a permite por simplificação sintática, como por exemplo o C# ou Java. – Isac 11/07/17 às 18:46
12

Porque que a notação public $objeto = new A(); não é correta?

Porque a linguagem não permite. Como diz a documentação, a inicialização deve ser o valor de um constante, isso é, deve-se ser possível conhecê-lo em tempo de compilação. Caso esse valor dependa de uma chamada de função, ou seja, uma expressão, ela não pode depender de nada que seja conhecido em tempo de execução (runtime).

This declaration may include an initialization, but this initialization must be a constant value--that is, it must be able to be evaluated at compile time and must not depend on run-time information in order to be evaluated.

Como as demais respostas comentaram, a solução para essas inicializações 'complexas' é criar um construtor próprio.

Esse código é inválido, pois a expressão depende da execução/chamada/criação da classe em tempo de execução.

class teste{
    static $a;
    static $b = 10;
    static $total = self::$a + self::$b;
}

Mas essa instrução funciona:

class teste{
    static $total = 10 + 51;
}

Leitura recomendada:

Para que serve um construtor?

  • 5
    Ah, tem isso também? Então tá, é tão fácil deixar fazer assim e transportar para o construtor automaticamente, como outras linguagens fazem. E mesmo sendo interpretado é necessário avaliar a classe toda de qualquer forma. Pelo menos ninguém pode negativar meu comentário por eu notar que PHP tem mais uma incompetência :D – Maniero 11/07/17 às 18:52
  • 1
    @gato o construtor é um 'função especial' logo ele necessita de informação que não é conhecida em tempo de compilação. – rray 11/07/17 às 18:57
  • 2
    @gato essa aí sim, os valores dos elementos do array são conhecidos em tempo de 'compilação' nesse caso pq estão fixos. É constante no sentido de que o valor não vai mudar durante a 'compilação' depois na execução do script ele pode mudar sim. – rray 11/07/17 às 19:17
  • 3
    @rray ou seja, é linguagem de script sem as facilidades de ser um script :D – Maniero 11/07/17 às 19:23
  • 2
    @gato array() não é uma função ele é um language constructor ou seja essa instrução faz parte da linguagem, esse pessoal tem suas próprias regras (exceções) :P. Mais detalhes sobre o array() => Aqui. Para você ter uma ideia recomendo a leitura da descrição do print. Eles mudaram ela um pouco antes era algo como: "o print não é um função mas funciona como uma exceto por não precisar de () na chamada. – rray 11/07/17 às 19:32
2

Apenas um complemento à outra resposta, você só consegue definir valores como variáveis, instâncias de classes e chamadas de funções a uma classe se utilizar o método __construtor.

No seu caso.

class B{

   protected $a;

   // Determina que o parâmetro passado será armazenado em 'a'
   // e deve ser uma instância da classe `A`.
   public function __construct (A $a) {
          $this->a = $a;
   }

   public function getA()
   {
       return $this->a;
   }
}

$a = new A;
$b = new B($a);

Em alguns casos, pelo fato de ser necessário adicionar instâncias de determinadas classes em uma outras, usa-se muito o padrão de injecção de dependência

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.