25

Eu entendo que um CAPTCHA é uma forma de eu garantir que o usuário que interage com o meu sistema é um ser humano e não um script.

Porém essa é a explicação simples que a gente dá para pessoas leigas. Como os CAPTCHA funcionam realmente, e que estratégias eles usam? Seria possível ter um exemplo simples de código para demonstrar o conceito?

17

CAPTCHA quer dizer Completely Automated Public Turing test to tell Computers and Humans Apart, ou seja testes públicos completamente automatizados para diferenciar computadores de humanos.

Em geral, CAPTCHAS são feitos de modo que sejam fáceis de serem resolvidos por um ser humano e difíceis para os computadores. O programa que exibe o captcha normalmente já sabe a resposta correta e apenas confirma se o que o usuário respondeu está correto. Existem diversos tipos de CAPTCHAS

  • Texto: geralmente algumas letras aleatórias e algum ruído é adicionado (como retas, ou pontos). São apresentados ao usuário na forma de uma imagem.

  • Audio: geralmente são usados em conjunto com capcthas de texto e exercem função principalmente de acessibilidade para usuários com deficiência visual. São sons com alguns ruidos incluidos.

  • Imagens: mais recentes. São apresentadas algumas imagens para o usuário e o programa pede para que ele seleciona aquelas de alguma categoria.

Qualquer um pode criar um captcha: desde que seja um teste completamente automatizado.

Aqui vai um gerador feito em R:

library(magick)
library(magrittr)
gerar_captcha <- function(base_img){

  letras <- sample(letters, 6, replace = TRUE) %>%
    paste0(collapse = "")

  cap <- base_img %>%
    image_annotate(
      letras, 
      size = sample(30:70, 1),
      degrees = sample(1:60, 1),
      color = sample(c("green", "blue", "red"), 1),
      location = paste0("+", sample(20:100, 1), "+", sample(20:100, 1))
    )

  list(
    letras = letras,
    cap = cap
  )
}

Esse código gera captchas desse tipo, com posição, inclinação e cor aleatórias. Além de letras aleatórias.

inserir a descrição da imagem aqui

No entanto, captchas de texto estão fadados ao fracasso. Não é necessário tanto trabalho para quebra-los atualmente, principalmente usando técnicas de aprendizado de máquina. Eu tenho um projeto de quebrar captchas de serviços públicos (que não oferecem API) e com redes neurais convolucionais estamos atingindo mais de 99% de acerto em diversos tipos de captchas: https://github.com/decryptr/decryptr

Por isso, recentemente as empresas estão desenvolvendo diversas outras formas de verificar se o usuário é humano. A solução mais utilizada hoje em dia é o reCaptcha do Google, que por incrível que pareça, pede apenas que você clique em um botão. Esse capctha analisa diversas informações de sua navegação e da forma com que você clica no botão para dizer se você é humano ou computador, e é bem mais difícil de quebrar do que o capctha por textos.

Uma história interessante sobre captchas foi o seu uso para a criação de bancos de dados de imagens corretamente rotuladas e para transcrição de livros. As primeiras versões do reCaptcha eram da seguinte forma:

inserir a descrição da imagem aqui

Uma palavra escaneada de um livro (que o próprio fornecedor do captcha não sabia a resposta) e uma palavra gerada (que o programa sabia resposta) eram apresentadas. Com a resposta dos usuários, o programa conseguia identificar e transcrever palavras escritas em livros que haviam sido digitalizados. Algumas versões mais modernas também ajudam o Google a identificar números de casas em imagens do Street View:

inserir a descrição da imagem aqui

Então, quando você está respondendo captchas, você pode estar ajudando o google a melhorar o Google Maps.

  • Uma nota quanto ao Google utilizar o reCaptcha para melhor seu Maps, ela está inovando ainda mais na ferramenta, agora, a maioria das vezes é pedido para escolher pedaços de imagens que contem uma chave principal, por exemplo, carros, ou placas. Uma segunda forma ainda, é uma ferramenta de edição de imagens que funciona para contornar uma parte da imagem que é pedido. Realmente me pegou de surpresa essa segunda. – Gustavo Cinque 12/07/17 às 14:02

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.